Curso Online de PARASITOLOGIA

Curso Online de PARASITOLOGIA

O termo parasitologia envolve o estudo dos organismos incluídos na relação biológica de parasitismo. Entretanto, para fins didáticos, o e...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O termo parasitologia envolve o estudo dos organismos incluídos na relação biológica de parasitismo. Entretanto, para fins didáticos, o estudo da parasitologia médica se restringe apenas a relação
entre os organismos eucariotos espoliadores e o homem.

Produziu cursos na área de Instrumentação Cirúrgica, onde é formado desde 2003. Autor de mais de 100 cursos na área da saúde onde atuou por mais de 10 anos na enfermagem onde é formado desde 2004. Também produziu aproximadamente 200 cursos na área da educação (Geografia e História principalmente) onde cursou Licenciatura em História de 2009 a 2013. Autor também de alguns cursos de Administração onde cursa atualmente o 3º semestre em Administração e Gestão pela IERGS em Porto Alegre - RS. Pós-Graduado em História do Brasil pela PROMINAS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • PARASITOLOGIA

    HELMINTOLOGIA - NEMATÓDEOS

  • CONCEITO

    CONCEITO

    O termo parasitologia envolve o estudo dos organismos incluídos na relação biológica de parasitismo. Entretanto, para fins didáticos, o estudo da parasitologia médica se restringe apenas a relação
    entre os organismos eucariotos espoliadores e o homem.

  • Intestino delgado

    T. colubriformis

    Cooperia

    Nematodirus

    Abomaso

    Haemonchus

    T. axei

    Ostertagia

    PRINCIPAIS PARASITAM DE RUMINANTES
    (ABOMASO E INTESTINO DELGADO)

  • Hemoncose é uma doença que pode levar a choque por anemia severa,

    já que Haemonchus é hematófago. Esta verminose é um problema

    muito importante em cultura de pequenos ruminantes, talvez o maior em

    se tratando de enfermidades

  • FILO: NEMATHELMINTES
    SUPERFAMÍLIA: TRICHOSTRONGYLOIDEA
    FAMÍLIA:TRICHOSTRONGYLIDAE

    Gêneros:Trychostrongylus, Haemonchus, Cooperia, Nematodirus, Ostertagia

    apatia, emagrecimento

    diarréia

    falhas reprodutivas

    hipoproteinemia, edemas

    anemia: Haemonchus,
    hematófago

  • IMPORTÂNCIA E MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS

    (PREJUÍZOS À FISIOLOGIA, SINAIS E SINTOMAS)

    MÁ ABSORÇÃO: SUBNUTRIÇÃO, APATIA, EMAGRECIMENTO

    DIARRÉIA, ANEMIA, HIPOPROTEINEMIA, QUEDA DE PRODUÇÃO

  • CICLO SIMPLIFICADO DE TRICOSTRONGILÍDEOS (TRICHOSTRONGYLIDAE)

    Ovos nas fezes

    L1 a L3 em poucos dias

    L3 na vegetação

    Ingestão de L3

    Adultos no abomaso/ID

  • AS SETAS INDICAM INDIVÍDUOS DE Haemonchus sp.

    ENCONTRADAS EM NECROPSIA DE OVINO

  • A BOLSA COPULADORA ABRIGA E PROTEGE OS ÓRGÃOS
    SEXUAIS DO MACHO (ESPÍCULOS, GUBERNÁCULO)

  • A EXTREMIDADE POSTERIOR POSSIBILITA A IDENTFICAÇÃO
    SO SEXO DOS TRICOSTRONGILÍDEOS

    OS MACHOS POSSUEM BOLSA COPULADORA (16)

  • HEMATOFAGIA: ANEMIA E HIPOPROTEINEMIA

    EXAMES COMPLEMENTARES NOS CASOS DE HEMONCOSE

    OPG: visualização dos ovos de tricostrongilideos
    Hemograma: anemia regenerativa ou não, hipoproteinemia

    Coprocultura: necessária quando da ineficácia do tratamento


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • CONCEITO
  • INTRODUÇÃO À PARASITOLOGIA
  • “Se você quiser mudar o mundo, comece pela sua aldeia.”
  • FIM