Curso Online de Filosofia Moderna

Curso Online de Filosofia Moderna

A Filosofia Moderna é entendida como toda produção filosófica que se desenvolveu entre meados do século XV até o século XVIII, na Europa....

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas


Por: R$ 29,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A Filosofia Moderna é entendida como toda produção filosófica que se desenvolveu entre meados do século XV até o século XVIII, na Europa. Corresponde ao período da história da humanidade que vai desde a queda de Constantinopla, em 1453, até a Revolução Francesa, em 1789.

Nesta época ocorreram muitas mudanças importantes na sociedade européia, entre elas a retomada da valorização do ser humano, em oposição à primazia de Deus ou da fé, o renascimento cultural, com a retomada dos saberes e das artes clássicas, a invenção da imprensa e a difusão do conhecimento escrito, entre tantas outras.

Todas essas mudanças possibilitaram novos modos de se fazer filosofia. Um dos filósofos mais destacados deste período é o francês René Descartes. Outros também importantes são John Locke, Francis Bacon, Blaise Pascal, Baruch Espinoza, David Hume, Jean-Jacques Rousseau, Immanuel Kant e George W. F. Hegel.

Bruno Carrasco, professor de filosofia e psicologia. Pesquisador na área de humanas. Graduado em Psicologia, licenciado em Filosofia e Pedagogia, pós-graduado em Ensino de Filosofia e especializado em Psicoterapia Fenomenológico-Existencial, possui formação em Educação Participativa e Arteterapia. Possui interesse em diversas áreas, tais como a psicologia, a filosofia, as artes e a pedagogia. Busca somar conhecimentos e experiências de modo a compreender cada ser humano de maneira aprofundada, reconhecendo suas particularidades e seus distintos modos de ser e de se pronunciar.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • CURSO DE FILOSOFIA MODERNA

  • Renascimento e Modernidade Filosofia Moderna - Aula 1

    Por Bruno Carrasco,
    professor de filosofia e psicologia.
    www.ex-isto.com | 2020

  • Idade Moderna

    O período chamado de Idade Moderna se inicia em meados do século XV, e vai até o final do século XVIII.
    Neste período ocorreram uma série de mudanças nas sociedades europeias, promovendo inicialmente um retorno na valorização do ser humano e da natureza, indo em direção da criação de novas formas de entendimento de mundo e as bases das ciências modernas.
    Tratas-se de um período, de certa forma próximo de nós, por sermos ainda, em alguns aspectos, herdeiros dessas filosofias.
    Bruno Carrasco www.ex-isto.com

  • Modernidade

    O conceito de “modernidade” costuma estar relacionado ao “novo”, àquilo que rompe com a tradição, geralmente relacionado a um sentido positivo de mudança, entendido como transformação e progresso.
    Esse conceito envolve uma ideia de superioridade do “novo” sobre o “velho”, rejeitando a autoridade que vinha da tradição. Isso é perceptível nas filosofias que surgem neste período, de modo cada vez mais intenso, onde cada vertente se apresentava partindo de críticas e contradições às anteriores a ela, e assim seguindo.
    Bruno Carrasco www.ex-isto.com

  • Mudanças sociais e econômicas

    No plano socioeconômico, houve passagem do feudalismo para o capitalismo, com o florescimento do comércio, o estabelecimento de grandes rotas comerciais, o predomínio do capital comercial e a emergência da burguesia.
    Nesse cenário, se desenvolveu o absolutismo, onde um monarca tinha o poder absoluto, independente de outro órgão; o mercantilismo, valorizando a prosperidade econômica; as grandes navegações e a expansão comercial-marítima, e o encontro com o “Novo Mundo”.
    Bruno Carrasco www.ex-isto.com

  • Port Scene with the Villa Medici, pintura de Claude Lorrain (1600-1682)

  • Progresso e valorização do indivíduo

    De todas as mudanças sociais e econômicas emergem duas ideias fundamentais:
    A ideia de progresso: que considera o novo melhor, ou mais avançado, que o antigo;

