Curso Online de ANALISTA ADMINISTRATIVO NO SERVIÇO PÚBLICO

Curso Online de ANALISTA ADMINISTRATIVO NO SERVIÇO PÚBLICO

Seja bem vindo ao curso Analista Administrativo no Serviço Público. Modalidade online Carga Horária 60 horas

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 60 horas


Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Mais de 20 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Seja bem vindo ao curso Analista Administrativo no Serviço Público.

Modalidade online

Carga Horária 60 horas

ORGANIZAÇÃO QUE BUSCA APRESENTAR CURSOS EM DIVERSAS ÁREAS DE ATUAÇÃO E FORMAÇÃO POR UM BAIXO CUSTO PARA OS USUÁRIOS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • ANALISTA ADMINISTRATIVO NO SERVIÇO PÚBLICO

    60 HORAS

  • INTRODUÇÃO

    Qualidade e Serviço Público duas expressões que são no senso comum traduzidas como antagônicas.

    Após a participação do curso de qualidade no serviço público você perceberá que realmente é existe.

  • A qualidade na administração pública é doutrina de gestão que estabelece a adequada satisfação do cidadão como objetivo maior para uma organização na prestação dos serviços públicos. Com esse foco, a metodologia adotada analisa os processos de trabalho com vistas a identificar oportunidades de melhoria a partir das melhores práticas existentes e das possibilidades de inovação, observados os valores éticos de respeito ao cidadão e ao servidor público. A doutrina é relevante para o êxito das políticas públicas, dado que está voltada aos efeitos finais da atuação das organizações no seu relacionamento com a sociedade.

  • QUALIDADE

    O conceito de qualidade passou a ser enfatizado como elemento essencial na gestão das organizações a partir dos anos 1930, por certos engenheiros nos Estados Unidos da América (LONGO, 1996). Ao final da Segunda Guerra Mundial, consultores norte-americanos levaram o conceito e suas práticas para a gestão de indústrias japonesas, com grande sucesso. Desde então, a chamada gestão pela qualidade vem-se disseminando pelo mundo, nas empresas privadas e organizações públicas, com grande impacto também no Brasil desde os anos 1980.

  • Na sua concepção original, a gestão de empresas focada na qualidade, também conhecida como Gestão pela Qualidade Total, apresenta quatro pontos básicos: foco no cliente; trabalho em equipe; decisões baseadas em fatos e dados; e busca constante da solução de problemas e eliminação de erros. A implantação dessa metodologia atualmente ocorre ao longo de oito eixos (VIDAL, 2003): a) formular uma visão de qualidade; b) engajar a alta gerência no processo; c) enfatizar as necessidades do consumidor; d) desenvolver objetivos por meio de plano de ação; e) capacitar os envolvidos no processo; f) ampliar o poder funcional dos empregados; g) reconhecer e premiar empregados pelos resultados; h) estabelecer a melhoria contínua como desafio permanente.

  • Os resultados positivos alcançados pela gestão pela qualidade nas empresas privadas motivaram também o setor público, em muitos países, a incorporar aquelas práticas de gestão. Tal é a experiência nos EUA, Ásia, Europa e também no Brasil (SARMENTO; SILVA, 2006; SHAROV, 2006).

  • Certas particularidades da administração pública com relação à gestão privada, no entanto, devem ser observadas para a adequada aplicação ao setor público de conceitos da Gestão pela Qualidade Total, dado que, enquanto o setor privado busca essencialmente o lucro, o setor público busca prestar serviços à sociedade voltados ao bem-estar comum. De outra parte, o setor privado é remunerado pelo preço dos serviços e produtos oferecidos, ao passo que o setor público, na maior parte dos casos, custeia a produção de seus serviços mediante recursos fiscais presentes no orçamento público. Finalmente, a qualidade no setor privado é buscada como requisito para a competitividade empresarial, enquanto no setor público a qualidade é requisito para o adequado atendimento dos cidadãos, ao menor custo possível.

  • adaptação

    O ponto central de adaptação da gestão da qualidade aplicada no setor privado para o setor público, portanto, diz respeito à substituição do conceito restrito de cliente-consumidor pelo conceito amplo de cidadão, com todas as implicações políticas e sociais decorrentes (LÖFFLER, 2009).

