Curso Online de Briófitas
4 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de Briófitas

O curso apresenta as características básicas das briófitas, bem como sua morfologia, importância, reprodução e classes ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso apresenta as características básicas das briófitas, bem como sua morfologia, importância, reprodução e classes ...

- Daliléia Aparecida Santana

- Gustavo Arruda Melo

- Edvaldo Coutinho Da Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • O Reino Plantae ou Metaphyta é constituído por organismos pluricelulares, eucariontes, autótrofos fotossintetizantes.

    Para realizar a classificação das diferentes plantas em grupos, critérios importantes foram utilizados, como:
    a característica da planta ser vascular ou avascular, isto é, a presença ou não de vasos condutores de água e sais minerais (seiva bruta) e matéria orgânica (a seiva elaborada);
    ter ou não estruturas reprodutoras (semente, fruto e flor) ou ausência delas.

  • De acordo com estes critérios as plantas foram classificadas em quatro grupos diferentes, sendo eles:

    Briófitas;

    Pteridófitas;

    Gimnospermas;

    Angiospermas.

  • Mais e as algas?

    Mais e as algas?

    À algum tempo atrás muito se discutia se as algas seriam ou não vegetais, mas atualmente elas fazem parte de um reino a parte, pois, apesar te apresentarem muitas características que as fazem parecer com um vegetal, uma característica marcante dos mesmos é se desenvolver a partir de um embrião e as algas não apresentam essa característica.

  • Exemplos de algas:

    Exemplos de algas:

  • Características gerais

    Características gerais

    As briófitas são caracterizadas por não terem vasos condutores, a seiva é transportada pela planta através de difusão, um método onde o alimento é transferido de célula para célula. Por isso, seus representantes não podem ter muito tamanho, chegam no máximo à alguns centímetros de comprimento;
    As células deste tipo de planta contêm vários cloroplastos pequenos, ao contrário das algas, que contém apenas um e grande cloroplasto;

  • As briófitas são na maioria plantas terrestres, vivendo principalmente em lugares úmidos e sombreados. Elas podem ser encontradas tanto em ambientes quentes, como os desertos, e também em ambientes muito frios, como o Ártico;
    Crescem em uma variedade de substratos, naturais ou artificiais, sob diversas condições microclimáticas. Abrigam vasta comunidade biótica, como pequenos animais, algas, fungos, mixomicetos, cianobactérias e protozoários. Propiciam condições, em muitos ambientes, para o desenvolvimento de plantas vasculares devido à capacidade de reter umidade;

  • Apresentam uma camada estéril (epiderme) que protege as células sexuais da dessecação, sendo esta uma adaptação à vida no ambiente terrestre;
    O corpo vegetativo é trófico corresponde ao gametófito haploide (n), sendo que o esporófito diploide (2n) cresce sobre este e tem vida efêmera, aparecendo somente no período reprodutivo;
    Possuem clorofila “a” e “b”;

  • Possuem amido como polissacarídeo de reserva;
    As células possuem parede (composta por celulose);
    Presença de cutícula;
    Esporófito não ramificado, com um único esporângio terminal;
    Gametângio e esporângios envolvidos por camada de células estéreis;
    Desprovidas de raízes, caules e folhas.

  • Importância

    Importância

    São importantes componentes da biomassa epífita em muitos ecossistemas;
    São essenciais para alguns ecossistemas por serem parte de sua cadeia alimentar;
    Por absorverem muita água, evitam a erosão do solo em locais onde crescem abundantemente;
    Assim como os líquens, são indicadores da poluição ambiental.

  • Morfologia

    Morfologia

    As briófitas são diplobiontes, apresentando alternância de gerações heteromórfica entre gametófito ramificado, fotossintetizante e independente, e esporófito não ramificado e ao menos parcialmente dependente do gametófito.
    Os gametófitos podem ser divididos em rizoides, filoides e cauloides. Os mais simples não apresentam diferenciação entre filoide e cauloide e geralmente são prostrados, sendo denominados talosos, enquanto aqueles onde se distinguem essas estruturas, normalmente eretos, são denominados folhosos.

  • No ápice dos gametófitos surgem estruturas de reprodução características, denominados arquegônios, onde se diferencia o gameta feminino (oosfera) e anterídios, onde se diferenciam os gametas masculinos (anterozoides). Nas briófitas o zigoto germina sobre a planta mãe e o esporófito resultante permanece ligado a ela durante toda a sua vida, apresentando dependência parcial ou total.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Mais e as algas?
  • Exemplos de algas:
  • Características gerais
  • Importância
  • Morfologia
  • Reprodução
  • Propágulos: estruturas especializadas para a reprodução assexuada de certas briófitas.
  • Classificação
  • As Hepáticas: divisão Hepatophyta
  • Hepáticas Talosas
  • Marchantia – Hepática Talosa
  • Hepáticas Folhosas
  • Frullania – Hepática Folhosa
  • Os Antocéros: divisão Anthocerotophyta
  • Os Musgos: divisão Bryophyta
  • Os Musgos Verdadeiros: Classe Bryidae (Bryopsida)
  • Weissia – Musgo Verdadeiro
  • Os Musgos de Turfeira: Classe Sphagnidae
  • Sphagnum – Musgo de Turfeira
  • Os Musgos de Granito: Classe Andreaeidae
  • Andreaea – Musgo de Granito
  • Exemplos de Briófitas
  • Radula complanata
  • Fissidens dubius
  • Trichostomum crispulum
  • Didymodon vinealis
  • Didymodon insulanus
  • Didymodon acutus
  • Homalothecium sericeum
  • Scorpiurium circinatum
  • Frullania tamarisci
  • Referências Bibliográficas