Curso Online de Cozinheiro Profissional

Curso Online de Cozinheiro Profissional

1ª Parte: Organização de Compras e de ambiente de trabalho (págs. 3 a 18). I. Dicas de Organização II. Dicionário do cozinheiro III. Dic...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 11 horas

Por: R$ 59,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

1ª Parte: Organização de Compras
e de ambiente de trabalho (págs. 3 a 18).
I. Dicas de Organização
II. Dicionário do cozinheiro
III. Dicas de Carne
IV. Onde fazer as compras?
V. Após as compras
VI. O excesso de sódio na comida
VII. Sódio escondido
VIII. O que é Hipertensão?
2ª Parte: O Cozinheiro em ação! (págs. 19 a 82).
I. Como fazer feijão
II. Como fazer arroz
III. Feijão tropeiro biju
IV. Baião de Dois
V. Cozimento de vários sementes
VI. Feijoada com Linguiça Calabresa
VII. Receita de Bife Acebolado
VIII. O Segredo da batatinha sequinha e crocante
IX. Saladas diferentes e incremente no seu dia-a-dia
X. Aprenda a cortar e temperar um bife
XI. CHIMICHURRI ? Molho p/ Carnes
XII. Dicas para empanar: carne, frango e peixe
XIII. Receita de pastel
XIV. Receita de torta de frango
XV. Massa para coxinha
XVI. Quibe frito
XVII. Massa para Esfiha
XVIII. Pudim de leite em pó
XIX. Como fazer calda de pudim
XX. Pudim sem calda
XXI. Pudim de pão velho
XXII. Pão doce de assadeira
XXIII. Massa de pizza
XXIV. Ervas, Condimentos e Especiarias com Ilustrações.

José Vieira Cabral Nasceu no dia 25 de agosto de 1.960 em Xambrê, Paraná, viveu ali até os seus oito anos de idade e depois os seus pais se mudaram para Maringá no mesmo Estado. E aos 19 anos mudou-se para São Caetano do Sul, Região do Grande ABC, São Paulo, onde permanece até o presente momento. O Autor/produtor foi comerciante a maior parte de sua vida, mas também trabalhou como empregado em algumas Empresas: Foi Administrativo e Encarregado de obras Civis, tendo como formação (Mestria em Construção Civil) e, mais de 100 Cursos de diversas áreas. Como Escritor e pesquisador escreveu diversas Obras Literárias e Didáticas: É fundador da Livraria e Editora Virtual Cabral Veríssimo (seu nome artístico) e pertencente ao Clube de autores. O seu Site:(ciacabralverissimo.loja2.com.br), onde produz os seus Livros e Cursos online para a plataforma da (www.buzzero.com/autores/jose-cabral).



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • COZINHEIRO PROFISSIONAL

    CURSO

    113 páginas
    11 horas/duração

  • 1ª Parte: Organização de Compras
    e de ambiente de trabalho (págs. 3 a 18).
    I. Dicas de Organização
    II. Dicionário do cozinheiro
    III. Dicas de Carne
    IV. Onde fazer as compras?
    V. Após as compras
    VI. O excesso de sódio na comida
    VII. Sódio escondido
    VIII. O que é Hipertensão?
    2ª Parte: O Cozinheiro em ação! (págs. 19 a 64).
    I. Como fazer feijão
    II. Como fazer arroz
    III. Feijão tropeiro biju
    IV. Baião de Dois
    V. Cozimento de vários sementes
    VI. Feijoada com Linguiça Calabresa
    VII. Receita de Bife Acebolado
    VIII. O Segredo da batatinha sequinha e crocante
    IX. Saladas diferentes e incremente no seu dia-a-dia
    X. Aprenda a cortar e temperar um bife

    DESCRIÇÃO

    DESCRIÇÃO

  • XI. CHIMICHURRI – Molho p/ Carnes
    XII. Dicas para empanar: carne, frango e peixe
    XIII. Receita de pastel
    XIV. Receita de torta de frango
    XV. Massa para coxinha
    XVI. Quibe frito
    XVII. Massa para Esfiha
    XVIII. Pudim de leite em pó
    XIX. Como fazer calda de pudim
    XX. Pudim sem calda
    XXI. Pudim de pão velho
    XXII. Pão doce de assadeira
    XXIII. Massa de pizza
    XXIV. Ervas, Condimentos e Especiarias

  • I. Dicas de Organização
    Para ter uma boa refeição não é necessária apenas uma boa receita, mas sim o conhecimento do equipamento necessário para o preparo, ingredientes de qualidade e foco, afinal é importante saber que seu tempo gasto, preparando aquela refeição é fundamental para seu sucesso. Veja algumas dicas importantes para se tornar um cozinheiro de mão cheia.
    1. Equipamentos:  Se deseja ser um bom cozinheiro saiba que vai ser preciso investimento, pois aquela única panela que você prepara o miojo não será o suficiente. Invista em boas facas, panelas, formas e tábuas de corte.
    2. Organize seu espaço:  Tenha sempre um espaço organizado para fazer os cortes dos alimentos. É importantes ter por perto tigelas, facas, uma placa de corte limpa, e também um lugar para jogar fora as cascas e restos de alimentos não utilizáveis.
    3. Compras:  Se você tem uma receita em mente veja com antecedência se possui todo o ingrediente necessário, se não faça uma lista do que vai necessitar para as próximas refeições e vá a compra.
    4. Dispensa Abastecida:  Muitas vezes acabamos decidindo fazer algo e quando chegamos na dispensa acabou o ingrediente necessário para tal, por isso sempre que usar algo na próxima compra substitua o que foi usado.

