Curso Online de VINHO NO CONTROLE DO DIABETES TIPO 2
5 estrelas 4 alunos avaliaram

Curso Online de VINHO NO CONTROLE DO DIABETES TIPO 2

O vinho é, sem dúvida, a bebida mais favorável para o diabético, desde que não tenha contra-indicação ao uso das bebidas alcoólicas; beba...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 423,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O vinho é, sem dúvida, a bebida mais favorável para o diabético, desde que não tenha contra-indicação ao uso das bebidas alcoólicas; beba com moderação; só beba se tiver a doença compensada; beba sempre junto com as refeições, para evitar os riscos de hiper e principalmente hipoglicemia; beba sempre acompanhado (de preferência da pessoa amada ou que lhe seja aprazível); contabilize as calorias da bebida na sua dieta.

ok


- Patrícia Aparecida Reis Pereira

- Daniela Mariana Dos Santos

- Amanda Mandelli Garcia

- Mário Fernando Da Silva Rego

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • VINHO NO CONTROLE DO DIABETES TIPO 2

    VINHO NO CONTROLE DO DIABETES TIPO 2

    Angela Silva Benjamim Constantino

  • A Descoberta da Universidade de Viena

    A Descoberta da Universidade de Viena

    A Universidade de Recursos Naturais e Ciências da Vida, em Viena, na Áustria, acaba de descobrir mais um dos benefícios que o vinho tinto pode trazer à saúde. Segundo Alois Jungbauer e sua equipe, uma taça ao dia da bebida pode manter a diabetes tipo 2 sob controle.

  • Isso acontece porque, conforme revelou o estudo da equipe, uma pequena taça de vinho contém a mesma quantidade de PPAR-gamma (substância ativa no controle dos níveis de açúcar no sangue) presente em uma dose de medicamento usado no tratamento da doença. Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores compararam as quantidades da substância em doze tipos de vinho e concluíram que os tintos tinham mais  PPAR-gamma que os demais. Então, eles analisaram os efeitos dessa substância nas células e determinaram que ela existia em proporções suficientes para competir com a droga Avandia.

  • Apesar da boa notícia, alguns aspectos devem ser considerados antes de uma adesão imediata à dose diária da bebida. A organização Diabetes UK, da Grã-Bretanha, por exemplo, reagiu ao estudo argumentando que vinho é muito calórico, o que pode levar ao aumento do peso e a conseguinte perda de todos os benefícios advindos das propriedades da bebida.

  • Os pesquisadores do estudo austríaco replicaram, dizendo que, ingerido com moderação e acompanhado de uma dieta de calorias, o vinho seria uma ótima alternativa à medicação. “'Moderação' quer dizer uma taça ao dia para mulheres e duas para os homens”, explicou Jungbauer. “Nosso grande problema é pregar um estilo de vida saudável, porque vinho em excesso causa diabetes e obesidade”, acrescenta.

  • Vinho para o diabético

    Vinho para o diabético

    O vinho é, sem dúvida, a bebida mais favorável para o diabético, desde que não tenha contra-indicação ao uso das bebidas alcoólicas; beba com moderação; só beba se tiver a doença compensada; beba sempre junto com as refeições, para evitar os riscos de hiper e principalmente hipoglicemia; beba sempre acompanhado (de preferência da pessoa amada ou que lhe seja aprazível); contabilize as calorias da bebida na sua dieta.

  • O Diabetes Melito é um erro metabólico do organismo. Nessa doença ocorre aumento da quantidade de glicose no sangue por ação inadequada ou insuficiente da insulina – um hormônio produzido pelo pâncreas cuja função é promover a entrada deste açúcar nas células a fim de ser metabolizado e transformado em energia.
    O vinho, sobretudo o tinto seco, é muito favorável para quem tem Diabete Melito por vários mecanismos. Isso é o que mostram dezenas de pesquisas científicas que tentarei compilar nos próximos parágrafos.

  • A quantidade de açúcar no vinho, principalmente no tinto seco, é mínima e irrelevante para o diabético. Retirar o açúcar do vinho tinto seco não representa nenhum beneficio real para quem tem Diabete Melito. A quantidade de calorias que uma taça de vinho tinto seco tem é a mesma que uma maça ou uma pêra. Os vinhos brancos, como regra tem mais açúcar que os tintos e os demi-sec mais que os secos e menos que os suaves.

  • A Quercitina e a Mirecetina são dois polifenóis que existem em quantidade apreciável no vinho. Eles aumentam a sensibilidade das células à ação da Insulina. Desse modo os açúcares do sangue são mais bem aproveitados. Isso leva a diminuição da quantidade insulina na corrente sangüínea. A alta taxa de insulina no sangue, como se sabe, é muito tóxica para o organismo e desencadeia uma série de reações metabólicas que culminam, normalmente, com o ganho de peso.

  • O álcool em doses baixas também tem o mesmo efeito da Quercitina e da Mirecetina. Em decorrência disso, duas situações benéficas acontecem: favorece a perda de peso, o que sempre é desejável para todo paciente diabético e há uma tendência a diminuir a quantidade de medicamentos para controlar a doença. A ingesta de bebidas alcoólicas por diabéticos um uso de insulina ou anti-diabéticos orais, pode levar mais facilmente à hipoglicemia . Os sintomas da hipoglicemia e intoxicação aguda pelo álcool são muito parecidos. Na presença de sintomas é aconselhável fazer uma dosagem rápida de glicose no sangue.

  • DOENÇAS CARDIOCIRCULATÓRIAS

    DOENÇAS CARDIOCIRCULATÓRIAS

    As alterações metabólicas que ocorrem na Diabete Melito favorecem as doenças cardiocirculatórias. Um dos mecanismos é o aumento da adesividade das plaquetas. Isso significa dizer que o diabético forma coágulos no lume vascular com mais facilidade aumentando o risco de oclusão aguda de vasos sanguíneos.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 423,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • VINHO NO CONTROLE DO DIABETES TIPO 2
  • A Descoberta da Universidade de Viena
  • Vinho para o diabético
  • DOENÇAS CARDIOCIRCULATÓRIAS
  • BEBER JUNTO ÀS REFEIÇÕES
  • Uma Taça de Vinho por dia
  • Questionário para o Diabético
  • RECOMENDAÇÕES PARA OS DIABÉTICOS QUE QUISEREM BEBER
  • O diabetes tipo 2
  • FATORES DE RISCO
  • Causas do Tipo 2
  • Sintomas de Diabetes tipo 2
  • Diagnóstico de Diabetes tipo 2
  • Hemoglobina glicada
  • Tratamento de Diabetes tipo 2
  • Controle da dieta
  • Verificar a glicemia
  • Maneire no consumo de bebidas alcoólicas
  • Evite saunas e escalda pés
  • Aumente os cuidados com os olhos
  • Controle o estresse
  • Corte o cigarro
  • Cuide da saúde bucal
  • Cuide das comorbidades
  • Medicamentos
  • Complicações possíveis
  • Neuropatia diabética
  • Pé diabético
  • Infarto do miocárdio e AVC
  • Infecções
  • Hipertensão
  • Perguntas freqüentes
  • Diabetes é contagioso?
  • Posso consumir mel, açúcar mascavo e caldo de cana?
  • Insulina causa dependência química?
  • Convivendo/ Prognóstico
  • Prevenção
  • APOSTILAS PARA:
  • F I M