Curso Online de OSTEOPOROSE

Curso Online de OSTEOPOROSE

Doença metabólica do tecido ósseo, caracterizada por perda gradual de massa óssea, que enfraquece os ossos por deterioração da microar...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Doença metabólica do tecido ósseo, caracterizada por perda gradual de massa óssea, que enfraquece os ossos por deterioração da microarquitetura tecidual óssea, tornando-os mais frágeis e suscetíveis a fraturas.

Produziu cursos na área de Instrumentação Cirúrgica, onde é formado desde 2003. Autor de mais de 100 cursos na área da saúde onde atuou por mais de 10 anos na enfermagem onde é formado desde 2004. Também produziu aproximadamente 200 cursos na área da educação (Geografia e História principalmente) onde cursou Licenciatura em História de 2009 a 2013. Autor também de alguns cursos de Administração onde cursa atualmente o 3º semestre em Administração e Gestão pela IERGS em Porto Alegre - RS. Pós-Graduado em História do Brasil pela PROMINAS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • OSTEOPOROSE

    OSTEOPOROSE

  • Introdução

    Introdução

    Peso na coluna cervical!
    Doença metabólica do tecido ósseo, caracterizada por perda gradual de massa óssea, que enfraquece os ossos por deterioração da microarquitetura tecidual óssea, tornando-os mais frágeis e suscetíveis a fraturas.

  • Definição

    Definição

    Osteopenia = -1 e -2,5 desvios-padrão (DP).
    Osteoporose = perda > -2,5 DP.
    Grave: DP + fratura.
    Osteomalácia: acúmulo de tecido osteóide não-mineralizado no osso trabecular resultante de uma limitação da deposição do mineral no tecido.

  • Fratura Osteoporótica

    Fratura Osteoporótica

  • Osteoporose

    Osteoporose

  • Evolução pós menopausa

    Evolução pós menopausa

  • Hipercifose

    Hipercifose

  • Tipos

    Tipos

    Idiopática ou primária.
    Tipo I ou Pós-menopausa.
    Tipo II ou Senil.
    Secundária: anormalidades endócrinas e neoplasias.
    Hiperparatireoidismo, diabetes melitos, ingestão de corticosteróides, menopausa cirúrgica, tumores de medula óssea e mieloma múltiplo.

  • Epidemiologia

    Epidemiologia

    EUA: 1.300.000 fraturas por ano; 500 mil coluna e 250 mil quadril pela osteoporose.
    Três localizações clássicas: punho, coluna e fêmur proximal.
    Risco depende do sexo, raça e idade.
    Quadril: 17% mulheres brancas, 6% homens brancos e mulheres negras; 3% homem negro.

  • Fatores de Risco

    Fatores de Risco

    Genéticos e biológicos:
    História familiar, raça branca, escoliose, osteogênese imperfeita e menopausa precoce.
    Comportamentais e ambientais:
    Alcoolismo, tabagismo, inatividade e sedentarismo, má nutrição, baixa ingesta de cálcio, amenorréia induzida por exercícios, dieta com alta ingestão de fibras / fosfatos e proteínas.

  • Fatores de risco

    A osteoporose é um fator de risco para fraturas assim como a hipertensão é risco para infarto do miocárdio ou derrame cerebral;
    Refrigerantes, especialmente aqueles os do tipo cola, podem aumentar o risco de fraturas osteoporóticas no sexo feminino em até 3 vezes, porque o ácido fosfórico presente nestas bebidas interfere no metabolismo do cálcio, prejudicando a formação óssea

    Fatores de risco


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • OSTEOPOROSE
  • Introdução
  • Definição
  • Fratura Osteoporótica
  • Osteoporose
  • Evolução pós menopausa
  • Hipercifose
  • Tipos
  • Epidemiologia
  • Fatores de Risco
  • Fatores de risco
  • Quadro clínico
  • Laboratório
  • Radiografia
  • Método de Singh
  • Imagem
  • Densitometria óssea
  • DEXA
  • SPA
  • DPA
  • Densitometria óssea
  • Densitometria óssea - Interpretação
  • Triângulo de Ward
  • DMO de coluna lombar de paciente do sexo feminino com 60 anos de idade, dentro dos limites da normalidade.
  • DMO de quadril direito de paciente do sexo feminino, com 77 anos de idade evidenciando osteoporose do triângulo de Ward e do colo do fêmur.
  • Densitometria óssea
  • Esqueleto total
  • DEXA
  • Tomografia Computadorizada Quantitativa (QTC)
  • Ultra-som
  • Biópsia Óssea
  • Biópsia óssea
  • Tratamento
  • Bibliografia