Curso Online de O que fazer quando me formar?

Curso Online de O que fazer quando me formar?

Este curso visa orientar pessoas recem formadas que ainda tem muitas duvidas sobre que caminho tomar.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso visa orientar pessoas recem formadas que ainda tem muitas duvidas sobre que caminho tomar.

Estudante do curso de administração na Uniasselvi. Iniciou a escrita no colegio onde estudava através de trabalhos. Pegou o gosto e começou a criar materiais sobre diversos assuntos. Interessou-se pela aréa de comunicação e oratoria e vem se inteirando nessa área através de cursos.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • O que fazer quando me formar?

    O que fazer quando me formar?

  • BOAS-VINDAS

    BOAS-VINDAS

    Parabéns pela importante conquista de concluir uma graduação! Provavelmente, você empreendeu vários esforços durante a realização do seu curso superior. Talvez, tenha enfrentado grandes obstáculos durante o percurso, mas você superou um por um. Você sabe qual é o percentual da população brasileira que possui formação em nível superior?
    Numa entrevista com o jornal digital “Correio da Tarde” de 06/02/2009, o então presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), Reynaldo Fernandes, divulgou que menos de 12% da população brasileira possui curso superior. Que privilégio fazer parte deste grupo, não é mesmo?

  • De acordo com o Ministério da Educação (MEC), em 2007, 1.481.955 pessoas ingressaram em cursos superiores no Brasil, mas, no mesmo ano, apenas 756.799 concluíram a graduação.
    Ter o título de “Graduado” é uma honra, mas ela vem acompanhada de muitas responsabilidades. Não podemos esquecer que através do conhecimento que construímos, podemos servir à comunidade da qual fazemos parte. O desenvolvimento do Brasil depende que coloquemos o nosso conhecimento em ação! Da mesma forma que cada um escreve sua própria história, a atual história do Brasil está sendo escrita por todos nós, através das nossas ações individuais e conjuntas.

  • Lembrando...

    Lembrando...

    Foi uma longa caminhada... Muitos estão inseridos em instituições de ensino desde a mais tenra idade... “Creche”, jardim de infância, pré, primário, ginásio, segundo grau, faculdade... Passou tão rápido, e ao mesmo tempo parece que faz tantos anos, não é mesmo? Tanto, que até as terminologias já mudaram: agora se fala em educação básica, ensino fundamental, médio e superior... Aposto que vocês ainda se lembram de alguns “flashes”, quando ainda crianças, vestiam uniformes e começavam a escrever as primeiras palavras...
    Quantas horas foram aplicadas na vida escolar, e nos estudos em casa? Alguns ainda se lembram do nome das primeiras professoras, e dos coleguinhas que eram mais parceiros.

  • Quando crianças, muitos, apenas se preocupavam com as brincadeiras que iriam fazer, depois que o “sinal batesse”, ou, sobre os programas de televisão a que iriam assistir. Estas situações já denotavam escolhas e preferências. Você já havia pensado sobre isso? É evidente que as preocupações de outros, já demandavam maior responsabilidade, estando atreladas ao trabalho (talvez, desde muito cedo), ao sustento da casa, à sobrevivência etc.
    O segundo grau/ensino médio de muitos, foi perpassado por questões do coração. Lembra os cochichos em sala de aula sobre os namoricos? Para outros, o que estava em evidência eram as dúvidas e angústias atreladas ao primeiro emprego. Conforme a conclusão do ensino médio ia se aproximando, aumentavam as preocupações com “o que fazer depois”.

  • Você se lembra de quantas escolhas precisou fazer?
    • Será que ingresso na faculdade logo, ou adio esta ação?
    • Como eu queria poder cursar um curso superior imediatamente, mas primeiro preciso trabalhar para guardar o dinheiro... Onde e como eu poderei trabalhar?
    • Em que instituição de ensino superior estudarei?
    • Será que estudo de forma presencial, ou a distância?
    • E agora: quero casar, ter filhos e estudar! Por onde eu começo?
    E talvez a dúvida que mais lhe incomodou tenha sido esta:
    • “Qual curso escolherei?”

