Curso Online de Instalador de Antenas Parabólicas
5 estrelas 9 alunos avaliaram

Curso Online de Instalador de Antenas Parabólicas

Este curso dará todas as informações técnicas e práticas para você começar a trabalhar com instalação e manutenção de antenas parabólicas...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 16 horas

Por: R$ 42,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso dará todas as informações técnicas e práticas para você começar a trabalhar com instalação e manutenção de antenas parabólicas, totalmente passo a passo.

Cursos Livres formatados para internet .


- Jackson Reif

- Claudinei Geraldo Lopes

- João Vitor Lucas Dos Santos

- Maico Santos Pegoraro

"Curso de excelente qualidade e e fácil entendimento."

- João Carlos De Paiva

"Excelente curso. parabéns a Buzzero.com"

- João Carlos De Paiva

- Elvis Viana Da Silva

- Anderluiz Machado Ribeiro

"ottimo consiglio a tudo mundo"

- Alessandro Palladino

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Instalação e Configuração de Antena Parabólica

  • Antenas parabólicas são usadas em UHF e Microondas. Possuem uma alta directividade o
    que nos leva a perceber que possuem um alto ganho. Uma antena receptora de satélites de 3metros de diâmetro, por exemplo, tem um ganho de 33dB, ou seja, ela “amplifica”( o mais
    correto seria falar concentra) o sinal de chegada por volta de 2000 vezes.
    Lembrando sempre que o ganho da antena parabólica é devido a sua capacidade de
    concentração, em um único ponto, do sinal recebido.
    Ela pode ser feita de diferentes materiais, por exemplo:
    -- tela de alumínio.
    -- fibra de vidro.
    -- alumínio.
    -- tubos de alumínio.
    A diferença do material empregado em sua construção influenciará em seu ganho, a
    saber:
    Uma antena de alumínio têm um ganho maior que uma de fibra de vidro que têm o ganho
    maior que uma de tela.
    O preço das antenas, geralmente, varia nesta mesma proporção.
    O diâmetro da antena também influem no ganho da mesma. Quanto maior o diâmetro da
    antena maior será o ganho e melhor a qualidade da recepção.

  • Recepção de satélites
    Podemos dividir uma antena parabólica para recepção de satélites em diversas partes:
    -- refletor.
    -- iluminador.
    -- corneta corrugada ou feedhorn.
    -- polorotor.
    --elemento amplificador (lna, lnb, lnc).
    O refletor direciona todo o sinal recebido para um único ponto, o foco.
    O iluminador segura a corneta corrugada .
    A corneta possui dentro o dipolo que receberá os sinais de rf.
    O polorotor colocará o dipolo na polarização vertical ou horizontal.
    O elemento amplificador amplificará os sinais recebidos ( o lnb e o lnc também convertem
    o sinal recebido para uma freqüência mais baixa.

  • Características básicas do elemento amplificador
    As duas características mais importantes são:
    -- ganho
    -- temperatura de ruído
    Por ganho entendemos a capacidade de amplificação do mesmo (valores em dB).
    Um lna com 10dB de ganho multiplicaria por 10 o sinal recebido.
    A temperatura de ruído é uma grandeza que define a quantidade de ruído térmico que é
    gerada pelo elemento amplificador. Quanto menor a temperatura de ruído melhor o
    elemento amplificador. Por que?
    Caso o ruído que ele crie seja maior que o sinal, recebido e amplificado, ele encobrirá o
    sinal e teremos uma recepção péssima.
    A temperatura de ruído é dada em graus Kelvin.
    Exemplo de um bom elemento amplificador (um lnb):
    -- ganho = 65 dB.
    -- temperatura de ruído = 30 graus Kelvin.

