Curso Online de ADMINISTRAÇÃO: TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO

Curso Online de ADMINISTRAÇÃO: TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO

CARO ALUNO, O CURSO É DESTINADO A ALUNOS QUE BUSCAM CONHECIMENTO E APROFUNDAM A SUA CAPACIDADE DE APRENDIZADO. SOMOS UMA ORGANIZAÇÃO FO...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 42 horas

Por: R$ 150,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

CARO ALUNO,

O CURSO É DESTINADO A ALUNOS QUE BUSCAM CONHECIMENTO E APROFUNDAM A SUA CAPACIDADE DE APRENDIZADO.

SOMOS UMA ORGANIZAÇÃO FOCADA NO APRENDIZADO DE QUALIDADE E DE BAIXO CUSTO.

FAÇA UM CURSO DE QUALIDADE E DE BAIXO CUSTO.

A TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO É IMPORTANTE E FUNDAMENTAL PARA O ENTENDIMENTO DE DIVERSOS ASPECTOS DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO.

ORGANIZAÇÃO QUE BUSCA APRESENTAR CURSOS EM DIVERSAS ÁREAS DE ATUAÇÃO E FORMAÇÃO POR UM BAIXO CUSTO PARA OS USUÁRIOS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • ADMINISTRAÇÃO

    TEORIA GERAL DE ADMINISTRAÇÃO

    ADMINISTRAÇÃO

  • ADMINISTRAÇÃO

    ADMINISTRAÇÃO

    A Administração tornou-se uma das mais importantes áreas de conhecimento e de desenvolvimento para a sociedade.

    A importância dar-se-a como base primordial para o aprimoramento do entendimento da sociedade na compreensão das vivências primordial da atividade relacionada ao desenvolvimento organizacional.

  • Conceituação

    Conceituação

    Administração no entendimento é a interpretação dos objetivos organizacionais desenvolvendo a arte de transformá-los em ação.

    Então, ADMINISTRAÇÃO é uma grande alquimia que envolve pessoas, objetivos, produtos, processos, métodos, estratégias e execução.

  • Administração

    Administração

    A Administração, tal como a encontramos hoje, é o resultado histórico e integrado da contribuição comunicativa de numerosos precursores, filósofos, físicos, economistas, estadistas e empresários que, no decorrer dos tempos, foram cada qual no seu campo de atividades, desenvolvendo e divulgando suas obras e teorias.

  • Habilidades do Administrador

    Habilidades do Administrador

    As habilidades básicas que um administrado deve ter para desenvolver o seu papel na sociedade e na organização de maneira eficiente, são divididas em três habilidades que são complementares:

    a) Habilidade técnica: consiste em utilizar conhecimentos, métodos,técnicas e equipamentos necessários para a realização de tarefas específicas, por meio da experiência.

  • Habilidades do Administrador

    Habilidades do Administrador

    b) Habilidade humana: consiste na capacidade e discernimento para trabalhar com pessoas, comunicar, compreender suas atitudes e motivações e desenvolver uma liderança eficaz.

    Habilidade conceitual: consiste na habilidade para lidar com idéias e conceitos abstratos. Esta habilidade permite que a pessoa faça abstrações, desenvolva filosofias e princípios de ação.

  • Administração Científica

    Administração Científica

    Abordagem típica desta escola é a Ênfase nas Tarefas. O nome é dado à tentativa de aplicação dos métodos da ciência nos problemas da Administração, a fim de alcançar eficiência industrial.

  • Frederick Taylor

    Frederick Taylor

    Frederick Taylor, seu fundador, propunha uma repartição da responsabilidade. A administração (gerência) fica com o planejamento (estudo do trabalho do operário) e a supervisão (assistência ao trabalhador), enquanto o trabalhador fica com a execução. Isso se deve ao fato de Taylor considerar o trabalhador como um ser sem capacidade, formação ou meios para analisar cientificamente seu trabalho.

  • Estudos e tempos e movimentos

    Estudos e tempos e movimentos

    1. Estudo de Tempos e Movimentos (Motion-Time Study) – consiste na análise do trabalho, divisão e subdivisão dos movimentos necessários à execução de uma tarefa. Através da observação metódica e paciente, Taylor decompunha cada tarefa em uma série de movimentos, eliminando aqueles desnecessários e racionalizando os demais. Com isso, uma economia de tempo e esforço era proporcionada ao operário, além da padronização do método de execução de uma tarefa.

  • Estudo de tempos e movimentos

    Estudo de tempos e movimentos

    De forma bem simples – o Estudo de tempos e movimentos era um ato contínuo de aprimoramento da análise de ação de cada tarefa.