  • 5. Ervas e especiarias:  Abuse das ervas e especiarias em seus pratos, com o tempo você vai descobrir o que mais gosta e o que não gosta, então experimente de tudo um pouco e mantenha sempre um estoque de ervas secas ou plante suas próprias ervas em um pequeno jardim.
    6. Leia a receita:  É importante ler a receita antes de começar o preparo, leia quantas vezes for necessário e preste atenção nos detalhes, pois um único detalhe esquecido pode acabar com sua receita e claro se sinta a vontade para substituir os temperos e deixar a receita do seu jeito.
    7. Preparação:  Depois de conhecer a receita, separe tudo que vai ser utilizado, corte, lave e deixe tudo próximo da estação de trabalho, antes de começar o preparo.
    8. Forno:  Se sua receita vai ao forno a primeira coisa é deixar ele pré-aquecido.
    9. Limpeza:  Enquanto o fogão faz o trabalho mantenha a cozinha em ordem e limpa, lave a louça e mantenha tudo organizado.
    10. Se divirta:  Cozinhar não é algo chato se você fizer disso um momento seu, coloque uma música e se divirta criando pratos com a sua cara.

  • II. Dicionário do cozinheiro
    Na maioria das vezes quando abrimos um livro de receitas nos deparamos com técnicas e termos culinários que não fazemos ideia do que significa, então resolvi passar aqui pra vocês um resumo desses “palavrões” que encontramos nesses livros de receitas.
    1. O que é banho-maria? É o nome dado ao processo de aquecer ou cozinhar lentamente qualquer ingrediente, com o uso de uma panela de água quente e outro recipiente que não deve ter contato com a água, e nesse recipiente de cima é onde deve estar  o que você deseja aquecer ou cozinhar.
    2. O que é besuntar? Consiste em pincelar com algum tipo de gordura o alimento que está sendo grelhado ou assado, para que não fique ressecado.
    3. O que é apurar? Apurar é deixar cozinhando em fogo brando para que vá evaporando o líquido nele contido para reduzir o seu volume e concentrar o seu sabor.
    4. Como identifico ponto de bala mole? Ponto de bala mole é o ponto em que uma pequena quantidade de calda forma uma bolinha macia quando resfriada em água.

  • 5. Como sei que a calda está em ponto de fio? Para saber se a calda está em ponto de fio, coloque um pouco da calda em um prato e espere esfriar um pouco. Depois, com a ponta dos dedos, aperte e puxe. Deverá se formar um fio que não se desmancha.
    6. O que é curtir? É fazer com que o alimento tome fortemente o sabor de um molho ou bebida alcoólica.
    7. O que é demolhar?  Demolhar ou deixar em de molho é manter o alimento em água, durante um tempo, para amolecer ou perder o excesso do sal.
    8. O que é escaldar? Escaldar é despejar um líquido fervente sobre um alimento ou ainda mergulhá-lo em água fervente por alguns instantes.
    9. O que é flambar? É uma técnica que consiste em colocar uma bebida alcoólica tipo conhaque, whisky e rum e adicionar um pouco de fogo para que o alimento “pegue fogo”
    10. O que é gratinar? É tostar a superfície de um prato levando-o ao forno, depois de coberto com molho branco e polvilhado com queijo ralado por exemplo.

  • 11. O que é macerar? Macerar é deixar um alimento dentro de um molho ou tempero para que tome gosto e amoleçam suas fibras
    12. O que é marinar? É deixar um alimento de molho em uma mistura de temperos durante várias horas, ou até dias, para tomar gosto.
    13. O que é sovar? Sovar consiste em bater vigorosamente uma massa para que o glúten se desenvolva e a massa se torne mais elástica e macia.
    14. O que é refogar? Refogar é fritar alimentos em pouca gordura até que fiquem ligeiramente macios.
    15. O que é ponto de quebrar? É quando uma pequena porção da calda ao ser colocada em água fria, forma uma bala dura, isto é ponto de quebrar.
    16. O que é vinha d’alhos? É uma mistura feita de vinho, alho, louro, salsinha, cebolinha verde, pimenta-do-reino e cebola espetada com cravos, utilizada para deixar de molho carnes, peixes e aves.
    17. O que é untar? Untar é passar margarina, manteiga ou óleo em formas ou superfícies de trabalho.
    18. O que é gelatinizar? É dar consistência firme à preparações, as quais tenham a gelatina como ingrediente.

