Curso Online de Primeiros Socorros
4 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de Primeiros Socorros

Primeiros Socorros. ?O que fazer? Como ajudar? O que verificar? Quem procurar? Como Transportar? Como se comunicar? Como entender? E C...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 40 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Primeiros Socorros.

?O que fazer? Como ajudar? O que verificar? Quem procurar? Como Transportar? Como se comunicar? Como entender? E Como prestar socorro adequado??

Conteúdo:
1. Sinais vitais
2. Paragem cardíaca
3. Paragem respiratória
4. Estado de choque
5. Acidente de viação
6. Afogamento
7. Alcoolismo
8. Asfixia
9. Eletrocussão
10. Exposição ao calor
11. Feridas
12. Fraturas / Lesões
13. Hemorragias
14. Intoxicações
15. Mordidas de animais
16. Parto súbito
17. Perda de conhecimento
18. Picadas de insetos
19. Queimaduras
20. Resfriamento
21. Transporte da vítima

Produção: Instituto Educacional do Saber Email : Duvidas e Sugestões institutoeducacionaldosaber@gmail.com FORMAÇÃO ACADÊMICA DO RESPONSÁVEL Universidade Cândido Mendes - MBA Executivo em Seg. do Trabalho e Meio Ambiente Faculdade Faclions - Gestão em Segurança do Trabalho Faculdade Objetivo/Unip - Gestão em Recursos Humanos Faculdade Faclions – Gestão em Segurança Pública Faculdade Unip - Psicologia Colégio Quality – Técnico em Segurança do Trabalho Atividades Extra-Curriculares Desenvolvidas: Meu Blog: Jeogen Santos – Rh & Segurança do Trabalho Acesse: Blog: Jeogen Santos - Rh & Segurança do Trabalho Link: http://jeogensantos.blogspot.com.br/ Tema: Divulgação de Conteúdos informativos, relacionados a Recursos Humanos, e Segurança do Trabalho. Pagina Profissional no Facebook: Jeogen Santos – Rh & Segurança do Trabalho Curtam a minha pagina: Facebook Jeogen Santos - Rh e Segurança do Trabalho Link: facebook.com/jeogen Tema: Divulgação de Vagas de Empregos, Informações, Oportunidades, Cursos, e Palestras relacionadas ao RH e Segurança do Trabalho.


- Ivonete Correa Andrade

- Andressa Nino Medeiros

- Maria Liosete Vieira Marques

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Conteúdo

    conteúdo

    intuições vitais
    paragem cardíaca
    paragem respiratória
    estado de choque
    acidente de viação
    afogamento
    alcoolismo
    asfixia
    electrocução
    exposição ao calor
    feridas
    fraturas / lesões
    hemorragias
    intoxicações
    mordidas de animais
    parto súbito
    perda de conhecimento
    picadas de inseto
    queimaduras
    resfriamento
    transporte da vítima

  • Primeiros Socorros, Intuições Vitais

    primeiros socorros, intuições vitais

    1.1 avaliar rapidamente a situação e verificar se há risco de morte.
    1.2 retirar as vitimas do local onde, possam correr perigo (ex. estradas, fogo).
    1.3 quando não for estritamente necessário nunca se deverá mover um ferido!
    1.4 em caso de acidente de viação (vias terrestres) deve-se colocar o triângulo de sinalização num local bem visível e usar o colete de sinalização (evitando um novo acidente).
    1.5 caso haja necessidade de chamar uma ambulância deverá mandar-se um terceiro. nunca se deve deixar um ferido sozinho.
    1.6 devem verificar-se o tipo e importância das lesões, controlar o pulso e a respiração do ferido.

  • Obs.: Os feridos graves deverão ser cuidados de acordo os princípios explicados em baixo.

    obs.: os feridos graves deverão ser cuidados de acordo os princípios explicados em baixo.

    a – paragem respiratória - desobstruir vias respiratórias, praticar respiração artificial. b - hemorragias - colocar o ferido numa posição carreta; aplicar atadura que impeça a hemorragia. c – estado de choque - tomar medidas preventivas: alívio da dor; repouso; proteção do frio.

  • Manuseio da Vitima

    manuseio da vitima

    na maioria das situações, exceto nos casos de suspeita de fratura da coluna vertebral ou do pescoço, deverá colocar a vítima na posição lateral de segurança (pls).

