Curso Online de INSUFICIÊNCIA CARDÍCA

Curso Online de INSUFICIÊNCIA CARDÍCA

Este é um curso detalhado a respeito da Insuficiência cardíaca. Nele você encontrará a definição da IC, o prognóstico da doença, a etiolo...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este é um curso detalhado a respeito da Insuficiência cardíaca. Nele você encontrará a definição da IC, o prognóstico da doença, a etiologia da doença, a fisiopatologia, os tipos e as classificações da IC, como proceder a avaliação clínica do paciente, os exames complementares e medicamentos mais indicados, além dos tratamentos incluinda a fisioterapia.

Bacharel em fisioterapia pela PUC de Goiás, pós-graduada em fisioterapia neurofuncional e fisioterapia em obstetrícia e uroginecologia.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • INSUFICIÊNCIA CARDÍACA

    insuficiência cardíaca

    melyse moura campos

  • DEFINIÇÃO

    pina, 2003

    definição

    é uma síndrome complexa e progressiva, que pode resultar de qualquer distúrbio funcional ou estrutural do coração que altere sua capacidade de enchimento e/ou ejeção, levando a uma incapacidade de manter débito tecidual adequado. caracterizada clinicamente por dispnéia, fadiga, edema e redução da sobrevida.

  • EPIDEMIOLOGIA

    here comes your footer  page 3

    epidemiologia

    brasil 3° maior causa sus – (2000/2007)
    população idosa;
    percussores

    iii diretriz brasileira de insuficiência cardíaca crônica

  • PROGNÓSTICO

    nobre, serrano; 2005

    prognóstico

    ruim;
    após a instalação de sintomas:
    1,7 homens;
    3,2 mulheres;
    5 anos de diagnóstico - ½

    sobrevida 1 ano após o diagnóstico:
    câncer de mama 92%;
    câncer de útero 87%;
    câncer de próstata 79%;
    linfoma não-hodgkin 66%;
    insuficiência cardíaca 62%;
    leucemias 54%;
    câncer de estomago 28%;
    câncer de pulmão 20%.

    british heart foundation,1996

  • DETERMINANTES DO DÉBITO CARDÍACO

    determinantes do débito cardíaco

    figueiredo, 2003

    dc fc ve

    freqüência cardíaca;

    pré carga – grau de tensão do músculo quando ele começa a se contrair;

    pós carga – a carga contra a qual o músculo exerce sua força contrátil;

    contratibilidade – alterações das fibras musculares.

  • ETIOLOGIA

    etiologia

    iii diretriz brasileira de insuficiência cardíaca crônica


  • ETIOLOGIA

    etiologia


  • FISIOPATOLOGIA

    fisiopatologia

    evento
    inicial

    débito
    cardíaco

    pressão
    arterial

    ativação neuro-humoral
    • simpático;
    • raa.;
    • vasopressina;
    • endotelina.

    vasoconstrição;
    edema;
    hipertrofia;
    remodelagem.

    fibrose
    apoptose
    necrose

    progressão
    morte

  • ATVAÇÃO NEURO - HUMORAL

    atvação neuro - humoral

    here comes your footer  page 9

    h

    débito cardíaco

    reflexo barorreceptor;
    reflexo quimiorreceptor;
    resposta isquêmica do snc;
    reflexo do coração lesado.

    ativação do sns;
    inibição do snp.

    fortalecimento da musculatura do ;
    do

    rv

    aumento do tônus;
    afluxo de sangue maior;
    aumento da pad.;
    maior bombeamento.

    gyton, hall; 2002

  • RETENÇÃO DE LÍQUIDO

    retenção de líquido

    guyton, hall; 2002

    dc 2/3;
    pa.

    débito urinário

    benefícios:
    sem injúria grave;
    rv;
    aumento da pressão média de enchimento sistólico;
    gradiente de pressão;
    dilatação das veias.

    prejuízos:
    estágios graves;
    dilatação excessiva do coração;
    extravasamento de líquido nos pulmões;
    edema tecidos periféricos.

  • SISTEMA RENINA – ANGIOTENSINA - ALDOSTERONA

    sistema renina – angiotensina - aldosterona

    pa

    renina
    (rins)

    angiotensinogênio
    ( fígado)

    angiotensina i

    angiotensina ii

    vasoconstrição

    aldosterona
    (cortex adrenal)

    reabsorção de sódio/ água
    (rins)

    vasopressina

    eca
    (pulmões)


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • INSUFICIÊNCIA CARDÍACA
  • DEFINIÇÃO
  • EPIDEMIOLOGIA
  • PROGNÓSTICO
  • DETERMINANTES DO DÉBITO CARDÍACO
  • ETIOLOGIA
  • FISIOPATOLOGIA
  • ATVAÇÃO NEURO - HUMORAL
  • RETENÇÃO DE LÍQUIDO
  • SISTEMA RENINA – ANGIOTENSINA - ALDOSTERONA
  • ATVAÇÃO NEURO - HUMORAL
  • REMODELAGEM
  • TIPOS DE IC
  • CLASSIFICAÇÃO DA IC BASEADA NO SINTOMA
  • CLASSIFICAÇÃO DA IC BASEADA NA PROGRESSÃO DA DOENÇA
  • CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL DOS PACIENTES COM ICC
  • AVALIAÇÃO CLÍNICA DO PACIENTE
  • EXAMES COMPLEMENTARES
  • TRATAMENTO MEDICAMENTOSO
  • TRATAMENTO CIRÚRGICO
  • TRATAMENTO NÃO MEDICAMENTOSO
  • BENEFÍCIOS DOS EXERCÍCIOS FÍSICOS
  • FISIOTERAPIA
  • REFERÊNCIAS
  • OBRIGADA!!!