    A valorização do indivíduo (subjetividade): colocando o indivíduo no lugar da certeza e da verdade, inclusive como a origem dos valores, em oposição a tradição, ao saber adquirido pela fé ou pela autoridade externa.
    Bruno Carrasco www.ex-isto.com

  • Fatores históricos

    Entre os principais fatores históricos que influenciam a filosofia moderna estão o desenvolvimento do humanismo renascentista, no século XV; a descoberta do novo mundo, no final do século XV; a reforma protestante no século XVI, e a revolução científica, no século XVII.
    O desenvolvimento do mercantilismo possibilita um novo modelo econômico, que transforma a economia feudal. Juntamente com o surgimento e consolidação dos Estados nacionais, vão transformando a estrutura política do feudalismo e abrindo caminho para uma nova forma de economia e vida.
    Bruno Carrasco www.ex-isto.com

  • “O fortalecimento das monarquias nacionais correspondia ao enfraquecimento da nobreza e da Igreja. Também representava a ascensão de uma nova classe social, a burguesia, dedicada às finanças, ao comércio e à manufatura.” (Bernadette Abrão, em ‘História da Filosofia', 1999)

  • Humanismo renascentista

  • Humanismo renascentista

    O Renascimento propõe uma ruptura com o período medieval e sua divisão fortemente hierárquica de mundo, que tinha sua arte voltada exclusivamente para os elementos sagrados e a filosofia como serva da teologia e da problemática religiosa.
    O Humanismo retoma a herança greco- -romana como referência base para constituir a identidade cultural desta passagem da Idade Média para a Idade Moderna, se afastando da temática religiosa, inclusive se aproximando de temas pagãos, rompendo com a visão teocêntrica, valorizando o interesse pelo homem em si mesmo.
    Bruno Carrasco www.ex-isto.com


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • 1. Renascimento e Modernidade
  • -Idade Moderna
  • -Mudanças sociais e econômicas
  • -Progresso e valorização do indivíduo
  • -Fatores históricos
  • -Humanismo renascentista
  • -Reforma protestante
  • -Criação da imprensa
  • -Descoberta do Novo Mundo
  • -Ciência natural
  • -Renascimento
  • -Inquisição
  • -Filosofia Moderna
  • -A elaboração de um método
  • -Razão e matemática
  • -Ciência e Método Científico
  • 2. Ciência Moderna
  • -Prever para prover
  • -Thomas Hobbes
  • -Materialismo e Mecanicismo
  • -Francis Bacon
  • -Saber é poder
  • -Novum organum
  • -Método de investigação
  • -Galileu Galilei
  • -O que é Ciência?
  • -Epistemologia
  • -Leis e teorias
  • -Características do método científico
  • -Precisão e refutabilidade
  • -Ciências Modernas
  • 3. Racionalismo e Empirismo
  • -A procura de um método
  • -Razão e matemática
  • -René Descartes
  • -O sujeito do conhecimento
  • -Dualismo mente X corpo
  • -Racionalismo
  • -Método Cartesiano
  • -Descartes e o inatismo
  • -Baruch Espinosa
  • -Monismo
  • -Blaise Pascal
  • -Empirismo
  • -John Locke
  • -Mente como "tábula rasa"
  • -Constituição do conhecimento
  • -David Hume
  • -Percepções da vida psíquica
  • -Críticas ao conhecimento científico
  • 4. Iluminismo e Idealismo
  • -Contexto social e econômico
  • -Confiança na razão
  • -Século das Luzes
  • -Iluminismo e ideologia burguesa
  • -Conhecer a realidade e intervir nela
  • -Jean-Jacques Rousseau
  • -Concepção de ser humano
  • -Immanuel Kant
  • -Autonomia em Kant
  • -Limites do conhecimento
  • -Impasse entre empirismo e racionalismo
  • -Idealismo
  • -Hegel
  • -Espírito e mudança
  • -Movimento dialético
  • -Positivismo
  • -Culto da ciência e busca das leis gerais
  • Referências bibliográfic