Curso Online de Curso de Memorização Vol 1
4 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Curso de Memorização Vol 1

Curso de Memorização ? Volume 1 A capacidade de memorizar rostos, nomes e fatos, é um trunfo valioso, um dos atributos mais importantes ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 14 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Mais de 500 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Curso de Memorização ? Volume 1
A capacidade de memorizar rostos, nomes e fatos, é um trunfo valioso, um dos atributos mais importantes para o sucesso e riqueza na vida profissional.
É o primeiro lançamento da Série ?Memorização ? dando uma força pra sua cuca?. Vamos começar a ver os primeiros passos para você obter o melhor de sua memória. Neste primeiro volume vamos aprender os seguintes conceitos: Introdução ao método de ensino; Atenção ? Observação e Associação; Concentração; Técnicas de Ligação Mnemônicas; Técnicas de fixação Mnemônicas e Como memorizar discursos, artigos, roteiros ou textos.

Teólogo


"bom"

- Francisco Edson Gomes Pereira

"O curso é muito bom, mais gostaria de direito as respostas dos exercícios que alguns não consegui identificar se estava correto ou não as minhas respostas, no mais estou adorando o curso, valeu!!!!"

- Ana Paula Lopes Costa

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Curso de Memorização

    curso de memorização

    prof. emerson elias

    a capacidade de memorizar rostos, nomes e fatos, é um trunfo valioso, um dos atributos mais importantes para o sucesso e riqueza na vida profissional.

    volume 1

  • QUE MÉTODO É ESTE? ... POR QUE FUNCIONA?

    que método é este? ... por que funciona?

    se você espera encontrar fórmulas, teorias e termos técnicos complicados nesta reprogramação da memória, vai ficar desapontado. ela foi elaborada de modo simples, fácil de ser compreendido até mesmo por crianças. porém, essa simplicidade não diminui o valor do método, que está baseado em técnicas dinâmicas. elas são usadas desde a antiguidade, conhecidas e empregadas pelos sábios daquela época, até as mais recentes, de efetividade comprovada e postas em prática por quantos se dispuseram – e conseguiram – adquirir uma memória prodigiosa.

  • ela está norteada por sistemas simples, com base na atenção, observação e associação. quer um exemplo?
     
    dirigindo seu próprio carro, ou usando veículo coletivo, você precisa estar atento para os sinais de trânsito (principalmente agora, com o valor das multas e a perda de pontos, em cada infração). então responda: a luz de cima do farol de trânsito – sinaleira – é vermelha, ou verde?
     
    você vê este sinal dezenas de vezes por dia... no entanto, está em dúvida? se isso está ocorrendo é demonstração de que você vê, mas não observa. a luz de cima é vermelha. o que? você sabia? ótimo! parabéns! isso significa que, diferentemente da maioria, você vê e observa.

  • esta reciclagem vai mostrar como usar – de modo mais efetivo – o método de observação. vai mostrar também como usar o sistema de associação, para registrar o que você vê.
     
    por ser impossível lembrar de algo que não se observou, é necessário associá-lo, na mente, a algo já conhecido ou de que nos lembramos, para fazer a ligação.
     
    com relação à memória, a associação é o processo de ligar duas ou mais coisas entre si. eis alguns exemplos:

  •  
    “milhares de soldados simulam retomada e falham”
     
    esta frase lhe diz alguma coisa? se você estuda, ou já estudou música, deve ter associado a frase às linhas da pauta, na clave de sol. as notas mi, sol, si, ré e fá não sugerem a criação de uma imagem mental, mas a frase “milhares de soldados simulam retomada e falham””, possui sentido conhecido e fácil de ser mentalmente visualizado, por associação. a informação nova – as notas musicais que você deseja memorizar – associa-se a uma situação que já lhe pode ser conhecida ou que você tem condições de visualizar mentalmente.

  • “fazendeiro latino domina milhões”
     
    esta frase pode indicar os espaços da pauta: fá, lá, dó e mi.
     
    é uma frase fácil de ser memorizada e que lhe dá segurança, sempre que precisar da informação.
     

  • alguns estudam técnicas de memorização, lêem livros sobre o assunto e até contratam professores para avaliar-lhes a memória, e depois esquecem de pôr em prática o que aprenderam. então argumentam que são velhos demais para aprender.
     
    é importante considerar que as habilidades são regidas por leis. a primeira estipula:
    toda habilidade desenvolve-se com a prática, até as respostas
    se tornarem automáticas e instintivas.
     
    a segunda lei determina:
    a habilidade deteriora-se quando não é aplicada, acabando
    por perder-se, se negligenciada.

  • edward lee thorndike, psicólogo norte-americano, autor de trabalhos sobre dificuldades na aquisição de conhecimentos, autoridade em educação de adultos, declarou: a idade não é empecilho para a aprendizagem de novas profissões ou qualquer coisa que se queira fazer, em qualquer etapa da vida. de fato, quando se quer aprender algo, encontra-se o caminho para isso.
     
    costuma-se dizer que querer é poder. isso é verdadeiro, porém o mesmo adágio – quando expresso no idioma inglês, mostra maior determinação: where there’s a wish, there’s a will, que em tradução livre pode ser interpretado como onde há um desejo, há um meio de realização, pois é preciso estar-se determinado a vencer os obstáculos para alcançar o objetivo proposto. então, e só então, adquirimos o poder, aquela força indestrutível que leva à realização. portanto o provérbio querer é poder, ficará melhor colocado quando enunciado como poder é querer, pois somente aquele que realmente tem o querer conhece os meios que despertam o poder de alcançar tem a força.

