Curso Online de MINIMALISMO

Curso Online de MINIMALISMO

Seja bem vindo a ao curso Minimalismo. O minimalismo é essencial para a vida social e econômica de uma pessoa ou um grupo. O curso abor...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas


Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Seja bem vindo a ao curso Minimalismo.

O minimalismo é essencial para a vida social e econômica de uma pessoa ou um grupo.

O curso abordará a temática de modo prático e proporcionando a visão do movimento.

O curso é ideal para todos. Não existe diferenciação em relação a idade, profissão, escolaridade, relação de trabalho e raça. O curso é para todos!


Aproveite o tempo! Menos é mais! Elimine o que não é essencial na sua vida.


Parabéns pela sua escolha!

ORGANIZAÇÃO QUE BUSCA APRESENTAR CURSOS EM DIVERSAS ÁREAS DE ATUAÇÃO E FORMAÇÃO POR UM BAIXO CUSTO PARA OS USUÁRIOS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • MINIMALISMO

  • SEJA BEM VINDO(A) AO CURSO

    MINIMALISMO

  • "Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece, mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas" Sun Tzu

  • Introdução

    O CURSO É É DESTINADO A TODOS QUE BUSCAM UMA VIDA MAIS INTELIGENTE.
    SIMPLIFICAR A SUA EXISTÊNCIA.
    VIVER BASEADO NO SER E NÃO NO TER.
    PERCEBER QUE O RECURSO MAIS IMPORTANTE É VOCÊ E SUA HISTÓRIA.

  • ESSENCIALISMO

    O ESSENCIALISMO É UM PILAR FUNDAMENTAL DO MINIMALISMO. ALGUMAS PESSOAS CONSIDERAM QUE O MINIMALISMO PODE SER CONFUNDIDO COM O ESSENCIALISMO.

  • O Essencialismo é uma doutrina filosófica segundo a qual os particulares (pessoas, cadeiras, árvores, números, etc.) têm pelo menos algumas propriedades essencialmente. Um particular tem uma certa propriedade essencialmente quando esse particular não poderia existir sem ter essa propriedade. Por exemplo, intuitivamente, Sócrates não poderia deixar de ter a propriedade de ser um ser humano; mas poderia não ter sido ateniense, se tivesse nascido noutra cidade

  • A definição formal de propriedade essencial é a seguinte:
    Um particular tem uma dada propriedade essencialmente se, e só se, esse particular tem essa propriedade em todos os mundos possíveis nos quais esse particular existe.
    Deste modo, podemos distinguir as propriedades essenciais das propriedades necessárias:
    Um particular tem uma propriedade necessariamente se, e só se, esse particular tem essa propriedade em todos os mundos possíveis.

  • Dada a definição, só os existentes necessários os particulares que existem em todos os mundos possíveis podem ter propriedades necessárias. Os particulares contingentes, como as pessoas, as árvores, etc., só podem ter propriedades essenciais, mas não necessárias.
    Um particular tem uma dada propriedade contingentemente quando tem efectivamente essa propriedade, mas poderia não ter; ou, na linguagem dos mundos possíveis, quando esse particular tem essa propriedade no mundo tal como é, mas não a tem em alguns mundos possíveis.

  • Há propriedades essenciais triviais, como a propriedade de não ser mais alto do que si próprio. Este tipo de propriedades essenciais não caracterizam a tese do essencialismo, que defende a existência de propriedades essenciais substanciais, como a propriedade que a água tem de ser H2O, ou a propriedade que Sócrates tem de ser um ser humano, ou a propriedade que o João tem de ser filho de Maria.

  • As primeiras ideias essencialistas foram defendidas por Aristóteles, mas caíram em desgraça com o nascimento da ciência moderna; tais ideias foram "condenadas por associação pecaminosa", isto é, por estarem de algum modo relacionado com a metafísica medieval, considerada incompatível com a ciência moderna. Quine condena o essencialismo em parte por causa deste preconceito, e em parte porque o essencialismo pressupõe a noção de que o mundo tem uma natureza independente do modo como o pensamos ou descrevemos (realismo), ao qual Quine se opunha igualmente.

  • Willard Van Orman Quine, em "Three Grades of Modal Involvement", caracterizou da seguinte maneira o essencialismo: "A doutrina de que alguns dos atributos de uma coisa (inteiramente independente da linguagem em que a coisa é referida, se é que é referida) pode ser essencial à coisa, e outros, acidentais."[1]
    Quine opõe-se ao essencialismo por considerar que as coisas não têm em si mesmas propriedades essenciais ou acidentais; tudo depende da maneira como as descrevemos. Para provar esta tese, Quine apresenta os famosos argumentos do ciclista matemático e dos planetas. Mas nenhum dos argumentos consegue fazer mais do que refutar a teoria linguística da necessidade, desenvolvida por Carnap e rejeitada por Quine. A nova teoria essencialista apresentada por Kripke e outros filósofos não é abalada pelos argumentos de Quine


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • MINIMALISMO
  • Introdução
  • ESSENCIALISMO
  • 5 lições do livro ?Essencialismo?, de Greg McKeown
  • MINIMALISMO
  • GUARDA ROUPA CAPSULA