Curso Online de PROFESSOR DE YOGA
4 estrelas 14 alunos avaliaram

Curso Online de PROFESSOR DE YOGA

Anatomia e fisiologia humana, Articulações, Conjuntos de forças de reação, Ativo alongamento estático, Alongamento estático passivo, O Ba...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas

Por: R$ 89,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Anatomia e fisiologia humana, Articulações,
Conjuntos de forças de reação,
Ativo alongamento estático,
Alongamento estático passivo,
O Bandha Diário,
Como usar giro ( nutação) para refinar ,Uttanasana
Conjuntas as forças de reação, Padmasana
liberando rotadores internos
Uma dica legal para uma respiração mais profunda em Yoga
POSIÇÕES ILUSTRADAS DE ANATOMIA

Cursos Livres formatados para internet .Curso O professor e as mídias na educação. CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO e workshop!


- Alexsander Azevedo Ribeiro

- Luciana V. Chagas

- Caroline Freitas Cardoso

- Dayane Cristina Marques Silva

"E UM CURSO QUE TEM TODAS INFORMAÇOES ,TEORICAS , E TECNICAS E ABRANGE TODOS OS FUNDAMENTOS DO YOGA. SOU PRATICANTE DE TODAS AS ARTES MARCIAIS E APROVEI TOTALMENTE ESSE CURSO ."

- João José Correa Lima

- Marly Fernandes De Oliveira

- Camila Fonseca De Carvalho Freitas

- Cristina Amâncio Silva

"muito bom com muitas ilustrações e bem explicado"

- Sueli Gomes De Souza

- Rizia Betânia Da Silva

- Maria Do Rosário

- Francisco Carlos De Moura

- Priscila Delabetha

- Renata Marques

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Professor de Yoga

  • Profissão Yogi

    Um instrutor de Yoga é uma pessoa de qualquer área e com qualquer nível cultural que se dedica a aprender e pode ter acesso a essa profissão.

    Para ser um professor tem que respeitar o Yoga como disciplina transformadora. Não reduzi-lo a uma atividade para definição de músculos e outros aspectos de nossa vaidade. Praticar muito e ter certeza de que gosta de dar aula.

    Pesquisar muito antes de se decidir por um curso. Vá fazer uma aula com os coordenadores dos cursos em vista, pergunte sobre o programa do curso, sobre o que está incluído no valor que você está pagando. Verifique se, depois de formado, você deverá continuar pagando alguma coisa. Existem cursos que, sob a falsa proposta de educação continuada, seguram o certificado dos instrutores e os obrigam a trabalhar apenas em suas escolas

  • Quando você decidir ser um professor de Yoga, deve ter empatia e procurar observar não só o que se fala, mas o que se faz. A maneira como interage com o mundo e se é coerente com o que ensina. Minha opinião é que existem dois tipos de professores de Yoga: os que escolheram o Yoga como profissão, como outra qualquer, e que fazem um bom trabalho, técnico, correto, mas uma vez fora do trabalho, levam uma vida normal, como qualquer outra pessoa. Eles não seguem a filosofia dos Yamas e Nyamas, não cuidam do corpo internamente. E há professores que escolheram o Yoga não só como profissão, mas como estilo de vida, e procuram viver aquilo que pregam em seu dia-a-dia. Essas pessoas estão sempre procurando aplicar os ensinamentos do Yoga e têm uma energia especial. Prestamos atenção ao que ela fala, pois há sentimento e vivência pessoal em suas palavras. Em meu momento de vida, estes são os professores de Yoga que procuro com este curso.

  • Yoga

    O Yoga é uma antiga filosofia de vida que se originou na Índia há mais de 3000 anos e que sobreviveu ao tempo, atravessou regiões, venceu preconceitos e modismos e continua beneficiando milhares de pessoas.

    O Yoga tem sido buscado pelas mais variadas pessoas e pelos mais diferentes motivos, os quais normalmente começam no físico, passam pelo emocional, mental, moral chegando ao aspecto espiritual-filosófico.

    Literalmente, Yoga significa união, pois ele une o corpo, a mente e nosso espírito, e nos possibilita integrar nossas ações, emoções e pensamentos de forma coerente com nossa mente mais profunda.

  • Linhas de Yoga que Temos:

    Hatha Yoga: yoga clássico indiano com ênfase na permanência em posturas e na consciência respiratória que leva ao relaxamento profundo. É o Yoga mais conhecida e difundida no ocidente. É um yoga vigoroso que tem como base principal o uso de asanas, mudras e bandhas para desobstruir o sistema nervoso.

  • Yoga Tibetano: também conhecido como DORJE YOGA, valoriza tanto a permanência nas posturas quanto seqüências dinâmicas de movimentos. Há práticas respiratórias, relaxamento conduzido e visualizações meditativas. Os mestres de Yoga Tibetano têm como objetivo principal de suas técnicas o desenvolvimento do despertar ininterrupto do que se chama a “real presença” conjuntamente com a mente de compaixão dos Botsatvas.