  • atenção
     
    na realidade, a distração nada mais é do que falta de atenção. se você coloca o lápis atrás da orelha e depois não consegue encontrá-lo, isso é mera falta de atenção. é sinal de que aquele gesto não foi suficientemente importante para ser registrado em seu cérebro. para evitar isso, basta usar associações conscientes e atenção no que faz. você sabe que pode e que é fácil fazer isso. mas se ainda não tem idéia de como conseguir essa proeza, este programa vai ensiná-lo a fazer isso.
     
    neste ponto você pode estar pensando: tudo bem, mas como eu vou lembrar das associações que faço?
     
    no início vai realmente precisar de muita atenção e observação, ao fazer as associações. é para conseguir isso que você está fazendo essa programação. aliás, é por essa razão que esta etapa leva o título que tem: atenção, observação e associação. ao ver os resultados acontecerem logo nas primeiras experimentações, esses mesmos resultados servirão de incentivo para fazê-lo continuar. você vai perceber que os olhos não podem ver quando o cérebro está ausente. e ele por certo não esta presente quando você larga mecanicamente as coisas em qualquer lugar. a atenção leva você a pensar naquilo que está fazendo, durante frações de segundo. isso é o bastante para que seu cérebro marque presença e dê atenção ao que você esta realizando. aí os olhos vêem o que foi feito e o cérebro registra a proeza.

  • na próxima vez que puser o lápis atrás da orelha, faça uma associação entre os dois. veja mentalmente o lápis sendo encaixado atrás da orelha ou visualize duas mãozinhas destacando-se da orelha para segurar o lápis. isso é ridículo? pois é assim que deve ser. quanto mais ridícula ou absurda a associação, mais fácil será se lembrar dela. adiante vamos ver por quê.
     
    platão, filósofo grego, discípulo de sócrates, cuja filosofia ou baseada na verdade – por não estar, segundo ele, nos fenômenos passageiros, mas nas idéias – dizia, já alguns séculos antes de cristo: todo conhecimento não passa de lembrança.
     
    cícero, advogado, político e orador latino, afirmou: a memória é o tesouro e a guardiã de todas as coisas.
     
    você não conseguiria acompanhar este raciocínio se não se lembrasse das 26 letras do alfabeto.
     

  • sem a memória, sem a capacidade de reter conhecimentos e fatos, seria impossível agir baseado em experiências anteriores. cada momento da existência, ou qualquer coisa que se fizesse, teria de partir do nada, do zero. tudo o que fazemos só é possível graças à memória. na maioria das situações que enfrentamos são as experiências passadas que nos ensinam como e o que fazer. o conhecimento acumulado elimina o longo caminho da tentativa e erro, mostrando o modo certo de fazer cada coisa.
     
    as antigas civilizações utilizavam-se de sistemas de memória para quase tudo, e é de se estranhar que esses sistemas não sejam conhecidos e aplicados, hoje, pela maioria das pessoas. os poucos que descobrem como treinar a memória acabam se surpreendendo com a imensa capacidade de lembrar, que adquirem. e com os louvores que passam a receber de todos.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Curso de Memorização
  • QUE MÉTODO É ESTE? ... POR QUE FUNCIONA?
  •   INCONSCIENTE COLETIVO
  • Observação
  • ...ASSOCIAÇÃO
  • TESTE 1
  • TESTE 2
  • TESTE 3
  • TESTE 4
  • TESTE 5
  • 2ª ETAPA  CONCENTRAÇÃO
  • REGISTROS CEREBRAIS
  • TÉCNICAS DE CONCENTRAÇÃO
  • EXERCÍCIO RESPIRATÓRIO
  • 2º EXERCÍCIO
  • 3º EXERCÍCIO
  • 3ª ETAPA TÉCNICAS DE LIGAÇÃO MNEMÔNICAS.
  • Encadeamento
  • EXERCÍCIO 1
  • DESPROPORÇÃO
  • AÇÃO
  • EXAGERO
  • SUBSTITUIÇÃO
  • EXERCÍCIO 2
  • 4ª ETAPA  TÉCNICAS DE FIXAÇÃO MNEMÔNICAS.
  • Introdução
  • ALFABETO FONÉTICO
  • EXERCÍCIO 1
  • PALAVRAS DE FIXAÇÃO
  • EXERCÍCIO 2
  • UTILIZAÇÃO PRÁTICA Exercícios
  • EXERCÍCIO 3
  • PALAVRAS DE FIXAÇÃO (11 a 30)
  • 5ª ETAPA  COMO MEMORIZAR DISCURSOS, ARTIGOS, ROTEIROS, TEXTOS, ETC.
  • SISTEMA DE LIGAÇÃO E FIXAÇÃO
  • EXERCÍCIO UM (Sistema de Ligação)
  •   EXERCÍCIO 2 (Sistema de fixação)
  • APLICAÇÃO DA TÉCNICA
  • MEMORIZAÇÃO DE DISCURSOS OU TEXTOS  
  • LIGAÇÃO MNEMÔNICA
  • EXERCÍCIO
  • Proximo Volume