Curso Online de TRANSTORNOS DEPRESSIVOS EM PACIENTES PORTADORES DE LEUCEMIA NO AMBIENTE HOSPITALAR

Curso Online de TRANSTORNOS DEPRESSIVOS EM PACIENTES PORTADORES DE LEUCEMIA NO AMBIENTE HOSPITALAR

Durante todo período de internação numa unidade hospitalar o paciente obtém laços relacionais com a equipe de enfermagem, devido aos proc...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 14 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Durante todo período de internação numa unidade hospitalar o paciente obtém laços relacionais com a equipe de enfermagem, devido aos procedimentos e ao maior tempo de atendimento pela equipe por ele assistido.
Este curso tem como objetivo identificar sentimentos, comportamentos depressivos e expectativas de pacientes com leucemia (distúrbios hematológico grave).
Tem, ainda, a finalidade de enriquecer a atividade de enfermagem na promoção, prevenção, reabilitação e recuperação da saúde do paciente com Leucemia, incentivando a restaurar o seu funcionamento individual normal, adaptá-lo a uma nova situação de saúde relacionada com a funcionalidade corporal e com o intuito de manter a sua qualidade de vida.


Resumo
Introdução
O TRANSTORNO DEPRESSIVO EM PACIENTES COM LEUCEMIA
A ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM NO TRANTORNO DEPRESSIVO EM LEUCEMIA
A APLICAÇÃO DA POLÍTICA DE HUMANIZAÇÃO DA SAÚDE
Os enfrentamentos do enfermeiro no apoio institucional
O processo de trabalho humanizado
A relevância da comunicação interpessoal em enfermagem
O FLUXO DE COMUNICAÇÃO
BARREIRAS NA COMUNICAÇÃO
Conclusão

Formação Acadêmica:Pedagogia Especialização em: Psicologia e Saúde Mental Educação à Distância Metodologia da Pesquisa



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  •   TRANSTORNOS DEPRESSIVOS EM PACIENTES PORTADORES DE LEUCEMIA NO AMBIENTE HOSPITALAR

      TRANSTORNOS DEPRESSIVOS EM PACIENTES PORTADORES DE LEUCEMIA NO AMBIENTE HOSPITALAR

    Raquel Sampaio

  • Resumo

    Durante todo período de internação numa unidade hospitalar o paciente obtém laços relacionais com a equipe de enfermagem, devido aos procedimentos e ao maior tempo de atendimento pela equipe por ele assistido.

    Este curso tem como objetivo identificar sentimentos, comportamentos depressivos e expectativas de pacientes com leucemia (distúrbios hematológico grave).

  • Tem, ainda, a finalidade de enriquecer a atividade de enfermagem na promoção, prevenção, reabilitação e recuperação da saúde do paciente com Leucemia, incentivando a restaurar o seu funcionamento individual normal, adaptá-lo a uma nova situação de saúde relacionada com a funcionalidade corporal e com o intuito de manter a sua qualidade de vida.

  • INTRODUÇÃO

    No ambiente hospitalar a depressão e a ansiedade são problemas enfrentados por pacientes com leucemia.

    A afirmação do diagnóstico de depressão concomitante a leucemia é comum observado devido ao tratamento doloroso e geralmente desgastante da doença de base.

  • O termo depressão significa uma alteração geral no estado de humor da pessoa, que inclui sintomas físicos como alterações de sono e de apetite, podendo apresentar queixas somáticas como dores de cabeça, dor de estômago e dores musculares.

    Esses sintomas são similares a muitos sintomas resultantes da leucemia, como fraqueza, fadiga, indisposição, tristeza, desânimo, dificuldade em sentir alegria ou prazer, falta de vontade ou de interesse para realizar atividades que anteriormente gostava.

  • A leucemia é uma doença hematológica, um tipo de câncer, que acomete inúmeros indivíduos em todas as faixas etárias.

    Seu tratamento muitas vezes envolve várias sessões de quimioterapia e, quando possível, o transplante de medula óssea.

    As implicações dos efeitos colaterais sobre a vida dos pacientes acometidos, assim como a angústia em esperar o doador compatível, geram transtornos como a depressão e a ansiedade, que necessitam ser abordados de forma adequada pela equipe de enfermagem.

  • A doença revela a fragilidade do ser humano, desorganiza o seu mundo e cotidiano, altera sua imagem corporal e simbólica, exacerba os sentimentos e as reações.

    Por isso, torna-se necessário deixar que o outro cresça em seu próprio tempo e maneira, também ter tolerância com as suas limitações, confusões e divagações. Reconhecer a fragilidade do ser cuidado, sua individualidade e ter tolerância são alicerces do cuidar.

  • A habilidade e a sensibilidade na comunicação verbal e não verbal auxiliam o alcance de um cuidado humanizado é a mola mestra que vai mobilizar toda a assistência emocional que será prestada ao paciente com câncer e sua família, a forma como a equipe se comunica e interage com eles.

    Pra desempenhar o trabalho com alegria, com amor, tem que saber ouvir o paciente pra poder ajudar no caso dele.

    Atitudes simples,como olhar nos olhos, podem ser fundamentais no tratamento da patologia.

  • A capacidade de falar, de saber ouvir, de trocar informações e a linguagem corporal são características essenciais no cuidado.

    Atitudes simples,como olhar nos olhos, podem ser fundamentais no tratamento da patologia.

    A habilidade e a sensibilidade na comunicação verbal e não verbal auxiliam o alcance de um cuidado humanizado é a mola mestra que vai mobilizar toda a assistência emocional que será prestada ao paciente com câncer e sua família, a forma como a equipe se comunica e interage com eles.

  • Essa condição foi referida pelas depoentes:

    Pra desempenhar o trabalho com alegria, com amor, tem que saber ouvir o paciente pra poder ajudar no caso dele.

    A capacidade de falar, de saber ouvir, de trocar informações e a linguagem corporal são características essenciais no cuidado.

    Atitudes simples, como olhar nos olhos, podem ser fundamentais no tratamento da patologia.

  • A sensibilidade pessoal deve ser exercida pelos membros da equipe de enfermagem na relação com o paciente, através da comunicação, do respeito às diferenças e à autonomia do outro.

    O cuidado humanizado deve considerar o ser do outro, suas crenças, valores, sentimentos e emoções.

    O profissional deve ser capaz de detectar, sentir e interagir com o paciente, estabelecendo, por conseguinte, uma relação empática focada no outro, em suas experiências e vivências.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  •   TRANSTORNOS DEPRESSIVOS EM PACIENTES PORTADORES DE LEUCEMIA NO AMBIENTE HOSPITALAR