  • Yoga com Bambus: adaptação das posturas do yoga clássico por meio do uso de bambus para intensificar os alinhamentos corporais e prolongar a capacidade de permanência em asanas. Os bambus também são usados para auto-massagem e exercícios de propriocepção e equilíbrio. É considerado uma terapia muito eficaz.

  • Iyengar Yoga: método que visa à harmonização global da postura do corpo por meio de alinhamentos vigorosos, os quais podem ser obtidos com o auxílio de equipamentos. Utiliza os mesmos asanas do Hatha, porém há uma preocupação específica com a precisão da postura. Para que esta precisão seja alcançada alguns elementos externos são utilizados: cadeiras, laços, fitas e etc.

    Yoga com Equipamentos: utilização de equipamentos (bola suíça, cilindro, bolinhas de massagem) para adaptação dos asanas clássicos. Propicia um forte trabalho nas fáscias muscular e de alinhamento, além de exigir uma contínua concentração (por causa dos pisos instáveis). Seus efeitos físico e mentais são sentidos muito rapidamente, os resultados de tonificação, equilíbrio e flexibilidade são sentidos nas primeiras semanas. Outro fator muito atrativo aos praticantes é seu inegável caráter lúdico que agrada pessoas de todas as idades.

  • Como dar as Aulas:

    As aulas têm uma hora de duração e normalmente seguem a seguinte estrutura:

    5 minutos de apresentação do tema da aula e objetivos. Pode haver a entoação de um mantra introdutório.
    5 minutos de aquecimentos articulares
    40 minutos de asanas ou seqüências de asanas. Os aspectos enfatizados nessa parte da aula são: força, equilíbrio, alongamento, propriocepção e consciência corporal. Os asanas são aliados a bhandhas (contrações e expansões musculares específicas) e por vezes a pranayamas (controle dos movimento e pausas respiratórias). Nas aulas com utilização de aparelhos e equipamentos, há a adaptação da execução e permanência dos asanas.
    10 minutos de exercícios de auto-massagem e/ou relaxamento. Introdução aos princípios da meditação e entoação de mantras.

  • Antes de começar
    Relaxe Reserve alguns momentos para se desembaraçar dos problemas do cotidiano sentando- se em um lugar calmo, com os olhos fechados e respire lenta e profundamente por cinco minutos.

    Prepare Selecione os props para a seqüência: dois cobertores, um bloco e um bolster (ou mais cobertores se não tiver um) e escolha um lugar onde não será perturbado. Feche a porta, ajuste o ar-condicionado (se houver) para assegurar-se de que ficará em uma temperatura confortável na permanência das posturas, e comece.

    Depois de terminar
    Relaxe novamente Leva, no mínimo, uns 20 minutos de descanso para acalmar o corpo da reação “lutar ou voar” ou a resposta ao estresse, então assegure-se de ficar por esse tempo ou mais em savasana. Em seguida, perceba como está se sentindo. As batidas cardíacas diminuíram e a respiração ficou mais profunda? Você se sente mais calmo e mais centrado? Observe que não pode ficar relaxado e ansioso ao mesmo tempo.

  • Repita Praticar esta seqüência pelo menos uma vez por semana o ajudará a viver melhor.

    1 uttanasana
    (postura do alongamento intenso para a frente)
    Fique em pé sobre o mat com a intenção de começar um ritual sereno. Com os pés paralelos, expire e curve-se para a frente, segurando os cotovelos. Mantenha a lombar levemente arqueada, o abdome firme e estabilize as costas ao curvar-se. Permaneça assim de cinco a dez respirações e volte à posição inicial, inspirando, mantendo as costas arqueadas e o abdome ativo. Repita.

    2 marjariasana ou bidalasana
    (postura do gato)
    Fique em seis apoios e descanse sobre as mãos e os joelhos. Lentamente expire e deixe a cabeça cair e curve toda a coluna em uma flexão para baixo. Permaneça por um momento, estimulando os órgãos abdominais para levantar contra a coluna. Depois inspire e solte-se para baixo e faça um arco. Quando flexionar, assegure-se de que você levanta as articulações dos ombros para fora; quando arqueia, verifique se não deixa o meio das costas cair para baixo, abaixo das escápulas. Repita dez vezes.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 89,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Profissão Yogi
  • Yoga
  • Linhas de Yoga
  • Como dar as aulas
  • O Ashtanga Yoga de Patañjali
  • Os músculos a chave do yoga
  • Anatomia para yoga dicas e técnicas
  • O Bandha diário
  • Movimento circular-refinar Uttanasana
  • Padmasana (Lotus Pose)
  • A conexão mente-corpo em yoga
  • A importância da teoria