Curso Online de Vida e obra do Aleijadinho
5 estrelas 6 alunos avaliaram

Curso Online de Vida e obra do Aleijadinho

Uma organização de fotos e biografia.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Uma organização de fotos e biografia.

Pos Graduação em Tutoria de EAD - EADCON- FAEL, Pos Graduação em Gestão Escolar UNICAMP, Graduação em Pedagogia- Fac São Luis, Graduação em Educacação Artistica -Fac São Luis Magistério. Atuando há 25 anos no magistério publico estadual.


- Ana Vitoria Berriel Da Cruz Lagoa

- Lueci Alves Martins

"Achei excelente o curso on line Vida e Obra do Aleijadinho, pois com êle aprendi muito e os conhecimentos adquiridos serão muito útil na minha profissão como educadora do ensino fundamentalI , pois o conteúdo será utilizado e valorizado nas aulas de história, arte e cultura."

- Nanci Barboza Moniz

- Érika Cristina Fortuna Lopes

"O curso é muito bom, principalmente para conhecimento de alunos do ensino fundamental para que possam conhecer um pouco da nossa cultura."

- Dircelene Melo Vandelli

"O curso é objetivo relatando de maneira clara e ilustrativa as obras do nosso artista tão popular e rico de taõ bom gosto"

- Raquel Martins Ferreira Grou

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Vida e Obra do Aleijadinho

    vida e obra do aleijadinho

  • Vida e Obra do Aleijadinho

    vida e obra do aleijadinho

    antônio francisco lisboa, o aleijadinho, nasceu a 29 de agosto de 1738 no bom sucesso, paróquia de nossa senhora da conceição, ouro preto.filho natural do mestre-arquiteto português manuel francisco lisboa, natural de lisboa, e uma escrava deste, isabel.

  • 1750

    1750

    freqüenta o internato do seminário dos franciscanos donatos do hospício da terra santa até 1759 (ou até 1762, segundo outros), em ouro preto, onde aprende gramática, latim, matemática e religião.freqüenta os estaleiros das obras onde seu pai intervém, nomeadamente na igreja de antônio dias e na casa dos contos, trabalhando com seu tio antônio francisco pombal, também notável entalhador, e francisco xavier de brito. trabalha com josé coelho noronha na obra da talha dos altares da igreja matriz de caeté, projeto de seu pai.

  • 1752

    1752

    realiza, integrado na oficina paterna, o seu primeiro “projeto”, um desenho a sanguínea para o chafariz do pátio do palácio dos governadores, na praça tiradentes, em ouro preto.

  • 1756

    1756

    desloca-se ao rio de janeiro, acompanhando frei lucas de santa clara que era transportador de “ouro e diamantes” que deveriam ser embarcados para o reino, viagem determinante na evolução da sua linguagem artística, nomeadamente no campo da arquitetura

  • 1758

    1758

    realiza o chafariz de pedra-sabão para o hospício da terra santa, primeira obra inserida na corrente do tardo-barroco de matriz tradicional.

  • 1759

    1759

    deixa de freqüentar, hospício da terra santa e ocupa-se no reforço da aprendizagem e do lançamento,profissional, em tempo integral na profissão de marceneiro, entalhador, escultor e, mais tarde, de arquiteto.

  • 1760

    1760

    são-lhe atribuídos os altares da igreja nossa senhora do rosário, de santa rita durão. executa trabalho de talha nos retábulos do corpo da igreja, da devoção de santo antônio e são francisco de paula e imagem de sana luzia, da igreja nossa senhora do bom sucesso na cidade de caeté.

  • 1761

    1761

    executa obra do chafariz do pissarão, situada no alto da cruz, perto da igreja de santa efigênia.

  • 1763

    1763

    realiza a primeira intervenção de características arquitetônicas; frontispício e as torres sineiras da igreja matriz de são joão batista, em morro grande, hoje designado de barão de cocais. a imagem de são joão batista para o nicho da fachada e a cartela do fecho do arco-cruzeiro são, igualmente, da sua autoria.

  • 1766

    1766

    realiza o projeto da igreja de são francisco de assis, ouro preto, as imagens do frontispício e a fonte-lavabo da sacristia.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Vida e Obra do Aleijadinho
  • 1750
  • 1752
  • 1756
  • 1758
  • 1759
  • 1760
  • 1761
  • 1763
  • 1766
  • 1767
  • 1768
  • Fachada da Igreja de Nossa Senhora do Carmo de Ouro Preto.
  • 1770
  • 1771
  • 1772
  • 1773
  • capela-mor e retábulo.
  • 1774
  • fachada da Igreja do Carmo de Sabará
  • 1775
  • 1776
  • 1777
  • 1778
  • 1779
  • 1780
  • 1781
  • 1785
  • 1789
  • 1790
  • 1790-1794
  • 1794-1796
  • 1796-1799
  • 1800-1805
  • 1804
  • 1805
  • 1806
  • 1709-1807
  • 1810
  • 1812-1813
  • 1814
  • Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias - Ouro Preto, Arquidiocese de Mariana
  • Museu
  • Santuário N. Sra. da Conceição
  • Igreja São Francisco de Assis
  • Teto da Igreja São Francisco de Assis São João del-Rei
  • Retábulo da capela –mor da igreja de São Francisco de Assis – São João Del Rei
  • Bibliografia consultada