Curso Online de PINTURA A REVÓLVER (PISTOLA)

Curso Online de PINTURA A REVÓLVER (PISTOLA)

1. Pintura a Revólver (pistola)com tinta esmalte sintético. 2. Dicas para uma boa pintura a pistola. 3. Superfície que podemos usar a tin...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

1. Pintura a Revólver (pistola)com tinta esmalte sintético.
2. Dicas para uma boa pintura a pistola.
3. Superfície que podemos usar a tinta esmalte.
4. Economia e qualidade.
5. Como pintar geladeira a pistola (Revolver) ou, spray
6. Dicas de Funilaria.
7. Equipamentos de pintura e funilaria.

José Vieira Cabral Nasceu no dia 25 de agosto de 1.960 em Xambrê, Paraná, viveu ali até os seus oito anos de idade e depois os seus pais se mudaram para Maringá no mesmo Estado. E aos 19 anos mudou-se para São Caetano do Sul, Região do Grande ABC, São Paulo, onde permanece até o presente momento. O Autor/produtor foi comerciante a maior parte de sua vida, mas também trabalhou como empregado em algumas Empresas: Foi Administrativo e Encarregado de obras Civis, tendo como formação (Mestria em Construção Civil) e, mais de 100 Cursos de diversas áreas. Como Escritor e pesquisador escreveu diversas Obras Literárias e Didáticas: É fundador da Livraria e Editora Virtual Cabral Veríssimo (seu nome artístico) e pertencente ao Clube de autores. O seu Site:(ciacabralverissimo.loja2.com.br), onde produz os seus Livros e Cursos online para a plataforma da (www.buzzero.com/autores/jose-cabral).



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • INTRODUÇÃO:

    Nenhum profissional de pintura pode se descuidar da segurança.
    Por isso, é preciso estar sempre atento a estas recomendações:
    Usar sempre Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)
    Máscara de proteção respiratória com carvão ativo.
    Luvas e sapatos.
    Óculos de proteção.
    Protetor auricular.
     

  • Manusear todos os produtos químicos com luvas de borracha sintética.
    Fixar muito bem o compressor no piso.
    Manter o piso sempre limpo para segurança de todos durante a pintura.
     
    Armazenar os produtos em boas condições e em local arejado.
    Colocar a área de pintura longe da área da solda.
    A área de pintura deve ser bastante iluminada e ventilada.
    Não fumar nas áreas de pintura e nos depósitos de tintas para evitar riscos de incêndio.

  • PINTURA A REVÓLVER
    COM TINTA ESMALTE SINTÉTICO

  • Se deseja um acabamento perfeito faça o seguinte. Peneire a tinta. Use uma tela de náilon dobrada duas ou três vezes. Melhor é coar com uma pano grosso de algodão. Despeje apenas a quantidade correta de tinta sobre o pano, deverá escorrer lentamente sobre um recipiente bem limpo.
    Para facilitar, use um pouco de solvente.
    Vale a pena o esforço pois ao final desse processo é possível ver sujeiras sobre o pano. Essa primeira fase, de preparação da tinta é importante. Já tive problemas com pinturas que ao final apresentavam muitas pelotas, bolinhas que na verdade eram partículas provenientes da tinta e até mesmo das peças sujas da pistola.

  • Após coar a tinta reserve-a e cubra-a, ou evite de alguma forma que caiam quaisquer sujeiras.
    Não precisa diluir totalmente a tinta muito antes de pintar. Faça isso quando já estar preparado para pintar, com a peça limpa e posicionada e a pistola e o compressor montados. Para diluição use solvente, pode ser thiner.
    Despeje dentro da caneca da pistola apenas a quantidade de tinta necessária, adicione solvente aos poucos e mexa com um bastão limpo e livre de pontas para não acontecer de riscar o material da caneca principalmente se é de plástico. Faça isso até alcançar o ponto, que deve ser quase de gota.

  • Dica 2: Preparação da superfície
    A peça a ser pintada deve estar limpa seca:

    • Para retirar gordura e pó use um papel toalha e alguns pingos de álcool de preferência o isopropílico;

    • Pode-se usar uma lixa bem fina ou n° 120;

    • Antes de pintar, aqueça a peça sob o sol por alguns minutos, isso faz a tinta aderir melhor;

  • Principais problemas encontrados:
    Normalmente, são desprezadas algumas regras básicas e relativamente simples, o que dificulta o trabalho na seção de pintura. Seguem alguns exemplos:
    - Manômetros das Linhas de ar quebrados; - Excesso de poeira; - Iluminação deficiente; - Falta de filtros na linha de ar comprimido; - Mangueiras e ou tubulações de ar comprimido mal posicionadas e ou dimensionados; - Peças pintadas sobre cavaletes com resíduos; - Sujeira nos equipamentos.

    2. DICAS PARA UMA BOA PINTURA A PISTOLA

  • Recomendações

    A) Área de pintura.
    A área de pintura deve ser limpa, isenta de poeira e outros contaminantes. Deve também, possuir um fluxo direcionado de ar (exaustor) a fim de retirar do ambiente todos os vapores de solventes, assim como o resíduo da tinta pulverizada. O espaço deve ser apropriado para livre movimentação do pintor e da peça. A área deve permitir um fluxo fácil para evitar a excessiva movimentação de peças dentro do setor.

  • B) Linha de ar comprimido

    A linha de ar comprimido deve possuir uma leve inclinação, na direção de um dreno ou purgador. O filtro com regulador de pressão, que serve para remover a umidade e indicar através do manômetro a pressão regulada desejada, deve ser instalado próximo ao operador para facilitar a leitura, e pelo menos a 7 metros do compressor. A tomada de ar deve ser feita por cima da linha principal, para evitar que a umidade sobrecarregue os filtros de ar. No caso do use de 2 compressores, eles devem ser ligados numa mesma linha.

  • C) Iluminação

    Uma perfeita iluminação é necessária e recomendável o uso de lâmpadas fluorescentes as quais devem ser limpas e ou substituídas quando deficientes.

    D) Mesa Giratória
    Para evitar a movimentação excessiva do operador em volta da peça que está sendo pintada, envernizada e ou pulverizada, recomenda-se colocar uma mesa giratória para permitir a execução da operação em menos tempo e com mais facilidade, porém, mantendo-a sempre limpa.

  • E) Lixamento
    Os seladores e vernizes quando aplicados sobre a madeira
    por exemplo, tornam os defeitos mais evidentes; portanto, é de grande importância que a preparação da superfície seja bem executada, usando-se procedimentos corretos e grana adequada de lixa. Na pintura automotiva, a mesma se faz necessária para correções de superfícies e remoções de materiais, tais como: Massa plástica, massa rápida, tintas, vernizes etc.… Existem tintas e vernizes com alta e baixa viscosidade. Os produtos de alta viscosidade exigem uma diluição, maior e, em consequência, o diluente utilizado deve ser adequado e balanceado ao tipo de tinta ou verniz. Os produtos de baixa viscosidade não exigem solvente para deixá-los na viscosidade de aplicação.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • PROGRAMAÇÃO:
  • 1. Pintura a Revólver (pistola)com tinta esmalte sintético.
  • 2. Dicas para uma boa pintura a pistola.
  • 3. Superfície que podemos usar a tinta esmalte.
  • 4. Economia e qualidade.
  • 5. Como pintar geladeira a pistola (Revolver) ou, spray
  • 6. Dicas de Funilaria.
  • 7. Equipamentos de pintura e funilaria.