Curso Online de REDAÇÃO DISSERTATIVA-ARGUMENTATIVA

Curso Online de REDAÇÃO DISSERTATIVA-ARGUMENTATIVA

APRENDA EM POUCOS PASSOS COMO FAZER SUA REDAÇÃO DISSERTATIVA-ARGUMENTATIVA PARA O ENEM, CONCURSOS E VESTIBULARES.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

APRENDA EM POUCOS PASSOS COMO FAZER SUA REDAÇÃO DISSERTATIVA-ARGUMENTATIVA PARA O ENEM, CONCURSOS E VESTIBULARES.

Professora do ensino fundamental e médio COM FORMAÇÃO EM PORTUGUÊS, INGLÊS E SUAS LITERATURAS. TEL CEL 11 984378509



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Quer tirar Nota Mil na redação do Enem? Comece agora!

    Quer tirar Nota Mil na redação do Enem? Comece agora!

    Essa competência trata da inteligibilidade do seu texto, ou seja, de sua coerência, da plausibilidade entre as ideias apresentadas.
    A inteligibilidade de sua redação depende, portanto, dos seguintes fatores:
    relação de sentido entre as partes do texto; precisão vocabular; seleção de argumentos; progressão temática adequada ao desenvolvimento do tema, revelando que a redação foi planejada e que as ideias desenvolvidas são pouco a pouco apresentadas, em uma ordem lógica; e adequação entre o conteúdo do texto e o mundo real.

  • O que é um texto dissertativo-argumentativo?

    O que é um texto dissertativo-argumentativo?

    O texto dissertativo-argumentativo é um texto que se organiza na defesa de um ponto de vista sobre determinado assunto.
    É fundamentado com argumentos, para influenciar a opinião do leitor ou ouvinte, tentando convencê-lo de que a ideia defendida está correta. É preciso, portanto, expor e explicar ideias.
    Daí sua dupla natureza: é argumentativo porque defende uma tese, uma opinião, e é dissertativo porque são utilizadas explicações para justificá-la.
    Seu objetivo é, em última análise, convencer ou tentar convencer o leitor pela apresentação de razões e pela evidência de provas, à luz de um raciocínio coerente e consistente.

  • A sua redação atenderá às exigências de elaboração de um texto dissertativo-argumentativo

    A sua redação atenderá às exigências de elaboração de um texto dissertativo-argumentativo

    se combinar os dois princípios de estruturação:

  • Como fazer uma boa argumentação

    Como fazer uma boa argumentação

    Antes de passar as dicas, vamos entender a diferença entre fatos, opinião, tese e argumento. Todos esses recursos serão muito importantes na construção da nossa argumentação.   

  • OBSERVE:

    OBSERVE:

  • Fatos:

    Fatos:

    alguma coisa que aconteceu.  
    Por exemplo: o Mensalão - esquema de corrupção - desviou mais de R$ 100 mi, de acordo com os laudos da Polícia Federal.   

  • Opinião:

    Opinião:

    é algo em que você acredita. Não podemos contestar porque é algo totalmente pessoal. 
    Por exemplo: existe muita corrupção no Brasil e eu sou contra esse tipo de conduta.

  • Tese:

    Tese:

    é o porquê da nossa opinião. É o nosso posicionamento em relação ao mundo, que defendemos com razões universalizáveis. Ou seja, algo do qual eu desejo convencer as pessoas e com o que elas podem concordar ou não. 
    Por exemplo: a corrupção existe no Brasil, em grande parte, porque não há Justiça eficiente.

  • Argumentação:

    Argumentação:

    é a defesa da tese. Construída com base em exemplos (fatos) e análises (conclusões que tiramos a partir da observação das coisas), sempre com o objetivo de convencer o leitor da nossa tese. 
    Quando você fizer o seu argumento, você precisa retormar a tese e fundamentar com os fatos. Vale lembrar que não existe uma receita para argumentar e esse recurso depende muito do tom que você utilizar em seu texto. 
    Viu só a diferença? Às vezes, ela é bem sutil, mas é importante ter cada conceito bem claro na hora de escrever o seu texto

  • Resumindo: 

    Resumindo: 

    eu tenho uma posição, eu sustento essa posição por meio de argumentos e eu sustento esses argumentos por meio de fatos.   

  • Informações para basear os argumentos 

    Informações para basear os argumentos 

    Agora que você já sabe diferenciar um recurso do outro e compreendeu o conceito de argumentação, vamos ver como isso funciona na prática. Existem três principais tipos de argumentação: 
    Baseada em referências históricas;
    Baseadas em casos divulgados pela mídia;
    Baseadas em dados estatísticos.
    De acordo com Marina, é muito importante que você apresente fatos (para sustentar seus argumentos), mas sem esquecer de fazer uma análise em cima deles. Lembre-se que seu objetivo é convencer o leitor de sua tese e isso são será feito se você apenas relatar o que aconteceu. É preciso ir além e mostrar como eles se relacionam com seu posicionamento. 


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • REDAÇÃO DISSERTATIVA-ARGUMENTATIVA
  • Redação Passo-a-Passo
  • Redação faz a diferença
  • Como fazer uma boa argumentação
  • Tese
  • Argumentação
  • Resumindo:
  • Informações para basear os argumentos
  • Como Fazer um Texto Dissertativo Argumentativo
  • Dissertação Objetiva
  • Dissertação Subjetiva
  • A Argumentação do Texto Dissertativo
  • Tipos de argumentos
  • Aprenda Como fazer uma Introdução
  • Como Fazer um Desenvolvimento para a redação
  • O que um desenvolvimento não deve conter
  • Aprenda a cortar o que não interessa
  • Criando um texto bem conectado
  • Qual a função do desenvolvimento
  • Exemplo de um bom desenvolvimento
  • Como concluir uma redação
  • O que não deve estar na conclusão
  • Como concluir um texto
  • AGORA VAMOS LÁ