Curso Online de MICOPLASMAS

Curso Online de MICOPLASMAS

Conceitos fundamentais Principais espécies associadas a doenças humanas Fatores e mecanismos de patogenicidade do Mycoplasma pneumoniae F...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Conceitos fundamentais
Principais espécies associadas a doenças humanas
Fatores e mecanismos de patogenicidade do Mycoplasma pneumoniae
Fatores de Virulência
PATOGENIA
INFECÇÕES RESPIRATÓRIA
DIAGNÓSTICO LABORATORIAL
TRATAMENTO

Graduado em Farmácia pela Universidade Federal do Maranhão (1981), Mestrado em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1985) e Doutorado em Ciências (Microbiologia) pela Universidade de São Paulo (1996). Pós-doutorado em nanotecnologia pela Universidade de Brasilia (2012). Atualmente é professor titular da disciplina de microbiologia da Universidade Federal do Maranhão e Professor Adjunto do Curso de Medicina da Universidade Estadual do Maranhão.Tem experiência na área de ensino superior desde 1985, estando apto para ministrar as seguintes disciplinas: microbiologia, imunologia, patologia, farmacologia, biofisica, saúde ambiente, epidemiologia, genética e embriologia. Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/9584161299199568



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • 1

    MYCOPLASMA

  • OS MICOPLASMAS

    2

    OS MICOPLASMAS

    Os micoplasmas foram descobertos em fins do século passado como causa da pleuropneumonia de bovinos.Posteriormente, foram encontrados em grande variedade de animais.
    Como o micoplasma da leuropneumonia (PLEUROPNEUMONIA ORGANISMS,PPO) os micoplasmas descobertos posteriormente passam a ser denominados PPLO(pleuropneumonialike organisms), ou seja, organismo semelhante ao da pleuropneumonia.
    Esta sigla ainda é muito utilizada, embora o terceiro micoplasma esteja atualmente bastante difundido entre médicos e outros profissionais.

  • 3

    A demonstração de que os micoplasmas podiam estar associados ao homem data de 1937, quando Dienes e Edsall isolaram a bactéria de um abscesso localizado numa glândula de Bartholin.
    Em 1962, foi demonstrado definitivamente que uma espécie de micoplasma, denominada Mycoplasma pneumoniae, era o agente etiológico da chamada pneumonia atípica primária.
    Esta espécie continua sendo a de maior significado médico, embora outras, provavelmente patogênicas, tenham sido descritas desde então

  • 4

    menores bactérias de vida livre (0,1- 0,3m)
    ausência de parede celular (pleomórficas)
    membrana celular contém esteróis,
    anaeróbios facultativos (exceto M. pneumoniae - aeróbio estrito)
    requerem esteróis exógenos (supridos pelo soro animal adicionado ao meio)
    crescimento lento (tempo geração : 1 a 6 horas)
    resistência a penicilinas, cefalosporinas, vancomicina e outros antibióticos

    Ureaplasma- requer uréia para crescimento

    Mycoplasma e Ureaplasma CARACTERÍSTICAS GERAIS

  • Caracteristicas Gerais

    5

    Caracteristicas Gerais

    Menores bactérias de vida livre; capazes de atravessar filtros com poros de 0,45um.
    Ausência de parede celular e membrana celular contendo esteróis, características exclusivas entre as bactérias.
    Lenta velocidade de crescimento (tempo de geração de 1 a 6 horas); aeróbios estritos.

  • 6

    Ao contrário de todas as bactérias, os micoplasmas não têm parede rígida (não sintetizam peptidoglicano) e, por esta razão, são colocadas numa classe especial de bactérias, denominada Mollicutes (mollis=mole, cutis=pele).
    A forma básica dos micoplasmas associados aos seres humanos é cocóide, as células e o genoma (no caso de M.genitalium,tem menos que 600Kb) extremamente pequenos e a capacidade limitada de biossíntese explicam o parasitismo e o saprofitismo destes microorganismos.
    Algumas culturas apresentam, entretanto, filamentos longos

  • 7

    Os filamentos tendem a se ramificar, formando estruturas semelhantes ao micélio, e esta é a origem do nome micoplasma (myces= fungo, plasma=forma).
    Alguns filamentos são multinucleados, porque a divisão da membrana pode ocorrer mais lentamente do que a do DNA

  • 8

    crianças pré-puberais – pequena taxa de colonização (estado de portador não persiste)

    colonização  com adolescência (atividade sexual)

    homens e mulheres sexualmente ativos 15% – M. hominis
    45-75% - Ureaplasma

    taxa de portador em adultos sexualmente inativos é semelhante a crianças pré-puberais.

    * particularmente meninas – colonizadas ao nascimento

    *

    Principais espécies associadas a doenças humanas

  • 9

    M. pneumoniae – funciona como um superantígeno ( estimula migração de células inflamatórias e liberação de citocinas (TNF, IL-1, IL6)

    Processo contribui tanto para eliminação bactéria como para a patologia da doença

    M. pneumoniae
    patógeno extracelular

    adere ao epitélio respiratório

    adesina P1

    reconhece resíduos de ác. siálico
    receptores glicoprotéicos na base dos cílios

    ciliastase

    Destruição dos cílios e células epiteliais

    interferência no processo de depuração normal
    irritação mecânica
    bactéria alcança trato resp. inferior
    persistência da tosse ( pacientes sintomáticos)

    Fatores e mecanismos de patogenicidade do Mycoplasma pneumoniae

  • Fatores de Virulência

    10

    Fatores de Virulência

    A adesina P1 se liga na base dos cílios nas células epiteliais, levando a eventual perda das células do epitélio ciliado.
    Atua como superantígeno, estimulando a migração de células inflamatórias e a liberação de citocinas.

  • 11

    Mycoplasma aderido aos cílios


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • OS MICOPLASMAS
  • Caracteristicas Gerais
  • Fatores de Virulência
  • PATOGENIA
  • INFECÇÕES RESPIRATÓRIA
  • Mycoplasma Hominis
  • Ureaplasma Urealyticum
  • Mycoplasma Genitalium
  • CULTURA
  • MORFOLOGIA COLONIAL
  • TRATAMENTO
  • FORMA L