Curso Online de RENASCIMENTO

Curso Online de RENASCIMENTO

Renascimento (ou Renascença) foi um período na história do mundo ocidental com um movimento cultural marcante na Europa, considerado como...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Renascimento (ou Renascença) foi um período na história do mundo ocidental com um movimento cultural marcante na Europa, considerado como um marco do final da Idade Média e o início da Idade Moderna. Começou no século XIII na Itália e difundiu-se pela Europa no decorrer dos séculos XIV, XV e XVI.

SOU FORMADA EM HISTORIA,PEDAGOGIA,ARTES,TENHO CURSO DE AUXILIAR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO TENHO PÓS- GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL, E PSICOPEDAGOGIA, DOU AULA NA APAE, HÁ 7 ANOS, MAS JÁ TRABALHO NA ENTIDADE HÁ 17 ANOS,ATUO NO ESTADO COMO EVENTUAL NA ÁREA DE HISTÓRIA E ARTES.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • o renascimento

    adriana coutinho

  • o termo renascimento, ou renascença, faz referência a um movimento intelectual e artístico surgido na itália, entre os séculos xiv e xvi, e daí difundido por toda a europa. à concepção medieval do mundo se contrapõe uma nova visão, empírica e científica, do homem e da natureza. a idéia de um 'renascimento' ocorrido nas artes e na cultura relaciona-se à revalorização do pensamento e da arte da antigüidade clássica e à formação de uma cultura humanista. a obra do pintor, arquiteto e teórico giorgio vasari (1511-1574) constitui a principal fonte de informação acerca da arte renascentista italiana. a renovação das artes ocorrida na itália, segundo o seu célebre vida dos mais excelentes pintores, escultores e arquitetos (1550; 2ª edição 1568), tem como ponto de apoio a recusa do antinaturalismo da tradição bizantina e, paralelamente, a redescoberta da escultura clássica operada por nicola pisano no sarcófago de pisa.

    renascimento

  • renascimento (ou renascença) foi um período na história do mundo ocidental com um movimento cultural marcante na europa, considerado como um marco do final da idade média e o início da idade moderna. começou no século xiii na itália e difundiu-se pela europa no decorrer dos séculos xiv, xv e xvi.

    além de atingir a filosofia, as artes e as ciências, o renascimento fez parte de uma ampla gama de transformações culturais, sociais, econômicas, políticas e religiosas que caracterizam a transição do feudalismo para o capitalismo. nesse sentido, o renascimento pode ser entendido como um elemento de ruptura, no plano cultural, com a estrutura medieval.

    o renascimento cultural manifestou-se primeiro na península itálica, tendo como principais centros as cidades de milão, gênova, veneza, florença e roma, de onde se difundiu para todos os países da europa ocidental. porém, o movimento apresentou maior expressão na itália. não obstante, é importante conhecer as manifestações renascentistas da inglaterra, alemanha, países baixos, e menos intensamente, de portugal e espanha.

    renascimento

  • o movimento renascentista envolveu uma nova sociedade e, portanto novas relações sociais em seu cotidiano. a vida urbana passou a implicar um novo comportamento, pois o trabalho, a diversão, o tipo de moradia, os encontros nas ruas, implicavam por si só um novo comportamento dos homens. isso significa que o renascimento não foi um movimento de alguns artistas, mas uma nova concepção de vida adotada por uma parcela da sociedade, e que será exaltada e difundida nas obras de arte.

    apesar de recuperar os valores da cultura clássica, o renascimento não foi uma cópia, pois utilizava-se dos mesmos conceitos, porém aplicados de uma nova maneira à uma nova realidade. assim como os gregos, os homens “modernos” valorizaram o antropocentrismo: “o homem é a medida de todas as coisas”; o entendimento do mundo passava a ser feito a partir da importância do ser humano, o trabalho, as guerras, as transformações, os amores, as contradições humanas tornaram-se objetos de preocupação, compreendidos como produto da ação do homem.

    renascimento

  • galileu  o físico e astrônomo italiano galileu afirmava que a terra girava ao redor do sol, contra as crenças da igreja católica, segundo a qual a terra era o centro do universo. negou-se a retratar-se, apesar das ordens de roma, e foi sentenciado à prisão perpétua.

    renascimento

  • os valores  o movimento renascentista envolveu uma nova sociedade e portanto novas relações sociais em seu cotidiano. a vida urbana passou a implicar um novo comportamento, pois o trabalho, a diversão, o tipo de moradia, os encontros nas ruas, implicavam por si só um novo comportamento dos homens. isso significa que o renascimento não foi um movimento de alguns artistas, mas uma nova concepção de vida adotada por uma parcela da sociedade, e que será exaltada e difundida nas obras de arte.  apesar de recuperar os valores da cultura clássica, o renascimento não foi uma cópia, pois utilizava-se dos mesmos conceitos, porém aplicados de uma nova maneira à uma nova realidade. assim como os gregos, os homens "modernos" valorizaram o antropocentrismo: "o homem é a medida de todas as coisas"; o entendimento do mundo passava a ser feito a partir da importância do ser humano, o trabalho, as guerras, as transformações, os amores, as contradições humanas tornaram-se objetos de preocupação, compreendidos como produto da ação do homem. 

    renascimento os valores

  • a sociedade renascentista, as pessoas tinham consciência de viver numa época diferente da do período medieval, que era considerada como na idade das trevas e por isso repudiada. assim, opunham –se misticismo, ao coletivismo, ao teocentrismo e o geocentrismo, elementos essenciais daquela cultura.
    o traço marcante do renascimento era o racionalismo, expresso na convicção de que tudo se poderia se explicar pela razão e pela observação objetiva da natureza

    principais cartacteristicas

  • centro das preocupações do pensamento renascentista, o ser humano passou a ser considerado a obra mais perfeita do criador, capaz de compreender, modificar e ate dominar toda natureza. gestado nesse época o humanismo se tornara referencia por muitos pensadores nos séculos seguintes, inclusive para iluministas do século xviii.

    humanismo

  • mapa da europa

  • Trecento

    trecento

    o trecento (em referência ao século xiv) manifesta-se predominantemente na itália, mais especificamente na cidade de florença, pólo político, econômico e cultural da região. giotto, dante alighieri, boccaccio e petrarca estão entre seus representantes.

    características gerais:
    rompimento com o imobilismo e a hierarquia da pintura medieval;
    valorização do individualismo e dos detalhes humanos

  • quattrocento

    durante o quattrocento (século xv) o renascimento espalha-se pela península itálica, atingindo seu auge. neste período atuam masaccio, mantegna, botticelli, leonardo da vinci, rafael e, no seu final, michelangelo (que já prenuncia certos
    ideais anti-clássicos utilizando-se da linguagem clássica, o que caracteriza o maneirismo, a etapa final do renascimento), considerados os três últimos o "trio sagrado" da renascença.

    características gerais:
    inspiração greco-romana (paganismo e línguas clássicas),
    racionalismo,
    experimentalismo.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Trecento
  • POEMA
  • AGRADECIMENTOS
  • REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS
  • CURSO
  • MENSAGEM
  • AGRADECIMENTOS
  • Amplie seus conhecimentos!!! ACESSE OUTROS CURSOS. SEJAM BEM VINDOS!!!