Curso Online de Enfermagem em Emergencia
5 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Enfermagem em Emergencia

O atendimento nas situações de emergência tem como objetivo a manutenção da vida da vítima e prevenir sequelas futuras, e para isso se fa...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 24 horas

Por: R$ 75,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O atendimento nas situações de emergência tem como objetivo a manutenção da
vida da vítima e prevenir sequelas futuras, e para isso se faz necessário priorizar os
cuidados prestados criteriosamente.
O atendimento pré-hospitalar requer profissional especializado, capaz de
desempenhar suas atividades com destreza, agilidade e técnica.
O curso pretende mostrar noções de atendimento nas principais situações emergenciais.

Mestre em Ensino na Saúde - UFF Especialista em Educação a Distância - UFF Especialista em Ativação de Processos de Mudanças na Formação Superior em Saúde - ENSP Especialista em Formação Pedagógica - ENSP Especialista em CTI Cardiológico - UFF Pós graduanda em Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos - ENSP lattes: http://lattes.cnpq.br/2401227655072032 Professora do ensino médio em enfermagem e preparatório para concursos. Enfermeira assistencial do setor de Pediatria.


"A BUZZERO ESTAR DE PARABENS COM SUA EQUIPE DE PROFESSORES AUTENTICOS E DE DESEMPENHO NO 10,SEM DUVIDA PASSAREI PARA OS DEMAIS AQUI NO NORDESTE. OK."

- Aristoteles Francisco Thomaz Cavalcante

- Patricia Das Neves Hemeterio

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • ENFERMAGEM NAS EMERGENCIAS

    enfermagem nas emergencias

  • o atendimento de emergência são cuidados imediatos prestados a um da vítima de trauma ou doença fora do ambiente hospitalar.

    o objetivo é de preservar a vida e prevenir o agravamento das lesões e morte.

  • o atendimento pré-hospitalar pode ser definido como a assistência prestada em um primeiro nível de atenção, aos portadores de quadros agudos, de natureza clínica, traumática ou psiquiátrica, quando ocorrem fora do ambiente hospitalar, podendo acarretar seqüelas ou até mesmo à morte.
    (ministério da saúde, 2003)

    emergência – existe risco de vida e atendimento imediato.

    urgência - com ou sem risco potencial de vida, cujo portador necessita de assistência médica imediata.

  • como o socorrista deve proceder

    • reconhecer e avaliar a cena

    • sinalização adequada

    • contactar socorro especializado

  • O Serviço Móvel de Urgência

    o serviço móvel de urgência

    • portaria nº 1863/gm, de 29/09/2003 - institui a política nacional de atenção às urgências, a ser implantada em todas as unidades federadas, respeitadas as competências das três esferas de gestão (federal, estadual e municipal).

    • portaria nº 1864/gm, de 29/09/03 - institui o componente pré-hospitalar móvel da política nacional de atenção às urgências, por intermédio da implantação de serviços de atendimento móvel de urgência em municípios e regiões de todo território brasileiro:

    samu 192

  • atuação do socorrista

    1° segurança pessoal
    controlar o local (proteger a si, ao paciente e prevenir acidentes)
    - notificar a central de emergencia;
    realizar exame físico no paciente;
    transferir as informações necessárias sobre o estado da vítima a central de emergencia;
    auxiliar os profissionais do serviço de emergencia.

  • precaução universal

    conduta utilizada para evitar à exposição do profissional a contaminação, garantindo assim sua integridade física . é o uso de epis (equipamentos de proteção individual).

    são epis: luvas, máscaras, gorro, capote e botas.

  • recomendações ao profissionais

    além do uso de epis :

    lavar as mãos antes e após o atendimento;

    providenciar a vacinação contra hepatite b;

    verificar sempre antes a existência de luvas, máscaras e outros no local de trabalho;

    - estabelecer procedimentos de segurança no local de trabalho;

  • não reencapar agulhas;

    - assegurar a existência de recipientes (descartex ou descarpak) apropriados para o descarte do material

  • situações emergenciais

  • hemorragia

    extravasamento de sangue do seu trajeto original.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 75,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • ENFERMAGEM NAS EMERGENCIAS
  • O Serviço Móvel de Urgência
  • Classificação das Hemorragias
  • Quadro Clínico
  • Condutas para controle das hemorragias
  • Nas hemorragias internas ...
  • Pontos arteriais de compressão
  • Suturas
  • Reposição volêmica
  • Sinais e Sintomas
  • Medidas emergenciais
  • Acessos Venosos para reposição volêmica
  • Cateter mais utilizado
  • Punção venosa
  • BLS (Suporte Básico de Vida)
  • Avaliação Primária
  • A ? abertura de vias aéreas com controle da coluna cervical
  • Abertura das vias aéreas com controle da cervical
  • Elevação do mento ? chift lift
  • Tração da mandíbula ? jaw thrust
  • B ? Avaliar a respiração e freqüência ventilatória.
  • C ? Circulação com controle da hemorragia
  • Compressas torácicas
  • C ? Circulação com controle da hemorragia
  • D ? Exame Neurológico
  • E ? Exposição com controle do ambiente
  • Avaliação secundária
  • Reavaliação e monitoramento
  • Massagem Cardíaca
  • Desfibrilação
  • Materiais e equipamentos utilizados na Ressuscitação Cardiopulmonar
  • Monitor cardíaco
  • Ventilador mecânico
  • Material de Entubação
  • Ambu com máscara
  • Desfibrilador
  • São necessários também...
  • Drogas utilizadas em Parada Cardiorrespiratória
  • Assistência de Enfermagem pós-RCR