Curso Online de Tratamento Fisioterapêutico nas Disfunções Estéticas
4 estrelas 7 alunos avaliaram

Curso Online de Tratamento Fisioterapêutico nas Disfunções Estéticas

O curso busca abordar de maneira ampla a atuação do fisioterapeuta na especialidade de Dermato-Funcional, popularmente conhecida como Est...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso busca abordar de maneira ampla a atuação do fisioterapeuta na especialidade de Dermato-Funcional, popularmente conhecida como Estética. Condições apresentadas: Gordura localizada, Flacidez tecidual, Fibro Edema Gelóide, Estrias, Cicatriz hipertrófica e Quelóide, Queimaduras. Boa leitura! Att. Giselle.

- João Pedro Leite Nunes

"Excelente!"

- Tassyane Fátima Krieger De Oliveira

- Fabiana Da Costa Silva Da Almeida

- Lays Evelyn De Souza Oliveira

- Carolina Da Rosa

- Carolina Da Rosa

"Muito bom!!!"

- Cátia Cristina Batista De Macêdo

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NAS DISFUNÇÕES ESTÉTICAS

    TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NAS DISFUNÇÕES ESTÉTICAS

    Autora Giselle Stefanelli de Lima

  • CITAÇÃO

    Lima (2012) ou (LIMA, 2012)

    REFERÊNCIA

    LIMA, G. S. Tratamento Fisioterapêutico nas Disfunções Estéticas. Curso oferecido à distância pelo BUZZERO, 06 mai. 2012 (ano de realização de seu curso).

  • CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL

    A Resolução COFFITO-8, de 20 de fevereiro de 1978, aprova as normas para habilitação ao exercício da profissão estabelecendo que “o exercício da fisioterapia é privativo do fisioterapeuta”, constituindo seus atos privativos “o planejamento, a programação, a ordenação, a coordenação, a execução e a supervisão de métodos e técnicas fisioterápicas [...] que visem a saúde nos níveis de prevenção primária, secundária e terciária, a avaliação, reavaliação e determinação das condições de alta do cliente [...], a direção dos serviços e locais destinados a atividades fisioterápicas [...], bem como a responsabilidade técnica pelo desempenho destas atividades, a divulgação de métodos e técnicas de fisioterapia, prescrever, ministrar e supervisionar terapia física, que objetive preservar, manter, desenvolver ou restaurar a integridade de órgão, sistema ou função do corpo humano, por meio de ação, isolada ou concomitante, de agente termoterápico ou crioterápico, hidroterápico, aeroterápico, fototerápico, eletroterápico ou sonidoterápico [...], utilização, como emprego ou não de aparelho, de exercício respiratório, cardiovascular, de educação ou reeducação neuro-muscular, de regeneração muscular, de relaxamento muscular, de locomoção, de regeneração ósteo-articular, de correção de vício postural, de adaptação ao uso de órtese ou prótese e de adaptação de meios e materiais disponíveis, pessoais ou ambientais, para o desempenho físico do cliente [...]”, dentre outras.

    (TACANI; CAMPOS, 2004, p.47)

    CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL

  • CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL

    Em 3 de julho de 1978, a Resolução COFFITO-10 aprova o Código de Ética Profissional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. Em seu artigo primeiro é referido que “O fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional prestam assistência ao homem, participando da promoção, tratamento e recuperação de sua saúde.” O art. 8º determina no item IV que é proibido ao fisioterapeuta prescrever medicamento ou praticar ato cirúrgico; recomendar, prescrever e executar tratamento ou nele colaborar, quando desnecessário, proibido por lei ou pela ética profissional, atentório à moral ou à saúde do cliente, praticado sem o consentimento do cliente ou de seu representante legal ou responsável, quando se tratar de menor ou incapaz [...]. Ao infrator deste código são aplicadas as penas disciplinares previstas no art. 17 da Lei 6316/75.

    (TACANI; CAMPOS, 2004, p.47)

    CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL

  • HISTÓRICO

    Historicamente há relatos de que fisioterapeutas atuam na área da estética desde meados dos anos 1970. As primeiras publicações nacionais de cunho científico surgiram no início dos anos 1990.

    Essa década foi determinante para o desenvolvimento e a expansão da fisioterapia em diversos setores, inclusive na área da estética.

    Em novembro de 1998, foi realizado na cidade de Campinas o I Congresso Brasileiro de Fisioterapia Estética, que contou com a presença aproximada de 500 congressistas, a maioria composta por profissionais fisioterapeutas atuantes neste mercado de trabalho, sendo um marco na história da Fisioterapia nacional.

    (TACANI; CAMPOS, 2004, p.48)

    HISTÓRICO

  • HISTÓRICO

    Face ao enfoque dado na prática da atuação fisioterapêutica na estética da não exclusividade à beleza, mas também e principalmente à função, e além de estar mais próximo aos moldes de especialidades já reconhecidas oficialmente pelo COFFITO, a substituição do termo “Estética” para “Dermato-Funcional” tornou-se adequada e fundamental, ampliando e englobando áreas de intervenção que antes não possuíam um referencial denominativo.

