Curso Online de Hepatites

Curso Online de Hepatites

- Características - Hepatites Virais Agudas * Hepatite A - Hepatite A: Sintomatologia - Hepatite A: Riscos - Hepatite A: Tratamento ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

- Características
- Hepatites Virais Agudas
* Hepatite A
- Hepatite A: Sintomatologia
- Hepatite A: Riscos
- Hepatite A: Tratamento
- Hepatite A: Prevenção
* Hepatite B
- Hepatite B: Sintomatologia
- Hepatite B: Riscos
- Hepatite B: Tratamento
- Hepatite B: Prevenção
- Aspectos macroscópicos do fígado
- Aspectos macroscópicos do fígado com cirrose
- Fígado com Carcinoma Hepatocelular
- Icterícia
- Hepatite Crônica
- Carcinoma Hepatocelular
* Hepatite C
- Hepatite C: Quadro Clínico
- Hepatite C: Diagnóstico
- Hepatite C: Tratamento
- Hepatite C: Prevenção














Leivander do Rosário Pimentel Campos, Graduado em Ciências pela Universidade Federal do Amazonas-UFAM, Especialista em Morfologia Humana-UFAM,e Docência do Ensino Superior - Faculdade Martha Falcão, Mestrando do programa de Mestrado Internacional em Nutrição Dietética, pela FUNIBER, Professor na Faculdade Martha Falcão, ministrando as disciplinas de Fisiologia e Psicofarmacologia. Ministrei até 2010, aulas na Universidade Nilton Lins: Disicplinas: Anatomia, Fisiologia, Patologia,Patologia Bucal, Imunologia, Micologia, Virologia, Patobioquímica,Neurologia, Neuropatologia.Professor efetivo da SDUC-AM, ministrando as disciplinas de Química, Física e Biologia para o Ensino Médio.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Características

    características

    é uma inflamação do fígado, seja de agressão direta ou parte de um processo sistêmico;

    as mais comuns são as virais e as tóxicas;

    as tóxicas são aquelas causadas por ingestão excessiva ou inadequada de medicamentos, decorrente do uso de drogas e alcoólica, esta última pode ser aguda ou crônica, se dá por lesão direta da célula hepática e é a causa mais comum de cirrose;

    crônica por um período superior a 6 meses, seja ela viral, tóxica ou crônico-idiopática, isto é, de origem desconhecida.

  • Hepatites virais agudas

    hepatites virais agudas

    hepatite a (hva): transmissão oro-fecal, por contaminação de água e alimentos ou diretamente de uma pessoa pra outra. transmissível pelo vírus da hepatite. existe vacina desde 1995 no mercado;

    comum entre crianças que ainda não aprenderam noções de higiene e parceiros sexuais de pessoas infectadas;

    a pessoa pode desenvolver ou não as manifestações da doença, 10 dias após ser infectada ela passa a eliminar o vírus pelas fezes, durante umas 3 semanas;

  • Hepatite A

    hepatite a

    o consumo de frutos do mar, cozidos ou crus estão associados a doença;

    transfusões, uso compartilhado de agulhas e seringas contaminadas é pouco comum;

    a infecção causando ou não sintomas, produz imunidade permanente contra a doença, e ocorre mais em crianças com menos de 6 anos de idade;

    as manifestações surgem em média de 15 a 50 dias após a infecção (período de incubação);

    o início é em geral com febre baixa, mal estar, perda do apetite, sensação de desconforto no abdômen, náuseas e vômitos.

  • Hepatite A

    hepatite a

    após alguns dias surge a icterícia, fezes amarelo-esbranquiçadas e urina castanho-avermelhada;

    é muito baixa a taxa de letalidade e de desenvolver uma hepatite crônica;

    a prevenção inclui a utilização de água fervida ou clorada, consumo de alimentos cozidos. deve-se lavar as mãos com água e sabão antes das refeições;

    a confirmação é feita através de exames sorológicos, os anticorpos igm e podem ser detectados a partir do 5º dia do início dos sintomas.

  • Hepatite A

    não tem tratamento específico;

    as medidas terapêuticas visam reduzir o incômodo dos sintomas, no início da doença é indicado o repouso relativo e volta às atividades deve ser gradual, as bebidas alcoólicas devem ser abolidas e os alimentos podem ser ingeridos de acordo com a necessidade da pessoa.

    hepatite a

  • hepatite b – como se adquire?

    transfusão de sangue;

    uso compartilhado de seringas e agulhas contaminadas;
    relação sexual sem uso da camisinha;

    contato acidental com sangue ou secreções corporais, com mucosa ou pele com lesões;

    gestantes podem transmitir para o bebê sendo a hora do parto o risco maior;

  • hepatite b – quais os sintomas?

    são semelhantes aos da hepatite em geral, se iniciando com: mal-estar generalizado, dores de cabeça e no corpo, cansaço fácil, falta de apetite, febre. após surgem coloração amarelada das mucosas e da pele (icterícia), coceira no corpo, urina escura, fezes claras (cor de massa de vidraceiro);

    dentro de 15 dias os sintomas diminuem, a icterícia tende a desaparecer em 6 a 8 semanas em média, sugerindo a cura em mais de 95% das pessoas. a letalidade ocorre menos de 1% das pessoas. a pós a fase aguda alguns desenvolvem a crônica, que pode a vir desenvolver cirrose e ca de fígado ao longo de décadas.

  • hepatite b – riscos

    o risco de doença crônica com má evolução é maior em quem usa bebida alcoólica. em bebês que adquirem a doença no parto e em pessoas com baixa imunidade (pacientes com aids, ou em quimioterapia ou radioterapia, por ex.);

  • hepatite b – como se trata?

    não requer tratamento medicamentoso específico, mas medicamentos para náuseas, vômitos e prurido são usados;

    o repouso no leito não deve ser exigido uma vez que não afeta a evolução para a crônica;

    ingestão de álcool é proibida;

    os resultados alcançados ainda não são os ideais já que a cura é alcançada em apenas 30% dos pacientes

  • hepatite b – como se previne?

    a vacina contra deve ser feita em todos os rns,
    usar luvas, máscara e óculos de proteção quando houver possibilidade de contato com sangue ou secreções corporais;

    pessoas que tiveram exposição conhecida ao vírus, devem receber uma espécie de soro (gamaglobulina) nos primeiros dias após o contato, o que pode diminuir a chance, ou pelo menos, a intensidade da doença, rns de mães com hep.b devem receber o soro e a vacina imediatamente após o parto para diminuir o risco do bebê desenvolver a doença.

  • aspecto macroscópico – fígado normal


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Características
  • Hepatites virais agudas
  • Hepatite A