Curso Online de Bullying : Conhecendo para combater.
5 estrelas 4 alunos avaliaram

Curso Online de Bullying : Conhecendo para combater.

O Bullying nas escolas se caracteriza por comportamentos agressivos e anti-sociais e tem consequências gravíssimas a todos os personagen...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 50 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O Bullying nas escolas se caracteriza por comportamentos agressivos e anti-sociais e tem consequências gravíssimas a todos os personagens envolvidos e, é claro, a toda a sociedade. O curso proporciona aos participantes conhecimentos sobre a temática do bullying, fornece informações sobre as diferentes formas de buyillng, como identificar os sinais do bullying nas vítimas e agressores. Enfatiza os prejuízos que este fenômeno causa na vida dos envolvidos. O curso é destinado aos professores, psicólogos, pais, animadores sócio-culturais, agentes educadores, estudantes e outros profissionais das áreas sociais, que pretendam adquirir conhecimentos nesta área de atuação.

Pedagoga, especialista em Designer Instrucional para EaD virtual (Universidade Federal de Itajubá), Educação Empreendedora (Universidade Federal de São João Del Rei) e Gestão de Pessoas e Projetos Sociais (Universidade Federal de Itajubá). Experiência como Professora do ensino Fundamental, Supervisora Escolar, Coordenadora Pedagógica e aplicação/avaliação de políticas públicas voltadas a educação.


"Excelente, muito bom."

- Adriana Aparecida Alexandrino

"Otimo, gostei muito, os fatos foram abordados em toda a sua complexidade."

- Maria Do Carmo Silva Souza

"O curso atendeu minhas expectativas, pois procurou colocar em pauta uma avaliação de todos envolvidos nos episodios, autores, expectadores e vítimas.É importante este conhecimento para melhor combater essa violência que pode levar a situações perigosas que infelizmente pipocam em nossos noticiários.Sem dúvida, a qualidade da matéria foi muito relevante e as indicações de sites, blogs permitiram que nos aprofundassemos mais no assunto.Recomendo!"

- Nadia Elisabeth Jokuska Camero

"acho que poderia ter mais informações sobre a legislação e o que está tramitindo nos órgãos que competem obrigada"

- Lucia Zilah Pires De Almeida

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Bullying: Conhecendo para combater.

    bullying: conhecendo para combater.

    prof(a): claudia carrera diniz

  • dicas para o melhor aproveitamento do curso: leia com atenção todo o conteúdo;
    assista todos os vídeos;

    leia todos os textos indicados;
    visite os sites que são recomendados; use os links apontados, para um melhor aproveitamento de todo conteúdo; tome nota do que achar relevante.

  • seja bem-vindo e bom curso.

  • Origem do termo bullying

    origem do termo bullying

  • O bullying como fenômeno atual

    o bullying como fenômeno atual

    a popularidade do fenômeno cresceu com a influência dos meios eletrônicos, como a internet e as reportagens na televisão, pois os apelidos pejorativos e as brincadeiras ofensivas foram tomando proporções maiores. o fato de ter consequências trágicas - como mortes e suicídios - e a impunidade proporcionaram a necessidade de se discutir de forma mais séria o tema.

  • Histórico do Fenômeno

    histórico do fenômeno

    o bullying é um fenômeno mundial tão antigo quanto a própria escola. apesar dos educadores terem consciência da problemática existente entre agressor e vítima, poucos esforços foram despendidos para o seu estudo sistemático até princípios da década de 1970.
    nos estados unidos, o bullying é hoje tema de grande interesse. o fenômeno cresce entre os alunos das escolas americanas. os índices de sua incidência são tão altos que os pesquisadores americanos o classificam como um conflito global e prevêem que, se persistir essa tendência, será grande o numero de jovens que se tornarão adultos abusadores e delinqüentes.
    o bullying não é somente um fenômeno que causa dor e sofrimento às suas vítimas, mas um fenômeno excludente que se contrapõem aos objetivos da educação do século xxi: “escola inclusiva, segura e de qualidade”

  • Nem toda agressão é bullying

    nem toda agressão é bullying

    discussões ou brigas pontuais não são bullying. conflitos entre professor e aluno ou aluno e gestor também não são considerados bullying. para que seja bullying, é necessário que a agressão ocorra entre pares (colegas de classe ou de trabalho, por exemplo). todo bullying é uma agressão, mas nem toda a agressão é classificada como bullying. 

    para ser dada como bullying, a agressão física ou moral deve apresentar quatro características: a intenção do autor em ferir o alvo, a repetição da agressão, a presença de um público espectador e a concordância do alvo com relação à ofensa. quando o alvo supera o motivo da agressão, ele reage ou ignora, desmotivando a ação do autor.

