Curso Online de Alfabeto Fonético
2 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Alfabeto Fonético

Alfabeto Fonético para turismólogos, administradores, relações internacionais e letrados.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Alfabeto Fonético para turismólogos, administradores, relações internacionais e letrados.

FORMAÇÃO ACADÊMICA • Curso Superior em Gestão de Turismo IFPE – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco Ano de conclusão: 2012 CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO • Recepção, Vendas e Atendimento ao Cliente Learncafe / ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância – Março/2013 • Auxiliar Administrativo Learncafe / ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância – Fevereiro/2013 • Desenvolvimento de Projetos Turísticos Buzzero / ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância – Junho/2012 • EI – Empreendedor Individual Educação Sebrae – Março/2012


- Izabella Cristina Sinicio Ferreira

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Alfabeto fonético

    Alfabeto fonético

  • Alfabeto fonético

    Alfabeto fonético

    O alfabeto fonético internacional é um sistema de notação fonética baseado no alfabeto latino, criado pela Associação Fonética Internacional como uma forma de representação padronizada dos sons do idioma falado. O AFI é utilizado por linguistas, fonoaudiólogos, professores e estudantes de idiomas estrangeiros, cantores, atores, lexicógrafos e tradutores.

  • Alfabeto fonético Descrição

    Alfabeto fonético Descrição

    O princípio geral do alfabeto fonético internacional é fornecer um símbolo para cada som ou segmento de fala distinto. Isto significa que o alfabeto não se utiliza de combinações de letras para representar sons únicos, ou de letras únicas para representar mais de um som (como o pode representar [ks] no português). Não existem letras que têm valores sonoros diferentes de acordo com o contexto (como o possui no português e em outros idiomas europeus) e, finalmente, o AFI não costuma ter letras separadas para dois sons, se nenhuma língua conhecida fizer distinção entre eles (uma propriedade conhecida como "seletividade").

  • Criação do alfabeto fonético

    Criação do alfabeto fonético

    O alfabeto fonético existe há muitos anos, sendo que passou por inúmeras mudanças até chegar ao seu padrão atual. No entanto, ele sempre teve o mesmo objetivo, ou seja, facilitar a pronúncia de outras línguas, sem a necessidade de conhecer o idioma profundamente. Esse alfabeto foi criado em 1886, quando um grupo de professores ingleses e franceses, tendo como líder o linguista francês Paul Passy, iniciou o que depois veio a se chamar de Associação Fonética Internacional - AFI.

  • Criação do alfabeto fonético

    Criação do alfabeto fonético

    Foram esses profissionais da AFI os responsáveis pela criação e, posterior, aperfeiçoamento do alfabeto fonético internacional. Depois de dois anos de início do movimento, o grupo já havia padronizado o alfabeto fonético para todas as línguas, o que não acontecia anteriormente, e apenas dificultava o objetivo de pronunciar os demais idiomas. Até 2005, quando ocorreu a última utilização, muitas alterações foram feitas, inclusive, no que diz respeito a eliminar e adicionar novos símbolos.

  • Funcionamento do alfabeto fonético

    Funcionamento do alfabeto fonético

    Atualmente, grande parte das letras é derivada do alfabeto romano ou de uma língua originária dele. No entanto, existem outras letras que também proveem do alfabeto grego e há, ainda, aquelas que não integram nenhum alfabeto. No total, são 107 caracteres que formam o alfabeto fonético internacional. Porém, nos dicionários de língua estrangeira, é comum encontrar apenas pouco mais de 40 tipos de letras e símbolo, tornando mais fácil a aprendizagem deste alfabeto.

  • Funcionamento do alfabeto fonético

    Funcionamento do alfabeto fonético

    Já que muitas letras são conhecidas dos brasileiros, pois integram o alfabeto da língua portuguesa, os interessados em aprender a usar o alfabeto fonético terão que aprender apenas a pronunciar os demais símbolos. Além das letras, o alfabeto fonético possui símbolos que se referem à maneira de pronunciar as palavras, como a entonação que deve ser dada. Desta forma, é possível que uma pessoa se torne autodidata em conhecer outro idioma, ao menos, em relação à pronúncia correta das palavras.

  • Utilização do alfabeto fonético internacional

    Utilização do alfabeto fonético internacional

    O alfabeto fonético internacional é bastante utilizado pelos profissionais da área da linguística, fonoaudiologia, tradução e professores de idioma. Mas também pode ser de extrema importância para alunos de línguas estrangeiras, cantores e atores. Ou seja, qualquer profissional que trabalha com a pronúncia e que a todo o momento está envolvido com diferentes materiais escritos pode se valer do alfabeto fonético.

  • Utilização do alfabeto fonético internacional

    Utilização do alfabeto fonético internacional

    Um bom exemplo da necessidade do alfabeto fonético internacional é no caso de um pesquisador conhecer uma tribo amazônica ou de qualquer outro lugar onde eles falem um idioma desconhecido para os demais. Tendo conhecimento deste alfabeto, o pesquisador pode transcrever o que os integrantes desta tribo conversam, podendo até traduzir, além de servir como um material de grande valor para as pesquisas antropológicas.

  • Outros alfabetos fonéticos

    Outros alfabetos fonéticos

    Hoje em dia, é também comum encontrar na Internet informações errôneas sobre a definição de alfabeto fonético, uma vez que eles são confundidos com os alfabetos radiotelefônicos ou de soletração. Isso acontece em parte porque o alfabeto de soletração mais usado é o chamado alfabeto fonético da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), sendo que existem outros que são utilizados para facilitar as comunicações realizadas por meio de rádio ou telefone. Neste caso, são utilizadas palavras ao invés de letras para soletrar uma informação.

  • Outros alfabetos fonéticos

    Outros alfabetos fonéticos

    Os alfabetos radiotelefônicos foram desenvolvidos ainda antes da Segunda Guerra Mundial, quando foram aperfeiçoados para facilitar a comunicação entre exército, marinha e aeronáutica, bem como a transmissão de informações entre os aliados. Depois de algumas padronizações, ele foi uniformizado, sendo utilizado até hoje pelas forças armadas.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Alfabeto fonético
  • Alfabeto fonético Descrição
  • Criação do alfabeto fonético
  • Funcionamento do alfabeto fonético
  • Utilização do alfabeto fonético internacional
  • Outros alfabetos fonéticos
  • Alfabeto Fonético Turismo
  • Alfabeto de soletração no turismo
  • Alfabeto fonético turismo na prática
  • Usos gerais do alfabeto radiotelefônico
  • Criação do alfabeto de soletração
  • Diferenças entre alfabeto fonético e de soletração
  • Alfabeto fonético
  • consoante
  • vogais
  • Alfabeto fonético Países
  • Alfabeto fonético Números
  • Alfabeto fonético pronúncia
  • Alfabeto fonético * Imprimir essa tabela e usá-la em seu dia a dia. *