Curso Online de Ansiedade! Livre-se dela.

Curso Online de Ansiedade! Livre-se dela.

O curso aborda uma questão considerada hoje, como o novo mal do século, suplantando a depressão, ela acomete grande parte da população mu...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 29,09
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso aborda uma questão considerada hoje, como o novo mal do século, suplantando a depressão, ela acomete grande parte da população mundial.


  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • ANSIEDADE LIVRE-SE DELA

    ANSIEDADE LIVRE-SE DELA

    ANSIEDADE!

    LIVRE-SE DELA

  • ANSIEDADE

    ANSIEDADE

    Definição :
    De acordo com os dicionários não técnicos o termo "ansiedade" tem várias definições : aflição, angústia, perturbação do espírito causada pela incerteza, relação com qualquer contexto de perigo, entre outros.
    Levando-se em conta o aspecto técnico, devemos entender ansiedade como um fenômeno que ora nos beneficia, ora nos prejudica, dependendo das circunstâncias ou intensidade, e que pode tornar-se patológico, isto é, prejudicial ao nosso funcionamento psíquico (mental) e somático (corporal).
    A ansiedade estimula o indivíduo a entrar em ação, porém, em excesso, faz exatamente o contrário, impedindo reações.
    A ansiedade é uma emoção normal e extremamente útil assim como o medo, entretanto existem situações em que ele passa a ser uma doença.

  •  É um estado emocional desagradável que vai do vago desconforto ao medo in­tenso. A pessoa ansiosa costuma ter uma sensação de desastre iminente, mesmo não havendo nenhuma amea­ça real, e certos sintomas físicos e psi­cológicos. Uma certa dose de ansieda­de é normal e serve para melhorar o desempenho. A ansiedade toma-se um sintoma quando começa a inibir o pen­samento e a perturbar as atividades normais do dia-a-dia

  • A ansiedade avisa o indivíduo sobre a possibilidade de frustrações das suas necessidades sociais, ameaça ao sucesso ou status, separação das pessoas que ama, a impotência de realizar o que deseja, e também a possíveis danos a integridade física.
    É caracterizada pela sensação difusa ou vaga de apreensão, tensão e insegurança, muito frequentemente é acompanhada de percepções físicas como palpitações, sudorese e desconfortos abdominais. 
    Assim como o medo a ansiedade é um sinal de alerta que avisa sobre a existência de um perigo iminente, entretanto enquanto no medo a ameaça é algo conhecido e externo (baratas, assaltos, etc.) na ansiedade o perigo é algo desconhecido ou difuso, sua origem é muito mais interna do que externa.

  • A ansiedade é considerada pelos psicólogos como a mais perigosa doença do século. De acordo com OMS mais de 50% das pessoas que passam pelos hospitais são vítimas da ansiedade. O psicólogo Rollo May afirma que a ansiedade é o mais urgente e o mais grave problema desta geração.
    A ansiedade atinge todas as idades:
    As crianças estão sofrendo de ansiedade;
    Os adolescentes estão enfrentando ansiedade: espinhas no rosto, a briga com o espelho, a pressão da família em relação ao vestibular;
    Os jovens estão vivendo em ansiedade: Com quem vou me casar? Onde vou trabalhar?;
    Os casados estão ansiosos, vivendo a pressão da estabilidade financeira; a garantia no emprego; o estudo dos filhos; o namoro dos filhos; o medo de perder o emprego;
    Os idosos vivem ansiosos, é o medo da doença, medo da solidão. Ansiedade em relação aos filhos e aos netos.

  • Talvez seja a doença mais democrática da nossa geração.
    Ela atinge crianças, jovens e velhos;
    ela está presente na vida de doutores e analfabetos;
    ela enfia suas garras em religiosos e ateus.
    A palavra ansiedade, na língua grega, significa estrangulamento. A ansiedade nos tira o oxigênio, corta o nosso fôlego e nos asfixia. Ela rouba nossas forças, embaça nossos olhos e tira de nós a perspectiva do futuro.
    A ansiedade é um mal que atinge a todos, pobres e ricos, doutores e analfabetos, homens e mulheres, adultos e crianças.
     