  • Procedimento a ser realizado

    procedimento a ser realizado

    2.1 vire o corpo da vítima inconsciente, mas ainda a respirar, para a posição lateral de segurança, o que impedirá que sangue, saliva ou a língua obstruam as vias respiratórias.
    2.2 estenda ao longo do corpo da vítima o braço que ficar mais perto de si. cruze o outro braço sobre o peito. cruze a perna mais afastada sobre a que está mais próxima.
    2.3 ampare a cabeça da vítima com uma das mãos e com a outra agarre-a pela anca mais afastada.
    2.4 puxe a testa da vítima para trás, de modo a que a garganta fique direita. assim, as vias respiratórias manter-se-ão desimpedidas, o que permite que a vítima respire livremente.
    2.5 dobre o braço que fica mais próximo de si para lhe sustentar o tronco. dobre a perna mais próxima para servir de apoio ao abdômen. retire o outro braço de debaixo do corpo.
    2.6 quando há fratura de um braço ou de uma perna ou por qualquer motivo esse membro não puder ser utilizado como apoio da vítima na posição lateral de segurança, coloque um cobertor enrolado debaixo do lado ileso da vítima, o que elevará o corpo desse lado e deixará as vias respiratórias desimpedidas.

  • Os 10 mandamentos do socorrista.

    os 10 mandamentos do socorrista.

    1. mantenha a calma.
    2. tenha em mente a seguinte ordem de segurança quando você estiver prestando socorro: você é a prioridade (o socorrista). depois a sua equipe (incluindo os transeuntes). e por último e nem menos importante, a vítima. isso parece ser contraditório a primeira vista, mas tem o intuito básico de não gerar novas vítimas.
    3. ao prestar socorro, é fundamental ligar ao atendimento pré-hospital de imediato ao chegar no local do acidente. podemos por exemplo discar 3 números: 112.
    4. sempre verifique se há riscos no local, para você e sua equipe, antes de agir no acidente.
    5. mantenha sempre o bom senso.
    6. mantenha o espírito de liderança, pedindo ajuda e afastando os curiosos.
    7. distribua tarefas, assim os transeuntes que poderiam atrapalhar ajudá-lo-ão e sentir-se-ão mais úteis.
    8. evite manobras intempestivas (realizadas de forma imprudente, com pressa).

    9. em caso de múltiplas vítimas dê preferência àquelas que correm maior risco de vida como, por exemplo, vítimas em parada cárdio - respiratória ou que estejam sangrando muito.
    10. seja socorrista e não herói (lembre-se do 2o mandamento).

  • Paragem cardíaca

    paragem cardíaca

    1.1 sinais e sintomas ausência de pulso e dos batimentos cardíacos, além de acentuada palidez. se detectado algum desses sinais a acção deve ser imediata e não será possível esperar o médico para iniciar o atendimento.
    1.2 o que fazer aplique a massagem cardíaca externa.
    1.3 como fazer a massagem cardíaca colocar a vítima deitada de costas em superfície plana e dura. as mãos do atendente de emergência devem sobrepor a metade inferior do esterno. os dedos ficam abertos sem tocar o tórax. a partir daí deve-se pressionar vigorosamente, abaixando o esterno e comprimindo o coração de encontro a coluna vertebral. em seguida, descumpriam. repetições: quantas forem necessárias até a recuperação dos batimentos. é recomendável a média de 60 compressões por minuto.
    1.4 cuidados em jovens a pressão deve ser feita com apenas uma das mãos e em crianças com os dedos. essa medida evita fraturas ósseas no esterno e costelas. se houver parada respiratória juntamente com a cardíaca ambas devem ser realizadas, reciprocamente.
    1.5 o que pode causar choque elétrico estrangulamento sufocação reações alérgicas graves afogamento.

  • Ataque cardíaco

    ataque cardíaco

    1.1 sinais e sintomas dor, respiração, suores, vômitos e outros sinais.
    1.2 o que fazer mantenha a pessoa sentada ou deitada, desaperte-lhe as roupas, cubra-o se sentir frio, não tente transportá-lo sem ajuda ou supervisão médica. somente dê algum medicamento se a vítima se ela já faz uso e costuma tomar em emergências.

  • Paragem respiratória

    paragem respiratória

    1.1 como detectar: observar os sinais graves: se o peito da vítima não se mexer ou se os lábios, face, língua e unhas ficarem azulados, certamente houve parada respiratória.
    1.2 como fazer a respiração artificial ou de socorro: afrouxe roupas, desobstrua a circulação do pescoço, peito e cintura. desobstrua as vias aéreas (boca ou garganta). coloque a vítima em uma posição correta. ritmo: 15 respirações por minuto. observação importante: ficar atento para reiniciar o processo a qualquer momento, caso seja necessário.