    Era cronometrado cada tarefa e sua subdivisões.

    Neste sentido, cada trabalhador executava a sua tarefa de forma mais eficaz. E era considerado para contratação as tarefas o trabalhador mais propício para execução da tarefa.

  • Ganhos do Estudo de Tempos e Movimentos

    Ganhos do Estudo de Tempos e Movimentos

    Padronização de ação.
    Ganho no desenvolvimento de controle organizacional.
    Ganho no tempo para execução das tarefas.
    Busca pela qualidade na execução dos trabalhos.
    Ganho no tempo para execução das subtarefas.
    Eliminação de desperdícios.
    Enquadramento do melhor trabalhar para a tarefa específica.
    Melhoria na qualidade dos produtos.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 150,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • ADMINISTRAÇÃO
  • Conceituação
  • Administração
  • Habilidades do Administrador
  • Administração Científica
  • Frederick Taylor
  • Estudos e tempos e movimentos
  • Estudo de tempos e movimentos
  • Ganhos do Estudo de Tempos e Movimentos
  • Tempo Padrão
  • Divisão do trabalho
  • Desenho dos cargos
  • Homo Economicus
  • Incentivos salárias
  • Supervisão funcional
  • Supervisão Funcional
  • Contribuição de Henri Ford
  • Linha de Produção
  • Princípio da intensificação
  • Princípio da economicidade
  • Princípio da Produtividade
  • Princípio da Exceção
  • CRÍTICAS A ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA
  • Teoria Clássica da Administração
  • Fayol: Funções Básicas
  • Função Técnicas
  • Funções Comerciais
  • Funções Financeiras
  • Funções de Segurança
  • Função contábeis
  • Função Administrativa
  • Elementos do Processo – POC3
  • Princípios Gerais da Administração
  • Divisão do Trabalho
  • Autoridade e Responsabilidade
  • Centralização
  • Cadeia Escalar
  • Organização linear
  • Organização Linear
  • Taylor X Fayol
  • Aspectos Gerais
  • SUGESTÃO
  • ADMINISTRAÇÃO
  • O CURSO
  • BEHAVIORISTA
  • TEORIA COMPORTAMENTAL
  • MASLOW
  • TEORIA DE MASLOW
  • O SÁBIO SAMURAI
  • MASLOW
  • HIERAQUIA DAS NECESSIDADES
  • HIERARQUIA DAS NECESSIDADES
  • CRÍTICAS A TEORIA DAS NECESSIDADES
  • TEORIA DOS FATORES DE HERZBERG
  • HERZBERG
  • FATORES HIGIÊNICOS
  • A APOSTA
  • FATORES MOTIVACIONAIS
  • FATORES HIGIÊNICOS
  • FATORES MOTIVACIONAIS
  • MC GREGOR – TEORIA X E Y
  • A Teoria de Mc Gregor
  • Teoria X
  • Teoria Y
  • Teoria X e Y
  • Teoria de McClelland
  • SISTEMA DE LIRKET
  • INCENTIVO A COOPERAÇÃO
  • PROCESSO DECISORIAL
  • ETAPAS DO PROCESSO
  • PROCESSO DECISORIAL
  • DECORRÊNCIA DA TEORIA DAS DECISÕES
  • HOMEM ADMINISTRATIVO
  • COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL
  • CRÍTICAS
  • Teoria de McClelland
  • REFERÊNCIAS
  • ADMINISTRAÇÃO
  • Abordagem Estrutural
  • Modelo Burocrático
  • Tipos de sociedade - WEBER
  • CARACTERÍSTICAS
  • BUROCRACIA
  • CONSEQUENCIA PREVISTA
  • OBJETIVO
  • VANTAGENS DA BUROCRACIA
  • DISFUNÇÕES DA BUROCRACIA
  • DISFUNÇÃO DA BUROCRACIA
  • CRÍTICAS A BUROCRACIA
  • TÓPICOS GERAIS