  • Em 1990, o governo federal do Brasil instituiu o Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade (PBQP), voltado prioritariamente para o setor privado, mas envolvendo também o setor público. A partir de 1996, com a criação do Programa da Qualidade e Participação na Administração Pública (PQPAP), o governo federal brasileiro enfatizou o setor público nesse processo (BRASIL. MARE, 1997).

  • A instituição, em 1998, do Prêmio Qualidade no Governo Federal (PQGF) estimulou o programa, reforçando a relação entre qualidade e cidadania. Analogamente, Estados e municípios instituíram prêmios de gestão, incentivando a inovação e a ênfase no atendimento dos cidadãos, como o Prêmio Governador Mario Covas, instituído em 2004 no Estado de São Paulo.

  • princípios

    A gestão pela qualidade na administração pública no Brasil, segundo a ótica do governo federal, compartilhada por Estados e municípios, segue atualmente certos princípios próprios a essa realidade, a saber: 1) foco na satisfação do cidadão; 2) amplo envolvimento dos servidores; 3) gestão participativa; 4) gestão por processos; 5) valorização do servidor; 6) constância de propósitos dos dirigentes; 7) melhoria contínua, redução de custos e busca da inovação; e 8) esforço permanente pela eliminação de erros.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • ANALISTA ADMINISTRATIVO NO SERVIÇO PÚBLICO
  • INTRODUÇÃO
  • QUALIDADE
  • adaptação
  • princípios
  • Gestão por processo
  • Gestão pela qualidade
  • Origem da administração pública gerencial
  • Modelo de excelência na administração pública
  • Fundamento
  • Satisfação do usuário
  • Envolvimento de todos
  • Gestão participativa
  • Melhoria continua
  • Gestão pro ativa
  • Qualidade definições
  • Mensuração de qualidade
  • Indicadores estratégicos
  • GESTÃO DE QUALIDADE NO SERVIÇO PUBLICO
  • ANÁLISE ORGANIZACIONAL
  • CICLO PDCA
  • O QUE É SERVIÇO PÚBLICO?
  • SERVIÇOS ESSENCIAIS
  • SERVIÇOS ESSENCIAIS NO BRASIL
  • ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
  • GESTOR PÚBLICO
  • MODELOS
  • ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: BRASIL
  • OBJETIVOS E SUBJETIVOS
  • ADMINISTRAÇÃO DIRETA E INDIRETA
  • Orçamento público
  • Orçamento público no Brasil
  • Plano Plurianual (PPA)
  • Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)
  • Lei Orçamentária Anual (LOA)
  • Orçamento da Seguridade Social
  • Princípios orçamentários
  • Influências do Orçamento-programa
  • Lei de Responsabilidade Fiscal
  • Receita pública
  • Despesa pública
  • Despesa Obrigatória de Caráter Continuado
  • Despesas com Pessoal
  • Despesas com a Seguridade Social
  • Licitação
  • Legislação Compras Serviço Público
  • Compras Públicas
  • Contrato administrativo
  • Contratos
  • REFERÊNCIAS
  • IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
  • SUJEITO ATIVO
  • AGENTE PÚBLICO
  • LEGISLAÇÃO NACIONAL
  • ENQUADRAMENTO NO BRASIL
  • LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992.
  • DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
  • AGENTE PÚBLICO
  • ENRIQUECIMENTO ILÍCITO
  • ATOS DE IMPROBIDADE ENRIQUECIMENTO ILÍCITO
  • ATOS DE IMPROBIDADE CAUSAM PREJUÍZO AO ERÁRIO
  • ATOS DE IMPROBIDADE CONTRA PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
  • PENALIDADE
  • DECLARAÇÕES DE BENS
  • PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO E PROCESSO JUDICIAL
  • DISPOSIÇÕES PENAIS
  • PRESCRIÇÃO
  • IMPROBIDADE É FALTA DISCIPLINAR?
  • O que é ERÁRIO?
  • VÍDEOS IMPORTANTE
  • AGRADECIMENTO