  • Tendo decidido a respeito de tudo isso, ao adentrar na instituição de ensino superior, para a sua primeira aula, pode ser que tenha estufado o peito e pensado: “Agora sou um(a) universitário(a)!”
    Tente se lembrar da sua primeira aula na graduação... O que mais pipocava na sua cabeça enquanto o professor(a) apresentava a disciplina e os colegas se entreolhavam... Foi só o primeiro dia de muitos outros.
    Aos poucos, as palavras/expressões “prova”, “avaliação”, “TCC”, “TG” começaram a assustar um pouco. Alguns sentiram calafrios e substituíram muitas horas de sono ou de lazer, por horas de leituras/estudo. O sufoco parecia aumentar conforme o final ia se aproximando. Você também teve esta impressão? E quando visualizou a última nota da qual dependia a conclusão do seu curso, como foi? Que alívio! Alguns dias para preparar-se para a formatura e convidar as pessoas especiais.

  • Ah, a formatura! Parece que este dia estava tão longe, mas chegou. Sorrisos expressaram a alegria, felicidade, realização. Apertos no peito e algumas lágrimas, talvez revelaram a saudade que em breve lhe abateria, dos colegas da classe, dos professores... Talvez, ainda vestindo a beca, você tenha pensado: e daqui pra frente, como será?

  • Possivelmente alguns tenham se preocupado com a escolha profissional na hora de matricular-se para o determinado “curso”, e acharam que não teriam mais a ver com isto. A escolha do curso, parecia uma decisão eterna, lembra? De fato, esta é uma decisão muito importante, mas não corresponde à única decisão da vida profissional. Como você já viu, consciente, ou inconscientemente, você teve que analisar em algum grau, as perguntas que precederam à escolha pelo curso superior. E no decorrer de todo este curso profissionalizante, você verá que escolha profissional não se restringe à escolha do curso de graduação, mas que ela é, outrossim, processual e contínua.

  • SENSAÇÕES COMUNS PÓS-FORMATURA

    SENSAÇÕES COMUNS PÓS-FORMATURA

    A solenidade de formatura estava maravilhosa. O recebimento do diploma foi inesquecível. Muitas fotos foram batidas com a beca. Depois, um jantar com as pessoas do seu coração. Outros, talvez tenham ido para o baile de formatura...
    Ao voltar para a casa e ao se olhar no espelho, talvez tenha sentido um vazio. Já estava tão acostumado(a) com a rotina que poderia ter ficado sem saber o que fazer.

  • Todavia, há aquelas pessoas que se sentem profundamente aliviadas pela conclusão do curso que já vislumbram um bom tempo de descanso e horas vagas para repor as energias, com a sensação de que não precisarão mais estudar. Há ainda, os que se apavoram, pois têm a impressão de que não sabem nada. A insegurança e a sensação de não estar preparado para assumir um cargo atrelado à profissão, é outra sensação comum entre os recém-formados. Alguns são mais afobados e já querem colocar a “mão na massa” o quanto antes, ficando inquietos até que consigam trabalhar. Outros, que estabeleceram fortes vínculos com colegas ou professores, poderão sentir intensa saudade.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • O que fazer quando me formar?
  • BOAS-VINDAS
  • Lembrando...
  • SENSAÇÕES COMUNS PÓS-FORMATURA
  • É PRECISO ESTUDAR. AINDA?
  • “EXPERIÊNCIA” PROFISSIONAL
  • GRAU DE INSTRUÇÃO X MERCADO DE TRABALHO
  • CHAO = CONHECIMENTO + HABILIDADES + APTIDÕES + OUTRAS CARACTERÍSTICAS
  • ATITUDE
  • COMPORTAMENTO PROFISSIONAL