Curso Online de Curso Conselheiro em Dependencia Quimica - Módulo 1

Curso Online de Curso Conselheiro em Dependencia Quimica - Módulo 1

O Curso aconselhamento em dependência química da INTERVENÇÃO POSITIVA é destinado a todos que de alguma forma lidam com dependentes quími...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 120,00 Por: R$ 80,00
(Pagamento único)

Mais de 50 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O Curso aconselhamento em dependência química da INTERVENÇÃO POSITIVA é destinado a todos que de alguma forma lidam com dependentes químicos em consultórios, ambulatórios, Comunidades Terapêuticas e Clinicas de tratamento, Neste Módulo do Curso serão abordados princípios de ética e de procedimento no trato com residentes e clientes que estão em tratamento, falaremos sobre a postura do profissional e de como esta postura é fundamental para se ter êxito no tratamento e na manutenção do vinculo de confiança que o profissional deve ter com o residente ou cliente, serão abordados temas como:
? Solidez
? Respeito
? Autenticidade
? Empatia
? Imediaticidade
? Confrontação
? o que são drogas?
? o que é dependência química?,
? Causas da Dependência Química,
? Classificação e Diagnóstico.
? Critérios de Diagnósticos,
? CID-10 e DSM V
? Comorbidades

Gilvan Marcos Taveira de Medeiros, 40 anos dos quais 20 dedicados ao trabalho com dependentes químicos no Brasil, Coach e Mentor reconhecido com selo ISOR - HaloMentoring, Conselheiro terapêutico, diretor administrativo, coordenador terapêutico e terapeuta em diversos centros terapêuticos, cursou aconselhamento em dependência química na UNIAD, capacitação para profissionais de comunidades terapêutica FEBRACT, agente de multiplicação a prevenção do uso de drogas DENARC, conselheiro em dependência química SENAD



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Curso para Conselheiros em Dependências Química

    Curso para Conselheiros em Dependências Química

    Modulo I

  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    O profissional que trabalha na área da dependência química, tem antes de qualquer coisa estar ciente que trabalha com vidas e tem que ter uma postura ética, para este fim, lidar com pessoas creio que é uma das maiores dificuldades da humanidade, neste mundo que hoje o virtual impera e o relacionamento pratico de verdade, com olhar, toque e gestos está ficando cada vez mais distante, o profissional que trabalha com pessoas tem que praticar este relacionamento no seu dia a dia, infelizmente nós que trabalhamos com dependentes químicos lidamos com pessoas que estão desestruturadas emocionalmente e temos que levar isto em conta no nosso relacionamento com eles, pois numa CT o choque de culturas é imenso.

  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Cada um vem de um lugar com uma educação e com seus costumes, e quando chegam até a CT sempre existe aquilo do certo e errado, por isso indispensável a CT ter bem definido o seu regimento interno, para impedir que alguns internos façam o seu próprio regimento. Regras claras e bem definidas são primordiais para o bom funcionamento da CT, esta regra também tem que ter suas diretrizes regidas por profissionais que também tenham um critério ético para poder fazer com que elas sejam cumpridas para não ser aquela situação de faça o que eu mando, mas não faça o que eu faço, já foi dito antes o exemplo não é a melhor forma de se ensinar algo, mas sim a única.

  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Solidez
    Um relacionamento solido com os residentes tem que ser prioritário no perfil do profissional coordenador, terapeuta e monitor, pois o vínculo profissional-residente começa aí sem ter essa solidez o relacionamento se torna insustentável e tudo aquilo que for falado não terá peso pois esse vínculo de confiança não existirá.
    Como alicerce deste vinculo está o relacionamento saudável entre residente e equipe de trabalho, a equipe por muitas das vezes peca em tratar o interno de forma diferente, ao tratar os mesmos membros da equipe, pois esse trato distante sem a construção de um vínculo solido distancia demais uma pessoa que já pela natureza da doença é extremamente desconfiado e arredio a qualquer proximidade ou vinculo de amizade, essa solidez só vai vir através de um relacionamento com “intimidade” afim de que o residente possa se abrir.

