Curso Online de PROPRIEDADES FÍSICAS DOS SOLOS

Curso Online de PROPRIEDADES FÍSICAS DOS SOLOS

A textura de um solo é sua aparência ou “sensação ao toque” e depende dos tamanhos relativos e formas das partículas, bem como da faixa o...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A textura de um solo é sua aparência ou “sensação ao toque” e depende dos tamanhos relativos e formas das partículas, bem como da faixa ou distribuição desses tamanhos.

Estanislau de Lima Barros Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4759288052927293 Licenciado no ano de 2014 no curso de Letras: Português e Inglês bem como suas respectivas literaturas pela Universidade Paulista, SP. Especialista em Supervisão Escolar pela Faculdade de Mantena, MG. Especialista em Cultura e Literatura pela Faculdade de Mantena, MG. Especialista em Mídias na Educação pela Universidade Federal de Rio Grande, RS. Mestrado em Ciências da Religião pela FSTN, MG. Desempenhou a função de Assessor Pedagógico na Secretaria Municipal de Educação de Gravataí – RS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • PROPRIEDADES FÍSICAS DOS SOLOS

    1

    PROPRIEDADES FÍSICAS DOS SOLOS

  • Sumário

    2

    Sumário

    Textura
    Tamanho de Grão e Distribuição Granulométrica
    Forma da Partícula
    Limites de Atterberg
    Considerações sobre Análise Granulométrica
    Considerações sobre Sedimentação

  • 1. Textura dos Solos

    3

    1. Textura dos Solos

  • 4

  • 1.1 Textura

    5

    1.1 Textura

    A textura de um solo é sua aparência ou “sensação ao toque” e depende dos tamanhos relativos e formas das partículas, bem como da faixa ou distribuição desses tamanhos.

    Peneiramento

    Sedimentação

  • 1.2 Características

    6

    1.2 Características

    (Holtz and Kovacs, 1981)

  • 2. Tamanho de Grão e Distribuição Granulométrica

    7

    2. Tamanho de Grão e Distribuição Granulométrica

  • 2.1 Tamanho de Grão

    8

    2.1 Tamanho de Grão

    Pedreguho

    Areia

    Silte

    Argila

    4.75

    Unit: mm

    (Holtz and Kovacs, 1981)

    USCS

    BS

    0.075

    2.0

    0.06

    0.002

    USCS: Unified Soil Classification
    BS: British Standard

  • Nota:

    9

    Nota:

    Fração argila

    Argilo-minerais

    Exemplo:
    Caolinita, Ilita, Montmorilonita, etc.

    Exemplo:
    Uma pequena partícula de quartzo pode ter tamanho similar ao de argilo-minerais.

  • 2.2 Distribuição Granulométrica

    10

    2.2 Distribuição Granulométrica

    (Head, 1992)

    Peneira

  • 11


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • PROPRIEDADES FÍSICAS DOS SOLOS
  • Sumário
  • 1. Textura dos Solos
  • 1.1 Textura
  • 1.2 Características
  • 2. Tamanho de Grão e Distribuição Granulométrica
  • 2.1 Tamanho de Grão
  • Nota:
  • 2.2 Distribuição Granulométrica
  • 2.2 Distribuição Granulométrica (Cont.)
  • Pergunta
  • 2.2 Distribuição Granulométrica (Cont.)
  • 3. Forma da Partícula
  • 4. Limites de Atterberg e Índices de Consistência
  • 4.1 Limites de Atterberg
  • 4.1 Limites de Atterberg (Cont.)
  • 4.2 Limite de Liquidez-LL
  • 4.2.1 Método de Casagrande
  • 4.2.1 Método de Casagrande (Cont.)
  • 4.3 Limite de Plasticidade - LP
  • 4.4 Limite de Contração - LC
  • 4.4 Limite de Contração - LC (Cont.)
  • 4.5 Típicos Valores dos Limites de Atterberg
  • 4.6 Índices
  • 4.6 Indices (Cont.)
  • 4.7 ENGENHARIA DE APLICAÇÕES
  • 5. Algumas Considerações sobre a análise granulométrica
  • 6. Algumas Considerações sobre a Análise Hidrômetro
  • 8. Referencias
  • 8. References