Curso Online de Bullying na Escola
1 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Bullying na Escola

Presente nos mais variados contextos e segmentos da sociedade, o bullying é um tipo de violência que se caracteriza por comport...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Presente nos mais variados contextos e segmentos da sociedade, o bullying é um tipo de violência que se caracteriza por comportamentos cruéis, intimidadores e repetitivos contra uma mesma vítima, causando danos sociais, físicos e psicológicos.
Objetivo do curso: Analisar as características deste fenômeno e suas dimensões no contexto escolar, acreditando que o combate desta prática reside primeiro na compreensão de sua dinâmica.
Objetivos Específicos do curso:Conhecer o fenômeno bullying e os autores desse fenômeno dentro do ambiente escolar, fazendo uma reflexão sobre as suas causas e os seus efeitos, que podem deixar marcas profundas nas vítimas desse tipo de violência, além da importância da prevenção no combate ao bullying no cotidiano escolar analisando também as ações e as atitudes que podem de alguma forma coibir o bullying na escola.

Normal Superior (Uniararas - Fundação H. Ometto) - Gestão Pedagógica (Fundação Opet) Gestão Pedagógica (UFSCar - SP) Assessora Pedagógica SME 2006 a 2012 (Rincão-SP) Formadora do Curso Letra e Vida para professores de 1º ao 5º anos (2007) Formadora do Curso Alfabetização e Letramento para professores de 6º ao 9 anos (2007) Formadora do Curso Primeiras Palavras para professores e monitores da Casa da Criança e Apae (2007) Formadora de candidatos ao cargo de professores (Concurso Público) ? 2004/2005/2007/2009/2010/2012/2013/2014


- Arlete G Pimentel Da Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • O BULLYING NA ESCOLA

    Educação em ação

    O BULLYING NA ESCOLA

  • O BULLYING NA ESCOLA

    O BULLYING NA ESCOLA

    Professora Maria Judith D’Andréa

  • “ O bullying é uma violência que cresce com a cumplicidade de alguns, com a tolerância de outros e a omissão de muitos”.
    Gabriel Chalita

  • “Bullying: o crime do desamor”
    Gabriel Chalita
    (fragmentos)

  • O motorista que, no trânsito, por estar a bordo de um carro novo e possante, encosta no veículo da frente e exige passagem, deseducadamente, piscando os faróis, buzinando, pressionando, está praticando um ato de violência. O político que se acha mais importante do que o resto do mundo e trata as pessoas com arrogância, está sendo, de algum modo, violento. Podemos dizer o mesmo do empresário que humilha seus funcionários, só porque lhes paga salário.

  • Essas pessoas, com atitudes que agridem ou intimidam, estão praticando o que possivelmente já praticaram em outros ambientes, inclusive na escola: o bullying. A palavra vem do adjetivo bully, que em inglês significa valentão. Quem é mais forte tiraniza, ameaça, oprime, amedronta e intimida os mais fracos. Na escola, essa atitude pode ter resultados drásticos, porque leva a vítima, muitas vezes, ao isolamento e até ao abandono. O bullying agride a alma do indivíduo, o apequena pelo medo ou pela vergonha, pela dor física ou moral

  • Esse comportamento agressivo tem sido observado nas escolas, e por isso mesmo é motivo de preocupação de pais e educadores, já há algum tempo, porque demonstra que está faltando afeto nas relações entre crianças e adolescentes, possivelmente em razão de problemas familiares. A falta de diálogo e de respeito parece ser a origem da agressividade infantil e juvenil, um problema que começa a ser discutido com mais intensidade diante do aumento da violência escolar no mundo inteiro[...]

  • [...]Como efeito, observa-se a redução do rendimento escolar, e a consequência mais nefasta: a vítima de bullying pode se tornar agressiva ou até mesmo passar a reproduzir essas práticas horríveis contra a pessoa e sua dignidade.

    [...]Com toda a certeza, se a escola formar indivíduos melhores, teremos motoristas melhores, políticos melhores, empresários melhores. E cidadãos melhores.
    Fonte: Revista Profissão Mestre. Ano 9. nº 99. dezembro/2007. Bullying, o crime do desamor. Gabriel Chalita. p. 27.

  • Justificativa

    Justificativa

    Presente nos mais variados contextos e segmentos da sociedade, o bullying é um tipo de violência que se caracteriza por comportamentos cruéis, intimidadores e repetitivos contra uma mesma vítima, causando danos sociais, físicos e psicológicos.

  • É preocupante o crescimento da violência no ambiente escolar, uma violência que segundo Fante (2005) “[...] se apresenta de forma velada, por meio de um conjunto de comportamentos cruéis, intimidadores e repetitivos, prolongadamente contra uma mesma vítima”.

  • No entanto o fenômeno bullying não pode ser confundido com outras formas de violência vividas na escola. Fante define o bullying como “[...] um conjunto de atitudes agressivas, intencionais e repetitivas que ocorrem sem motivação evidente, adotada por um ou mais alunos contra outro(s), causando dor, angustia e sofrimento”.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • O BULLYING NA ESCOLA
  • Justificativa
  • Objetivo Geral
  • Objetivos Específicos
  • Definição
  • O fenômeno Bullying
  • Cyber Bullying
  • Bullying: suas formas, seus atores
  • Tipos de bullying
  • Os atores
  • A relação escola- bullying
  • O papel da família
  • Prevenção
  • Na escola
  • Na família
  • Monitoria positiva: o que é?
  • Os números do Bullying
  • Fonte: IBGE – infográfico: Luciana Martins
  • Como enfrentar e vencer o bullying
  • O envolvimento dos pais no dia a dia escolar
  • Ajuda para a família
  • Não tirar o filho imediatamente da escola onde sofreu bullying
  • Atenção ao tempo
  • Observar de onde parte o bullying
  • O tema e a sala de aula
  • O tema e a reunião de pais
  • A cobrança dos pais
  • A manutenção do diálogo
  • A conversa no dia a dia
  • Falta de tempo não é pretexto
  • Colocar-se no lugar do outro
  • Troca de informações
  • Busca por ajuda
  • Pressões psicológicas
  • A hora de intervir
  • O exercício da autoridade
  • O equilíbrio da autoestima
  • A parceria da escola e das famílias
  • Postura assertiva
  • Respeito às diferenças
  • Dinâmicas de grupo
  • Uso da internet
  • Inspiração de confiança
  • A vitimização dos filhos
  • Despertamento da coragem
  • Conversa aberta
  • Os pais e o sucesso dos filhos
  • Culpa dos pais?
  • Além da escola
  • Bullying
  • Cursos Educação em Ação - 2015
  • Bibliografia