  • 19. Ervas finas: mistura de salsa, cerefólio, estragão e cebolinha verde.
    20. Ganache: creme usado na confeitaria para cobrir bolos, bombons, sorvetes e petit-fours. Elaborado com creme de leite e chocolate e pode ser aromatizado com algumas gotas de conhaque.
    21. Gaspacho: prato típico da Andaluzia, Espanha, é uma sopa fria refrescante, que pode ser preparada com vários ingredientes como tomate, pepino, beterraba, etc.
    22. Tartare: é o nome dado a preparações com carne crua e condimentada. O mais conhecido é o steak tartare, preparado com carne de boi picada, servida crua com gema de ovo e com diversos condimentos. Também esta terminologia é usada para denominar pratos com peixe.
    III. Dicas de Carne
    1. Quando comprar carne para uma receita compre o dobro da quantidade e congele, assim você já tem o material para uma próxima receita durante a semana.
    2. Ao comprar carnes, peixes, frango, congele-os em embalagens individuais assim será mais fácil descongelar só o que será necessário em sua receita.

  • 3. Tenha sempre em seu congelador um saco de almôndegas congeladas, assim em alguns minutos você pode conseguir fazer um espaguete com almôndegas.
    4. Quando comprar carne moída  coloque – a em um saco plástico e aperte bem para ficar no formato de “folha de papel” assim pode guardar no congelador sem ocupar tanto espaço e o descongelamento é muito mais rápido.
    5. Quando for cozinhar o feijão, cozinhe o pacote todo e cozinhe o que não for usar em pequenas porções assim você não precisa gastar tempo cozinhando o feijão todos os dias.
    6. Ao fatiar frango para filé e sobrar pedacinhos, congele para serem usados mais tarde em saladas, sanduíches, patês, molhos para massas e etc…7.  Quando cozinhar, carnes, frango, legumes guarde o caldo para próximos receitas, para isso basta coar congelar em formas de gelo.
    8. Porque cozinhar apenas ½ pacote de macarrão? Cozinhe o pacote completo e use metade para fazer uma salada de macarrão para o dia seguinte.

  • 9. Quando cozinhar batatas para um purê cozinhe algumas a mais e faça uma salada de maionese para a próxima refeição.
    10. Enquanto o fogão vai assando e cozinhando, porque você não vai lavando a louça que sujou? Assim quando terminar só vai sobrar o prato que você comeu e não precisara passar o resto do dia ou noite na beira da pia. =D
    IV. Onde fazer as compras?
    1. A escolha do mercado é muito importante, pois existem alguns com ofertas melhores que outros;
    2. Pense no que você gosta de comer, mas nunca esqueça de incluir frutas, saladas e verduras;
    3. Uma dica que pode ajudar  a não esquecer o que precisa comprar, é ter sempre em mão uma caderneta para anotar tudo na hora que lembrar, se deixar para anotar depois eu garanto que você vai esquecer;
    4. Tente evitar os refrigerante durante a semana, consuma mais sucos que são bem mais saudáveis;
    5. Adicione também alimentos do tipo “salva vidas” (de rápido preparo) como frios, macarrão, tapioca,  ovos, tortilhas e coisas que você pode fazer na hora da preguiça.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 59,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • 1ª Parte: Organização de Compras
  • e de ambiente de trabalho (págs. 3 a 18).
  • I. Dicas de Organização
  • II. Dicionário do cozinheiro
  • III. Dicas de Carne
  • IV. Onde fazer as compras?
  • V. Após as compras
  • VI. O excesso de sódio na comida
  • VII. Sódio escondido
  • VIII. O que é Hipertensão?
  • 2ª Parte: O Cozinheiro em ação! (págs. 19 a 82).
  • I. Como fazer feijão
  • II. Como fazer arroz
  • III. Feijão tropeiro biju
  • IV. Baião de Dois
  • V. Cozimento de vários sementes
  • VI. Feijoada com Linguiça Calabresa
  • VII. Receita de Bife Acebolado
  • VIII. O Segredo da batatinha sequinha e crocante
  • IX. Saladas diferentes e incremente no seu dia-a-dia
  • X. Aprenda a cortar e temperar um bife
  • XI. CHIMICHURRI ? Molho p/ Carnes
  • XII. Dicas para empanar: carne, frango e peixe
  • XIII. Receita de pastel
  • XIV. Receita de torta de frango
  • XV. Massa para coxinha
  • XVI. Quibe frito
  • XVII. Massa para Esfiha
  • XVIII. Pudim de leite em pó
  • XIX. Como fazer calda de pudim
  • XX. Pudim sem calda
  • XXI. Pudim de pão velho
  • XXII. Pão doce de assadeira
  • XXIII. Massa de pizza
  • XXIV. Ervas, Condimentos e Especiarias com Ilustrações.