  • TEORIA ESTRUTURALISTA
  • A SOCIEDADE E AS ORGANIZAÇÕES
  • O HOMEM ORGANIZACIONAL
  • ORGANIZAÇÃO
  • OBJETIVOS ORGANIZACIONAIS
  • AMBIENTE E ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL
  • CONFLITO
  • CRÍTICAS
  • ASPECTOS IMPORTANTES
  • ADMINISTRAÇÃO GERAL
  • TEORIA DAS RELAÇÕES HUMANAS
  • Processo de Criação
  • Experiência de Hawthorne
  • Experiência de Hawthorne
  • Explicando Hawthorne
  • Decorrências de Hawthorne
  • Decorrência de Hawthorne
  • Teoria Clássica X Teoria das Relações Humanas
  • Aspectos Importantes
  • Campo de Lewin
  • Teoria das Necessidades
  • Classificação das Necessidades
  • Ciclo motivacional
  • Maslow
  • Pirâmide das Necessidades
  • Maslow
  • TEORIA ERG
  • Liderança
  • O líder
  • Ser líder
  • Estilos de Liderança
  • Estilos de liderança
  • Estilos de Liderança
  • Liderança Situacional
  • Diferença entre os tipos clássicos de Liderança
  • Críticas a Teoria da Relação Humana
  • ADMINISTRAÇÃO
  • INTRODUÇÃO
  • ABORDAGEM SISTÊMICA
  • TEORIA GERAL DOS SISTEMA
  • TEORIA GERAL DOS SISTEMAS
  • ENTENDENDO SISTEMA
  • TEORIA DOS SISTEMAS
  • TIPOLOGIA
  • ORGANIZAÇÕES
  • Modelo de Katz e Kahn:
  • Modelo de Tavistock
  • CRÍTICAS A TEORIA DO SISTEMA
  • REDUCIONALISMO
  • PENSAMENTO SISTÊMICO
  • TELEOLOGIA
  • SISTEMA DETERMINISTICO
  • SISTEMA PROBABILÍSTICO
  • SISTEMA ABERTO
  • SISTEMA ABERTO
  • ORGANIZAÇÃO DE SISTEMA ABERTO
  • INTERDEPEDÊNCIA
  • MODELO DE K E K
  • PROPRIEDADES GERAIS DO SISTEMAS
  • Eqüi?nalidade
  • DIFERENCIAÇÃO
  • HIERARQUIAS
  • FRONTEIRAS
  • IMPORTÂNCIA DO ENFOQUE SISTEMICO
  • IMPORTÂNCIA DO ENFOQUE SISTÊMICO
  • ENTRADA
  • SAÍDA
  • CAIXA NEGRA
  • RETROALIMENTAÇÃO
  • TIPOS DE RETROALIMENTAÇÃO
  • CONTATO
  • VÍDEO
  • A ARTE DE LÍDAR COM UMA VISÃO SISTÊMICA
  • ADMINISTRAÇÃO
  • TEORIA NEOCLÁSSICA
  • TÉCNICA SOCIAL
  • PRINCÍPIOS BÁSICOS DA ORGANIZAÇÃO
  • CICLO ADMINISTRATIVO
  • TIPOS DE ORGANIZAÇÕES
  • TIPOS DE ORGANIZAÇÃO
  • DIFERENCIAÇÃO APO
  • DEPARTAMENTALIZAÇÃO
  • TIPOS DE DEPARTAMENTALIZAÇÃO
  • REENGENHARIA
  • REENGENHARIA - CONCEITO
  • REENGENHARIA
  • OBJETIVOS DA REENGENHARIA
  • REENGENHARIA
  • REENGENHARIA - MÉTODO
  • REENGENHARIA MÉTODO
  • REENGENHARIA
  • CONSEQUÊNCIAS DA REENGENHARIA
  • ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVO
  • CARACTERÍSTICAS DA APO
  • FIXAÇÃO DE OBJETIVOS
  • IMPORTÂNCIA DOS OBJETIVOS
  • CICLO DA APO
  • CRÍTICAS DA APO
  • ADMINISTRAÇÃO
  • INTRODUÇÃO
  • TEORIA DA CONTINGÊNCIA
  • A TEORIA
  • ALFRED D. CHANDLER
  • PESQUISA DE A.D.C.
  • A PESQUISA
  • T. Burns e G.M. Stalker
  • A PESQUISA DE T.B E G.M.S.
  • A PESQUISA
  • ORGANIZAÇÕES ORGÂNICAS
  • Pesquisa de F. E. Emery e E.L. Trist:
  • A PESQUISA
  •  Pesquisa de P.R.Laurence e J.W. Lorsch
  • A PESQUISA
  • AMBIENTE
  • TIPOS DE AMBIENTE
  • TIPOLOGIA DE THOMPSON
  • DESENHO ORGANIZACIONAL
  • RELATIVISMO
  • TEORIA DE CONTIGÊNCIA
  • ORIGENS
  • ESTRUTURA MATRICIAL
  • O HOMEM COMPLEXO
  • ORGANIZAÇÃO E NÍVEIS
  • CRÍTICAS
  • ABORDAGEM CONTIGENCIAL
  • AGRADECIMENTO