  • Tipos de elementos amplificadores
    -- LNA (Low Noise Amplifier - Amplificador de Baixo Ruído): Recebe o sinal recebido,
    na faixa de 3,7 a 4,2 Ghz ( para banda C) e apenas o amplifica. O primeiro a ser usado.
    -- LNB (Low Noise Blockconverter - Conversor de Baixo Ruído) : Amplifica o sinal
    recebido na faixa de 3,7 a 4,2 Ghz e o converte para a faixa de 950 a 1450 Mhz. Atualmente
    é o mais utilizado.
    -- LNC (Low Noise Block Downconverter - Conversor “abaixador” de Baixo
    Ruído):Amplifica o sinal recebido e o converte para a freqüência de 70Mhz. ë mais
    utilizado para a recepção de dados via satélite.
    É importante ressaltar que quanto menor a freqüência no cabo que liga a antena ao
    receptor menor será a perda e consequentemente teremos um sinal maior na entrada do
    receptor e uma imagem melhor na TV.

  • Esquema de um sistema de recepção com lna.
    1 -- Elemento amplificador+feedhorn.
    2 -- Iluminador.
    3 -- Refletor.
    4 -- Downconverter( ver texto). veja figura 1
    5 -- Suporte para a antena.
    6 -- Receptor.
    7 -- TV.
    8 -- Cabos de ligação.
    9 -- Cabos de ligação.

  • O LNA amplificará o sinal e o entregará ao downconverter, que é um conversor para 70
    Mhz e deve ficar o mais próximo da antena possível, para que, devido as altas freqüências
    (3,7 a 4,2 Ghz) não existam muitas perda. Geralmente o cabo usado entre os dois é
    especificado para evitar estas perdas.
    Na saída do downconverter já teremos 70Mhz que será conectado com o receptor.

  • Esquema de recepção com um lnb.
    1 -- LNB + feedhorn + polorotor.
    2 -- Iluminador.
    3 -- Refletor.
    4 -- Suporte da antena. veja figura 2
    5 -- Cabos de ligação.
    6 -- Receptor.
    7 -- TV.

  • O sinal recebido será convertido para 950 a 1450 Mhz e amplificado. Depois será enviado
    ao receptor. Só dentro do rx é que teremos a fi de 70 Mhz.
    Esquema de recepção com um lnc.
    1 -- LNC + feedhorn + polorotor.
    2 -- Iluminador.
    3 -- Refletor .
    4 -- Suporte. veja figura 2
    5 -- Cabos.
    6 -- Receptor.
    7 -- TV.

  • O sinal recebido será convertido para 70 Mhz e amplificado, só depois sairá do lnc e irá
    para o receptor.
    Características das antenas parabólicas.
    O formato parabólico deste tipo de antena faz com que apenas os sinais que vêm
    perpendiculares ao plano da antena se concentrem num ponto, chamado de foco.
    Os outros sinais , não perpendiculares ao plano da antena, não terão um ponto de foco, não
    atrapalhando assim na recepção.
    Isto é o que torna uma antena parabólica extremamente direcional. Tão direcional que
    apenas um grau de altura (vertical) ou azimute (horizontal) fora da posição já faz com que
    não recebamos o sinal do satélite.
    veja figuras 3, 4 e 5

  • Para termos noção do que é um grau, basta esticarmos nosso braço e cobrirmos o céu com
    o polegar. A “quantidade” que ele obstruirá do céu corresponde a, aproximadamente, 2,5
    graus.
    O elemento amplificador deve ficar exatamente no foco, para sito o iluminador possui um
    movimento de vai e vêm, permitindo assim deslocar o feedhorn até o ponto onde está o
    foco (veja a figura 6).
    Existem outros tipos de antenas parabólicas, as Cassegrain, por exemplo:
    1 -- refletor parabólico.
    2 -- refletor.
    3 -- elemento amplificador.
    4 -- hastes para suporte do refletor.
    5 -- suporte da antena.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 42,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • CONHECENDO COMPONENTES
  • UTILIDADE DE CADA COMPONENTE
  • MONTAGEM
  • SINTONIZAÇÃO DA ANTENA
  • Como montar uma empresa dados técnicos.