  • Procedimento a ser realizado

    procedimento a ser realizado

    1.3 levantar o pescoço com uma das mãos, inclinando a cabeça para trás. com a mesma mão, puxe o queixo da vítima para cima, impedindo que a língua obstrua a entrada e saída de ar. coloque a boca sobre a boca. feche bem as narinas da vítima com o polegar e o indicador. depois sopre dentro da boca até que o peito se levante e deixe que o indivíduo expire livremente. repita o processo na freqüência de 12 a 15 vezes por minuto (aproximadamente 1 insuflação de 5 em 5 segundos).
    1.4 cuidados: mantenha a vítima aquecida e afrouxe as roupas dela. aja imediatamente, sem desanimar. mantenha a vítima deitada. não dê líquidos para a vítima inconsciente. nunca dê bebidas alcoólicas logo após recobrar a consciência. são aconselháveis café ou chá. o transporte da vítima é desaconselhável, a menos que seja possível manter o ritmo da respiração de socorro. a posição precisa ser deitada. procure um médico e transporte a vítima quando ela se recuperar.
    1.5 o que pode causar:
    afogamento, choque elétrico, abalos violentos resultantes de explosão ou pancadas na cabeça e envenenamento por ingestão de sedativos ou produtos químicos e sufocação por corpos estranhos nas vias aéreas do bebê, da criança, do adulto.

  • Estado de choque

    estado de choque

    1.1 sinais e sintomas pele fria, sudorese, palidez de face, respiração curta, rápida e irregular, visão turva, pulso rápido e fraco, semiconsciência, vertigem ou queda ao chão, náuseas ou vômitos.
    1.2 o que fazer 1 - avaliar rapidamente o estado da vítima e estabelecer prioridades. 2 - colocar a vítima em posição lateral de segurança (pls) se possível com as pernas elevadas. 3 - afrouxar as roupas e agasalhar a vítima. 4 - lembre-se de manter a respiração. fornecer ar puro, ou oxigênio, se possível. 5 - se possível dê-lhe líquidos como água, café ou chá.
    1.3 o que pode causar queimaduras, ferimentos graves ou externos esmagamentos perda de sangue envenenamento por produtos químicos ataque cardíaco exposições extremas ao calor ou frio intoxicação por alimentos fraturas


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Conteúdo
  • Primeiros Socorros, Intuições Vitais
  • Obs.: Os feridos graves deverão ser cuidados de acordo os princípios explicados em baixo.
  • Manuseio da Vitima
  • Procedimento a ser realizado
  • Os 10 mandamentos do socorrista.
  • Paragem cardíaca
  • Ataque cardíaco
  • Paragem respiratória
  • Procedimento a ser realizado
  • Estado de choque
  • Desmaio
  • Acidente de viação
  • Afogamento
  • Alcoolismo
  • Asfixia
  • Electrocução
  • Exposição ao calor
  • Exposição ao sol
  • Golpe de calor
  • Desmaio
  • Câimbras
  • Ferimentos Leves ou Superficiais
  • Ferimentos Perfurantes
  • Ferimentos na Cabeça
  • No caso de feridas graves:
  • Ataduras:
  • Fraturas
  • Fraturas fechadas
  • Fraturas expostas
  • Lesões na coluna vertebral
  • Luxações ou deslocamentos das juntas (braço, ombro)
  • Entorses e distensões
  • Hemorragias
  • Estanque a hemorragia
  • Atenção: Os torniquetes são usados essencialmente nos casos de amputação ou esmagamento de membros e só podem ser colocados no braço ou na coxa.
  • Atenção
  • Intoxicações
  • Envenenamento
  • Venenos Ingeridos
  • Casos particulares
  • Venenos Aspirados
  • Envenenamento através da pele
  • Contaminação dos olhos
  • Mordidas de animais
  • Mordidas de cobras
  • Mordidas de animais raivosos
  • Parto súbito
  • Perda de conhecimento
  • Desmaio
  • Picadas de inseto
  • Picadas de escorpião, centopéia e aranha
  • Picadas de abelha e vespa
  • Picadas de carrapato
  • Queimaduras
  • Classificação das queimaduras:
  • Pequenas queimaduras
  • Grandes queimaduras (atingem mais de 10% do corpo)
  • Queimaduras químicas (Ácidos - soda cáustica, outros produtos químicos)
  • Queimaduras nos olhos
  • Resfriamento
  • Transporte da vítima
  • Durante a remoção ou transporte
  • Como fazer uma maca: Abotoe duas camisas ou enrole-as sobre duas varas ou bastões resistentes.
  • Observação Final.
  • Bibliografia.