  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Solidez
    Com essa solidez o profissional consegue atravessar todas as cascas que protegem esse residente de entrar em contato com seu ‘eu” verdadeiro.
    Essa solidez no relacionamento é o que facilita o trabalho do profissional em poder tomar a decisão certa no pano de tratamento individual com esse residente, tem que se quebrar o paradigma de que o profissional não pode ser amigo do residente ele tem sim que ser amigo do residente e ser seu parceiro nessa luta, pois o residente não pode e nem deve se sentir sozinho nesse momento difícil que está passando, a sua doença já lhe tirou amigos, relacionamentos e outras coisas, nesse momento tudo que ele mais precisa é de alguém em quem possa confiar e se espelhar.

  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Solidez
    Claro que esse relacionamento de amizade, não pode ser confundido com facilitação, uma amizade saudável é transparente e autentica, sem medo de corrigir quando estiver errado, e o residente tem que saber que alguém está lhe escutando e realmente se importa com sua situação e quer ajuda-lo sem julgamento e sem apontamento, alguém que só quer ajudar.

  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Respeito
    A base para um relacionamento saudável é o respeito, sem esse quesito o vínculo acaba aqui.
    O profissional tem que respeitar o residente e procurar entender o contexto da sua história de vida, ele tem que compreender tudo que o residente está passando e respeitar sua história e suas opiniões e sua forma de enxergar as coisas, pois através deste respeito ele pode alcançar a contemplação do tratamento pelo residente, o residente se sentindo respeitado ele fica propicio a respeitar.

  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Respeito
    O residente quando não tendo suas opiniões ouvidas e mesmo tendo sias opiniões debochadas ou de pronto repreendidas pela equipe, se torna cada vez mais rebelde e o vínculo de tratamento se perde, tendo assim um residente que não escuta e provavelmente não terá o aproveitamento que um residente que se sente respeitado em suas peculiaridades terá u residente totalmente arredio e rebelde.
    O respeito vem através de um simples bom dia, um abraço, uma escuta pronta, saber que o residente tem deveres, mas também tem os seus direitos.

  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Respeito
    Um tratamento humanizado respeitoso e amigável é fundamento para base de qualquer plano de tratamento, com esse respeito que vai ser mutuo, e o residente vai entender isso, fica tudo mais “tranquilo”, o residente vai se sentir parte de algo novamente, vai se sentir amado e respeitado como pessoa, a droga e o álcool á trouxeram muitas perdas, julgamentos, humilhações e magoas, tudo que o residente não precisa neste momento é ser apontado, julgado e desrespeitado.

  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Autenticidade
    Nada melhor para cada vez mais estreitar esse laço de respeito e confiança do que a autenticidade na comunicação, ou seja, transparência total, o residente não pode se sentir enganado, ou manipulado ele tem que saber o que está acontecendo e o profissional deve adotar essa postura para poder cada vez mais ganhar a confiança do residente.
    Respostas rápidas sem enrolação e de maneira assertiva com o residente, por mais que pareçam duras tem que ser adotadas pela equipe, claro que existem formas e formas de se falar algo, por isso a importância de se respeitar esse residente para uma comunicação saudável e madura.

  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional

    Autenticidade
    O profissional tem que ter consciência de que a franqueza na comunicação é peça fundamental nesse vinculo terapêutico, o residente tem que ouvir a verdade por mais que ela seja difícil.
    O residente tem que saber os porquês das coisas, para que ele mesmo, tendo essa ajuda, consiga pensar de forma realista sobre o que está acontecendo, pois sua mente já está conturbada com os ocorridos devido ao uso de álcool e outras drogas


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 80,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Curso para Conselheiros em Dependências Química
  • Curso para Conselheiros em Dependência Química – Perfil do Profissional
  • Curso para Conselheiros em Dependências Química – À Doença
  • Curso para Conselheiros em Dependências Química – Classificação e Diagnóstico
  • Curso para Conselheiros em Dependências Química – Critérios de Diagnósticos