  • Ansiedade é uma vivência humana universal, dentro do espectro da normalidade, é proximamente associada à vivência de medo. 
    Como todo estado emocional a ansiedade é um sinal, preparando o indivíduo para o que poderá acontecer dado um certo contexto ambiental específico.
    Do ponto de vista biológico, é um estado de funcionamento cerebral ligado à percepção de contextos ambientais potencialmente ameaçadores, que possibilita a identificação do perigo e o grau da ameaça (potencial, distante ou iminente) e leva a ações comportamentais específicas de enfrentamento.

  • “Qualquer transtorno mental é decorrente de uma complexa interação de fatores biológicos, psicológicos e até sociais"

  • A ansiedade pode apresentar vários sintomas que podem se diferenciar de pessoa para pessoas. Dentre os sintomas estão às preocupações, tensões e medos podendo ser bastante exagerado em caso de ansiedade patológica. Sensação contínua de que um desastre ou mesmo algo ruim irá acontecer. Preocupações exagerados com o trabalho, família e dinheiro.
    Medo de algum objeto ou uma situação em particular, além do medo exagerado de ser humilhado publicamente. Também pode apresentar falta de controle sobre pensamentos, imagens e atitudes que se repetem independentemente da vontade da pessoa. Pavor de uma situação bem difícil. Outros sintomas também comuns são inquietação, fadiga, irritabilidade, dificuldade de concentração, tensão muscular.
    Além de falta de ar, taquicardia, aumento da pressão arterial, insônia, confusão, boca seca, sudorese excessiva, dor de cabeça, alterações na alimentação, náuseas, aperto no peito e também dores musculares. Lembrando que esses sintomas podem ser brandos e também extremos em caso de ansiedade patológica, além de poder diferenciar-se de pessoa para pessoa.

  • Os transtornos da ansiedade têm sintomas muito mais intensos do que aquela ansiedade normal do dia a dia. Eles aparecem como:
    Preocupações, tensões ou medos exagerados (a pessoa não consegue relaxar)
    Sensação contínua de que um desastre ou algo muito ruim vai acontecer
    Preocupações exageradas com saúde, dinheiro, família ou trabalho
    Medo extremo de algum objeto ou situação em particular
    Medo exagerado de ser humilhado publicamente
    Falta de controle sobre pensamentos, imagens ou atitudes, que se repetem independentemente da vontade
    Pavor depois de uma situação muito difícil.
    Veja o quadro a seguir:

  • A ansiedade, entretanto, pode se manifestar de várias maneiras, havendo muitas patologias diferentes, como explica o médico psiquiatra e professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) no Hospital de Clínicas, Élio Luiz Mauer. “As fobias, a síndrome do pânico e o Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) também são formas de manifestação da ansiedade por terem relação com a alteração da ansiedade normal”, afirma. Dentre todas as possibilidades, a mais comum é o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG).
    Essa variação da ansiedade se caracteriza pelo pessimismo. “Nesses casos, o paciente tem um temor muito grande do infortúnio. Ela acha que as chances de as coisas darem errado é maior para ela, é uma ansiedade antecipatória”, relata. Segundo Mauer, a ansiedade patológica, seja ela generalizada ou de outro tipo, apresenta sintomas físicos, além de se manifestar no aspecto emocional. “A doença causa sudorese, respiração ofegante e outros distúrbios respiratórios, além de problemas gastro-intestinais e cardíacos”.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,09
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • ANSIEDADE LIVRE-SE DELA
  • ANSIEDADE
  • CAUSAS DO TRANSTORNO DA ANSIEDADE
  • TRATAMENTO DE ANSIEDADE
  • Como Acalmar a Ansiedade
  • Ações que ajudam no controle da Ansiedade