Curso Online de DIRETRIZES NACIONAIS DE ESCOLAS INDÍGENA
4 estrelas 35 alunos avaliaram

Curso Online de DIRETRIZES NACIONAIS DE ESCOLAS INDÍGENA

DIRETRIZES NACIONAIS DE ESCOLAS INDÍGENA

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

DIRETRIZES NACIONAIS DE ESCOLAS INDÍGENA

Pedro Ricardo Camargo da Rosa Licenciado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2008). atuando principalmente no seguinte tema: Educação - Política - Estado. Pós-Graduado no Curso de Gestão em Administração Pública, pela Universidade Castelo Branco em parceria com o Exército Brasileiro e Pós-Graduado no Curso de Gestão Pública Municipal pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Técnico em Assuntos Educacionais da Universidade Federal do Pampa e Professor de História do Estado do Rio Grande do Sul. Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5290866705095477


- Herni Da Silva Pereira

- Cleide Ferreira Campos

- Maria Roseli Gama De Carvalho

- Thainan Braga Sousa

- Aleksandra Dos Santos Amaral

- Arlete AraÚjo De Assis

- Carmem Lúcia Moura

- Alan Castro Dos Santos

- Jorge Antonio Vieira Da Silva

- Marizete Aparecida Peres

- Noemi Maria Lemos Gonçalves

- Ivana Aparecida Virgilio Almeida

- Maria Auxiliadora Rodrigues Da Silva

- Aline Nara Feitosa Galúcio.

- Marta Da Silva Sousa Alves

- Karla De Carvalho Ferreira

- Jaqueline Rocha Da Silveira Santos

- Marlucia Soares Neuman N

- Leci Beatriz Da Costa Dos Santos

- Lucinda Alves De Melo Bueno

- Clebia Medeiros Do Nascimento

- Camila Ashita Ramos

- Caroline Melo Da Silva

- Gabrieli Carvalho De Sousa

- Marcley Silva Dos Santos

- Paula Talissa Araujo Ribeiro

- SÔnia Regina Dos Santos

- Sirlene Aparecida Fonseca Emerick

"Esse curso foi muito bom para mim, pois recentemente eu fiz um trabalho na faculdade justamente com esse titulo e pode aproveitar bastante e também adqueri mais conhecimentos."

- Neide Nascimento Ribeiro

"Bom"

- Tassia Poliana Lima Da Silva

- Viviane De Sá Arantes

- Mônica Gabriele Pereira De Sousa

- Raimunda Marcilene De Souza Bravos

- Maria Glória Rodrigues Da Silva

- Marinete Soares De Oliveira Santos

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • DIRETRIZES NACIONAIS DE ESCOLAS INDÍGENAS

    DIRETRIZES NACIONAIS DE ESCOLAS INDÍGENAS

    Pedro Ricardo Camargo

  • RESOLUÇÃO CEB Nº 3, DE 10 DE NOVEMBRO DE 1999

    RESOLUÇÃO CEB Nº 3, DE 10 DE NOVEMBRO DE 1999

    Fixa Diretrizes Nacionais para o funcionamento das escolas indígenas e dá outras providências.

  • ESCOLAS INDÍGENAS

    ESCOLAS INDÍGENAS

    Art. 1º Estabelecer, no âmbito da educação básica, a estrutura e o funcionamento das Escolas Indígenas, reconhecendo-lhes a condição de escolas com normas e ordenamento jurídico próprios, e fixando as diretrizes curriculares do ensino intercultural e bilíngue, visando à valorização plena das culturas dos povos indígenas e à afirmação e manutenção de sua diversidade étnica.

  • ESCOLAS INDÍGENAS

    ESCOLAS INDÍGENAS

    Art.2º Constituirão elementos básicos para a organização, a estrutura e o funcionamento da escola indígena:

  • ESCOLAS INDÍGENAS

    ESCOLAS INDÍGENAS

    I - sua localização em terras habitadas por comunidades indígenas, ainda que se estendam por territórios de diversos Estados ou Municípios contíguos;

  • ESCOLAS INDÍGENAS

    ESCOLAS INDÍGENAS

    II – exclusividade de atendimento a comunidades indígenas;

  • ESCOLAS INDÍGENAS

    ESCOLAS INDÍGENAS

    III – o ensino ministrado nas línguas maternas das comunidades atendidas, como uma das formas de preservação da realidade sociolinguística de cada povo;

  • ESCOLAS INDÍGENAS

    ESCOLAS INDÍGENAS

    IV – a organização escolar própria.

    Parágrafo Único. A escola indígena será criada em atendimento à reivindicação ou por iniciativa de comunidade interessada, ou com a anuência da mesma, respeitadas suas formas de representação.

  • ORGANIZAÇÃO

    ORGANIZAÇÃO

    Art. 3º Na organização de escola indígena deverá ser considerada a participação da comunidade, na definição do modelo de organização e gestão, bem como:

  • ORGANIZAÇÃO

    ORGANIZAÇÃO

    I- suas estruturas sociais;

    II- suas práticas socioculturais e religiosas;

  • ORGANIZAÇÃO

    ORGANIZAÇÃO

    III- suas formas de produção de conhecimento, processos próprios e métodos de ensino-aprendizagem;

    IV- suas atividades econômicas;


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • DIRETRIZES NACIONAIS DE ESCOLAS INDÍGENAS
  • RESOLUÇÃO CEB Nº 3, DE 10 DE NOVEMBRO DE 1999
  • ESCOLAS INDÍGENAS
  • ORGANIZAÇÃO
  • PROJETO PEDAGÓGICO
  • FORMAÇÃO DE PROFESSORES
  • ATIVIDADE DOCENTE
  • COMPETÊNCIA DA UNIÃO
  • COMPETÊNCIA DO ESTADO
  • CONSELHOS ESTADUAIS
  • MUNICÍPIOS
  • PLANEJAMENTO
  • PROFESSOR
  • EDUCAÇÃO INFANTIL
  • CASOS OMISSOS
  • PUBLICAÇÃO