    Na tentativa de estabelecer uma definição formal, coloca-se que a Fisioterapia Dermato-Funcional objetiva a recuperação físico-estético-funcional das alterações decorrentes dos distúrbios endócrino-metabólicos, dermatológicos e músculo esqueléticos, usando para tal a arte de prevenir e restaurar as alterações patológicas, “...lançando mão de conhecimentos e recursos próprios, com os quais, baseando-se nas condições psico-físico-social, busca promover, aperfeiçoar ou adaptar através de uma relação terapêutica, o indivíduo a uma melhor qualidade de vida.”

    (TACANI; CAMPOS, 2004, p.48)

    HISTÓRICO

  • HISTÓRICO

    Cabe ao fisioterapeuta utilizar todo o seu manancial técnico-científico, com responsabilidade e cientificidade, também nos clientes/pacientes que apresentam queixas estéticas, ora como protagonista, ora como coadjuvante a outros tratamentos, devendo integrar e respeitar os demais profissionais desta área.

    O fisioterapeuta não vem substituir nenhum profissional, ao contrário, vem acrescentar, preencher uma lacuna (que é sua por competência), ocupar seu lugar numa equipe, que verdadeiramente assiste à estética da sociedade e que objetiva, acima de tudo, a Saúde humana, vista no mais amplo sentido.

    (TACANI; CAMPOS, 2004, p.49)

    HISTÓRICO

  • A PELE

    A PELE

  • VÍDEO EXPLICATIVO

    Biologia - Fisiologia - A pele (clicar sobre a figura)

    VÍDEO EXPLICATIVO

  • A PELE

    A pele é fronteira do organismo, não é um simples invólucro que recobre o nosso corpo. É uma arquitetura complexa, um verdadeiro órgão, como o fígado ou o coração, que preenche funções múltiplas e bem precisas. Extensão mágica que ainda não revelou todos os seus segredos, nosso revestimento cutâneo se afirma por um fim como um modelo de tremenda comunicação. Divide-se em três níveis: epiderme, derme e hipoderme, sendo o órgão mais pesado do corpo humano e também o órgão mais extenso (PEYREFITTE et al., 1998 apud NEVES; OLIVEIRA, 2007, p. 68).

    Alterações internas podem repercutir com achados externos, por isso a pele é uma fonte de comunicação para o profissional da saúde expressando o funcionamento interno do organismo.

    A PELE

  • PROFISSIONAL FISIOTERAPEUTA

    PROFISSIONAL FISIOTERAPEUTA

    O fisioterapeuta pode atuar na área de Dermato-Funcional, sendo as principais disfunções estéticas:

    Gordura localizada
    Flacidez tecidual
    Fibro Edema Gelóide
    Estrias
    Cicatriz hipertrófica e Quelóide
    Queimaduras


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NAS DISFUNÇÕES ESTÉTICAS
  • CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
  • HISTÓRICO
  • A PELE
  • VÍDEO EXPLICATIVO
  • A PELE
  • PROFISSIONAL FISIOTERAPEUTA
  • GORDURA LOCALIZADA
  • CONCEITOS
  • DEPÓSITOS HEREDITÁRIOS
  • REGIÕES PROPENSAS AO ACÚMULO DE GORDURA
  • ABORDAGENS TERAPÊUTICAS
  • VÍDEO EXPLICATIVO
  • ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA
  • FLACIDEZ TECIDUAL
  • DEFINIÇÃO
  • CARACTERÍSTICAS
  • ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA
  • VÍDEO EXPLICATIVO
  • FIBRO EDEMA GELÓIDE
  • ARTES PLÁSTICAS
  • DEFINIÇÃO
  • PATOLOGIA E ASPECTOS CLÍNICOS
  • PATOLOGIA
  • INCIDÊNCIA E EVIDÊNCIAS CLÍNICAS
  • CLASSIFICAÇÃO
  • IDENTIFICAÇÃO
  • LOCALIZAÇÕES PREFERENCIAIS
  • ABORDAGENS TERAPÊUTICAS
  • CIRURGIA
  • ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA
  • CELULITE INFECCIOSA
  • ESTRIAS
  • VÍDEO EXPLICATIVO
  • DEFINIÇÃO
  • HISTOLOGIA
  • CAUSAS
  • INCIDÊNCIA
  • SINTOMAS E SINAIS CLÍNICOS
  • LOCALIZAÇÕES
  • ASPECTO PSICOLÓGICO
  • ASPECTO FÍSICO
  • LITERATURA CIENTÍFICA
  • ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA
  • CICATRIZ HIPERTRÓFICA E QUELÓIDE
  • CARACTERÍSTICAS DAS CICATRIZES
  • INCIDÊNCIA
  • QUELÓIDES
  • CURIOSIDADES
  • VÍDEO EXPLICATIVO
  • ABORDAGENS TERAPÊUTICAS
  • CIRURGIA DE REMOÇÃO
  • ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA
  • QUEIMADURAS
  • CELEBRIDADES
  • DEFINIÇÃO
  • CLASSIFICAÇÃO DA GRAVIDADE
  • DETERMINAÇÃO DA ÁREA
  • CLASSIFICAÇÃO DAS QUEIMADURAS
  • ETIOLOGIA
  • VÍDEO EXPLICATIVO
  • ABORDAGENS TERAPÊUTICAS
  • ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA
  • OBRIGADA!
  • REFERÊNCIAS