Curso Online de Erosão e Conservação do Solo

Curso Online de Erosão e Conservação do Solo

Erosão dos Solos; Conservação dos solos para preservar o Meio Ambiente

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Erosão dos Solos;
Conservação dos solos para preservar o Meio Ambiente

PEDAGOGO FORMADO PELA UNIVERSIDADE DA AMAZONIA (UNAMA). GEÓGRAFO FORMADO PELA UFPA, PROFESSOR DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE JURUTI-PA



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • solo:

    é a coletividade de indivíduos naturais, na superfície da terra, eventualmente modificado ou mesmo construído pelo homem, contendo matéria orgânica viva e servindo ou sendo capaz de servir à sustentação de plantas ao ar livre. em sua parte superior, limita-se com o ar atmosférico ou águas rasas. lateralmente, limita-se gradualmente com rocha consolidada ou parcialmente desintegrada, água profunda ou gelo. o limite inferior é talvez o mais difícil de definir. mas, o que é reconhecido como solo deve excluir o material que mostre pouco efeito das interações de clima, organismos, material originário e relevo, através do tempo.

    conceitos

    geografia: algumas definições

    fonte: manual técnico de pedologia, ibge.

  • geografia : erosão dos solos

    entre as varias recomendações da rio-92, sendo um dos temas principais da rio +10, destaca-se um item da chamada ''agenda 21", recomendando que todos profissionais da ciencia do solo devem aplicar seus conhecimentos em atividade que contribuam para um desenv. sustentavel.

    partanto, desenvolvimento sustentavel é aquele que e feito com atividades harmoniosas, protegendo o meio ambiente.

    a agricultura pode alterar intensamente os ecossistemas, contudo
    deve fazê-lo para pleno beneficio do homem, sem prejudicar a capacidade de gerações futuras em também satisfazer suas necessidades.

  • geografia : erosão dos solos

    entre as atividades relacionadas a preservação ambiental, destacam-se as da conservação dos solos, pois, juntamente com a luz solar, o ar e a água, o solo é uma das quatro condições básicas a vida.

    a superfície da terra não é estática, e encontra-se em estado de continuas modificações. os rios, os ventos e as enxurradas das chuvas, deslocam, transportam e depositam continuamente as partículas do solo (erosão geológica ou erosão natural).

    em condições de clima umido, e em seu estado natural, a vegetação cobre o solo como um manto protetor (remoção muito lenta, compensada pelos contínuos processos de formação).

    no entanto, quando 0 homem cultiva a terra para seu sustento, esse equilibrio benefico pode ser rompido.

  • geografia : erosão dos solos

    ha muito tempo o depauperamento dos solos preocupa os cientistas, politicos e agricultores mais conscienciosos.

    degradação dos solos pela erosão

    o crescente empobrecimento das terras, ocorre: as matas são derrubadas e queimadas desordenadamente, as encostas íngremes são aradas na direção da maior declividade, os pastos são superlotados com rebanhos, e as terras cultivadas são submetidas a monocultura, ano após ano, sem proteção contra o arraste pelas enxurradas ou restituição da fertilidade natural com adubos.

  • e relativamente fácil perceber os sinais que revelam esse desgaste, mas é difícil prever quais serão as mas conseqüências futuras.

    geografia : erosão dos solos

    a aceleração do ritmo da erosão produz condições anormais bastante notáveis: como:voçorocas, pomares com arvores raquíticas e raízes expostas, barreiras caídas em estradas, caminhos profundos nas pastagens, entulhamento de reservatório d'agua, águas turvas ou barrentas nos rios e inundações em campos e cidades ribeirinhas

    o arraste dos solos, adubos e agrotóxicos para águas fluviais e lacustres acarretam a mudança da micro flora aquática e, conseqüentemente, da fauna, com graves prejuízos para os peixes.

  • portanto, a erosão acelerada, alem de depauperar o solo, agrava a poluição das águas, muitas vezes já sobrecarregadas com os esgotos das cidades.

    geografia : erosão dos solos

    as tarefas rotineiras da exploração inadequada das terras, que concorrem para acelerar a degradação dos solos brasileiros são, destacadamente: o revolvimento com arado (ou aradura), o plantio e cultivo no sentido "morro-abaixo", as queimadas intensas e o pisoteio excessivo do gado em pastagens.

    alem destes, também os madeireiros, lenhadores, carvoeiros e mineradores contribuem, para a destruição das florestas, facilitando a ação da água das chuvas sobre as terras, com o conseqüente aumento da contaminação das águas.

  • quando desprovido de sua vegetação natural, o solo fica exposto a uma serie de fatores que tendem a depauperá-lo. a velocidade com que este depauperamento se processa varia com as suas características, como tipo de clima e estrutura topográfica, relacionadas, resultando em processos como:

    geografia: erosão dos solos

    empobrecimento químico e lixiviação
    erosão hídrica
    erosão eólica
    excesso de sais ou salinização
    degradação física
    degradação biológica

  • os vegetais retiram do solo elementos nutritivos que são incorporados nos seus tecidos, principalmente nas sementes e nos frutos.

    geografia : erosão dos solos

    empobrecimento químico e lixiviação

    em condições normais, sem a influencia do homem, os restos vegetais retornam ao solo, com a sua queda, e se decompõem, em processos terminados com a mineralização.

    se esses nutrientes deixam de ser assim reciclados 0 solo tende a se empobrecer continuadamente.

  • alguns tipos de solo tem grandes reservas minerais, podendo sustentar, durante vários anos, uma agricultura, sem reposição dos nutrientes, pelo emprego de fertilizantes.

    geografia : erosão dos solos

    outros, ao contrario, dispõem de uma reserva pequena, podendo sustentar a agricultura por um período de 2 a 3 anos, e outros, ainda, são naturalmente tão pobres, precisando ser adubados desde início.

    a acidificação do solo é uma das conseqüências de seu empobrecimento e é mais freqüente em regiões de clima úmido,
    onde grande quantidade de chuva acarreta a lavagem progressiva, de quantidades apreciáveis de bases (ca, mg, k e na) ,

    quando lixiviadas, estas são substituídas pelo hidrogênio (reação acida da solução), com o prosseguimento do processo, 0 hidrogênio adsorvido nos co16ides do solo e, depois, substituído pelo al.

  • a enxurrada superficial, resulta na aceleração da erosão das principais causas do depauperamento dos solos, e pode ser tecnicamente definido como a remoção seletiva das partículas do solo das partes mais altas, pela ação das águas da chuva ou dos ventos e deposição em terras mais baixas, rios, lagos.

    erosão hídrica

    geografia: erosão dos solos

    no brasil, a erosão hídrica é a mais importante. ela se processa em duas fases distintas: desagregação e transporte. a desagregação é ocasionada tanto pelo impacto direto ao solo das gotas da chuva como pelas águas que escorrem na sua superfície.

    o solo pode ser removida desde que suas partículas estejam desagregadas e suspensas nas águas das enxurradas, onde a facilidade de transportada depende de seu tamanho.

  • quando a água originada da chuva chega a escorrer sobre a superfície, forma a enxurrada, que pode desgastar o solo de formas diversas (depender da vulnerabilidade solo)

    tipos de erosão hídrica

    geografia: erosão dos solos

    três tipos principais de erosão hídrica são reconhecidos: superficial, também denominada laminar, em sulcos e em voçorocas ou ravinas.

    a) erosão laminar: é a uniforme remoção de uma delgada camada superior de todo o terreno. ao colidirem com a superfície do solo desnudo, as gotas de chuva rompem os agregados, reduzindo-os a partículas menores.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.