Curso Online de DOENÇAS EXANTEMÁTICAS

Curso Online de DOENÇAS EXANTEMÁTICAS

Exantema: Presença de manchas eritematosas disseminadas na pele de evolução aguda. - Rubeoliforme: Entre as manchas eritematosas di...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 9 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Exantema: Presença de manchas eritematosas disseminadas na pele de evolução aguda.
- Rubeoliforme: Entre as manchas eritematosas disseminadas na pele, existem áreas de pele normal.
- Escarlatiforme: Manchas eritematosas confluem, não se observando áreas de pele normal entremeadas.
Eritema: Mancha vermelha decorrente de vasodilatação que desaparece a digitopressão.

Produziu cursos na área de Instrumentação Cirúrgica, onde é formado desde 2003. Autor de mais de 100 cursos na área da saúde onde atuou por mais de 10 anos na enfermagem onde é formado desde 2004. Também produziu aproximadamente 200 cursos na área da educação (Geografia e História principalmente) onde cursou Licenciatura em História de 2009 a 2013. Autor também de alguns cursos de Administração onde cursa atualmente o 3º semestre em Administração e Gestão pela IERGS em Porto Alegre - RS. Pós-Graduado em História do Brasil pela PROMINAS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Doenças Exantemáticas

    Doenças Exantemáticas

  • Conceitos

    Conceitos

    Exantema: Presença de manchas eritematosas disseminadas na pele de evolução aguda.
    - Rubeoliforme: Entre as manchas eritematosas disseminadas na pele, existem áreas de pele normal.
    - Escarlatiforme: Manchas eritematosas confluem, não se observando áreas de pele normal entremeadas.
    Eritema: Mancha vermelha decorrente de vasodilatação que desaparece a digitopressão.

  • Mecanismos de erupção cutânea

    Mecanismos de erupção cutânea

    Invasão e multiplicação direta na própria pele (ex: varicela zoster);
    Ação de toxinas (ex: escarlatina);
    Ação imunoalérgica com expressão na pele (ex: viroses exantemáticas);
    Lesão vascular (ex: meningococcemia).

  • Classificação conforme tipo de erupção

    Classificação conforme tipo de erupção

    Erupção maculopapulosa:
    -Exantema Obrigatório: Sarampo, rubéola, escarlatina, eritema infeccioso, exantema súbito.
    -Exantema eventual: Mononucleose infecciosa, toxoplasmose, meningococcemia, infecções por enterovírus, tifo exantemático, síndrome da pele escaldada estafilocócica, citomegalovírus.
    - Não infecciosa: Queimadura solar, erupção medicamentosa, eritema tóxico, miliária.

  • Erupção Papulovesiculosa:
    - Exantema obrigatório: Varicela, herpes zoster, herpes simples, riquetsiose variceliforme, impetigo.
    - Exantema eventual: Coxsackioses, molusco contagioso.
    - Não infecciosa: Picada de inseto, urticária papulosa, erupção por droga.

  • Avaliação

    Avaliação

    Idade;
    Raça;
    Febre (início, duração entre seu início e o aparecimento da erupção cutânea);
    Sinais e sintomas que acompanham a febre (calafrios, sudorese, mal-estar, mialgias, artralgias, alterações de sensório);
    Adenomegalias (relação com início do exantema);
    Exantema (tipo, local de início, disseminação, comportamento da curva térmica);
    Antecedentes de infecção e imunização prévia;
    Dados epidemiológicos;
    Uso de medicamentos.

  • Erupção Maculopapulosa Sarampo

    Erupção Maculopapulosa Sarampo

    Agente mixovírus ( um tipo antigênico estável);
    Reservatório: Homem;
    Grupo etário: 95% antes dos 15 anos;
    Transmissão: -Secreções nasofaríngeas expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar;
    -Inicia-se 4 a 6 dias antes do início do exantema e dura 4 a 5 dias após seu surgimento.

  • Erupção Maculopapulosa Sarampo

    Erupção Maculopapulosa Sarampo

    Patogenia:
    -Vírus: Nasofaringe ou conjuntiva
    -Rápida multiplicação local
    -2º e 3º dias: Viremia 1ª (tec. Linfóides)
    -3º e 5º dias: Multiplicação ativa
    -5º e 7º dias: Viremia 2ª ( vírus: pele, conjuntiva, trato respiratório)
    -11º e 14º dias: Pico da viremia
    -15º e 17º dias: Redução brusca da viremia
    Replicação viral: Células endoteliais e epiteliais, nos monócitos e macrófagos.

  • Erupção Maculopapulosa Sarampo

    Erupção Maculopapulosa Sarampo

    Manifestações Clínicas:
    Período de incubação:
    -7 a 18 dias;
    -Intensa replicação viral;
    -Raramente há manifestações clínicas.
    Período prodrômico:
    -1 a 7 dias;
    -´´Rush`` transitório macular ou urticariforme que desaparece antes do início do exantema típico;

  • Erupção Maculopapulosa Sarampo

    Erupção Maculopapulosa Sarampo

    -Febre: Dura de cerca de 4 a 5 dias, chega a 39,5 / 40°C e cai rapidamente no 2º ou 3º dia do exantema;
    -Congestão nasal e coriza (mucosa /amarelada) que melhora após tornar-se afebril;
    -Tosse seca com pico durante aparecimento do exantema e cede gradualmente em 2 semanas;

  • Erupção Maculopapulosa Sarampo

    Erupção Maculopapulosa Sarampo

    -Intensa hiperemia conjuntival com secreção amarelada, lacrimejamento e até fotofobia.
    -Manchas de Koplik: Pequenas manchas irregulares, de 2 a 3mm de diâmetro, esbranquiçadas e brilhantes, discretamente elevadas, com base eritematosa, que iniciam na mucosa em região oposta aos dentes pré-molares. Desaparecem no 2º dia do exantema.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Doenças Exantemáticas
  • Conceitos
  • Mecanismos de erupção cutânea
  • Classificação conforme tipo de erupção
  • Avaliação
  • Erupção Maculopapulosa Sarampo
  • Erupção Maculopapulosa Rubéola
  • Erupção Maculopapulosa Escarlatina
  • Erupção Maculopapulosa Eritema Infeccioso
  • Erupção Maculopapulosa Exantema Súbito
  • Erupção Maculopapulosa Mononucleose
  • Erupção Maculopapulosa Toxoplasmose
  • Erupção Maculopapulosa Meningococcemia
  • Erupção Maculopapulosa Enteroviroses
  • Erupção Maculopapulosa Tifo exantemático
  • Erupção Maculopapulosa Síndrome da pele escaldada estafilocócica
  • Erupção Maculopapulosa Citomegalovírus
  • Erupção Maculopapulosa Queimadura solar
  • Erupção Maculopapulosa Erupção medicamentosa ou Eritema tóxico
  • Erupção Maculopapulosa Miliária
  • Erupção Papulovesiculosa Varicela
  • Erupção Papulovesiculosa Herpes Zoster
  • Erupção Papulovesiculosa Herpes Simples
  • Erupção Papulovesiculosa Riquetsiose Variceliforme
  • Erupção Papulovesiculosa Impetigo
  • Erupção Papulovesiculosa Molusco contagioso
  • Erupção Papulovesiculosa Picada de inseto
  • Erupção Papulovesiculosa Erupção por drogas