  • Vídeo:

    vídeo:

    assista o documentário “bullying, por quê?” produzido pela escola getúlio vargas da cidade de resende/rj.

    http://videos.sapo.pt/okdlz8neefzht0hk867j

  • O autor do bullying

    o autor do bullying

    o que leva o autor do bullying a praticá-lo é querer ser mais popular, sentir-se poderoso e obter uma boa imagem de si mesmo. isso tudo leva o autor do bullying a atingir o colega com repetidas humilhações ou depreciações. é uma pessoa que não aprendeu a transformar sua raiva em diálogo e para quem o sofrimento do outro não é motivo para ele deixar de agir. pelo contrário, sente-se satisfeito com a opressão do agredido, supondo ou antecipando quão dolorosa será aquela crueldade vivida pela vítima.

  • O espectador do bullying

    o espectador do bullying

    o espectador é um personagem fundamental no bullying. é comum pensar que há apenas dois envolvidos no conflito: o autor e o alvo. mas os especialistas alertam para um terceiro personagem responsável pela continuidade do conflito.
    o espectador típico é uma testemunha dos fatos, pois não sai em defesa da vítima nem se junta aos autores. quando recebe uma mensagem, não repassa. essa atitude passiva pode ocorrer por medo de também ser alvo de ataques ou por falta de iniciativa para tomar partido.
    os que atuam como platéia ativa ou como torcida, reforçando a agressão, rindo ou dizendo palavras de incentivo também são considerados espectadores. eles retransmitem imagens ou fofocas. geralmente, estão acostumados com a prática, encarando-a como natural dentro do ambiente escolar. o espectador se fecha aos relacionamentos, se exclui porque ele acha que pode sofrer também no futuro.

  • O alvo do bullying

    o alvo do bullying

    o alvo costuma ser uma criança com baixa autoestima e retraída tanto na escola quanto no lar. além dos traços psicológicos, os alvos desse tipo de violência costumam apresentar particularidades físicas. as agressões podem ainda abordar aspectos culturais, étnicos e religiosos.
    também pode ocorrer com um novato ou com uma menina bonita, que acaba sendo perseguida pelas colegas.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Bullying: Conhecendo para combater.
  • Origem do termo bullying
  • O bullying como fenômeno atual
  • Histórico do Fenômeno
  • Nem toda agressão é bullying
  • Vídeo:
  • O autor do bullying
  • O espectador do bullying
  • O alvo do bullying
  • Consequências para o aluno que é alvo de bullying
  • As conseqüências para a vítima
  • Superação
  • As conseqüências para o agressor
  • As principais consequências do bullying no meio escolar
  • Dica
  • As formas de bullying mais comuns são:
  • Agressão física e agressão moral
  • Vídeo:
  • O bullying é praticado por meninos e por meninas
  • Dica!
  • A sala de aula e o bullying
  • Dica!
  • O professor e o bullying
  • O bulliyng fora da escola
  • O professor também é alvo de bullying?
  • Vídeo:
  • Evitando o bullying
  • Leia mais...
  • O papel da família
  • Qual papel da sociedade?
  • Dica
  • Envolvidos em um caso de bullying
  • Bullying contra alunos com deficiência
  • Casos extremos de bullying
  • Dica
  • Bullying na Educação Infantil
  • Quais são as especificidades para lidar com o bullying na Educação Infantil?
  • Bullying virtual ou cyberbullying
  • Como lidar com o cyberbullying?
  • Dicas de ações pedagógicas do Programa Educar Para a Paz
  • Exemplos de atividades positivas
  • Fim Para refletir...
  • Outras oportunidades:
  • Referências bibliográficas