Curso Online de Síndrome do Intestino Curto

Curso Online de Síndrome do Intestino Curto

A Síndrome do Intestino Curto (SIC) é uma complicação decorrente de condições congênitas (atresia intestinal) ou adquiridas (ressecções c...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A Síndrome do Intestino Curto (SIC) é uma complicação decorrente de condições congênitas (atresia intestinal) ou adquiridas (ressecções cirúrgicas de intestino, de maciça enterectomia, de atresias - fechamento, oclusão - intestinais e de aganglionose extensa) caracterizada por diarréia, perda de proteína, de gordura e de peso. Geralmente acomete indivíduos com menos de 200 cm de intestino delgado funcionante em adultos e/ou quando há uma ressecção de intestino delgado maior que 70 a 75%. As ressecções ou alterações funcionais de grande área do intestino podem levar a uma drástica perda de área absortiva e, conseqüentemente, má absorção de macro (carboidratos, proteínas e lipídios) e micronutrientes (vitaminas e minerais), água e eletrólitos. A reduzida área de absorção determina vários graus de má absorção, além da perda da imunidade gastrintestinal e da habilidade para secretar peptídeos regulatórios gastrintestinais e hormônios tróficos. O sinal mais freqüentemente evidenciado imediatamente após uma extensa ressecção intestinal é diarréia profusa, exacerbada por ingestão por via oral. Ocorrem, também, problemas a curto e em longo prazo com a má absorção, levando a distúrbios do balanço de fluídos, perda de peso, anemia e deficiências vitamínicas.

Enfermeira Proficiente Técnica em Hematologia e Hemoterapia pela ABHH.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • SÍNDROME DO INTESTINO CURTO

    síndrome do intestino curto

    by: enfermagem & ciência

  • algumas informações:

    público alvo: enfermeiros e acadêmicos de enfermagem;
    nossos cursos não possuem avaliação;
    oferecemos tais cursos como forma de atualização e, também para ajudar os acadêmicos (carga horária) em suas atividades complementares que são exigidas pelo mec;
    esperamos contribuir no aumento de seus conhecimentos;
    este curso possui 28 slides.

  • definição:

    quando a superfície absortiva do intestino delgado remanescente é insuficiente para suportar e manter uma nutrição adequada.

  • etiologia:

    ressecções intestinais maciças (75%)

    infarto enteromesentérico
    volvo de delgado
    lesão traumática dos vasos mesentéricos superiores
    bridas

    ressecções intestinais múltiplas (25%)

    doença de crohn
    enterite actínica

  • fisiopatologia:

  • manifestações clíncas:

    diarréia
    esteatorréia
    distúrbios hidroeletrolíticos e ácido básicos
    desnutrição
    perda poderal
    litíase biliar
    nefrolitíase
    d-acidose lática
    deficiências (serão correspondentes a porção intestinal ressecada)
    vitaminas (lipossolúveis) ferro
    magnésio cobre zinco ác. fólico
    b12

  • preditores de
    bom prognóstico:

    ressecção de menos de 80% do intestino

    ressecção do jejuno

    intestino remanescente sem doença associada

    presença de válvula íleo cecal e do cólon

    preservação da poção terminal do íleo

    grau de adaptação intestinal

  • fenômeno de adaptação
    intestinal:

    consiste na tentativa do remanescente intestinal em adquirir autonomia funcional.

    características:

    hiperplasia da mucosa
    dilatação do segmento
    aumento do turn over celular

    fatores desencadeantes: alimentos, hormônios, e fatores do crescimento

  • prevenção:

    na doença de crohn
    ressecções limitadas a complicação em questão

    na isquemia mesentérica:
    ressecções “econômicas”, considerando a possibilidade de uma reintervenção

  • controle da diarréia:

    dieta oral zero (inicialmente)

    omeprazol

    octreotídeo

    colestiramina

    codeína

  • manejo clínico – nutricional:

    1ª fase:

    reanimação hidro-eletrolítica e ácido-básica

    reduzir a secreção gástrica e intestinal – omeprazol + octreotídeo

    jejum oral

    npt (se estável hemodinâmicamente)

    dieta enteral (assim que recuperado da fase aguda)


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • SÍNDROME DO INTESTINO CURTO