Curso Online de REDAÇÃO PARA O ENEM

Curso Online de REDAÇÃO PARA O ENEM

Uma das partes mais importantes da prova do ENEM é a hora que o aluno precisa colocar seus conhecimentos em prova e criar uma redação. Es...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Uma das partes mais importantes da prova do ENEM é a hora que o aluno precisa colocar seus conhecimentos em prova e criar uma redação. Esta parte geralmente vale uma boa quantidade de pontos e os alunos precisam estar bem preparados.
Apesar da redação ser um momento mais livre das provas, onde os alunos acabam recebendo um tema na hora, é possível se preparar para evitar que os estudantes acabem indo mal apenas por descuido ou por não conseguir entender as regras de uma boa redação.
Confira neste curso como se preparar melhor para a redação de provas para o ENEM.


Licenciado em filosofia, Técnico em Hardware (Montagem e Manutenção de Computadores) Técnico em informática,Técnico em Farmácia.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • REDAÇÃO PARA O ENEM

    Critérios:
    Norma padrão
    Tema
    Coerência
    Coesão
    Proposta de intervenção

    PARÁGRAFOS:
    1 – Deixe explícita a tese, com posicionamento claro a respeito do tema. Empregue terceira pessoa. Verdade absoluta.

    2,3,4 – Desenvolvimento: use argumentos consistentes que sustente a sua tese. Pode ser: dados estatísticos, fatos de amplo conhecimento público, fatos históricos, citações, testemunhos de autoridade, exemplificação,...

    5 – Conclusão: retornar a ideia inicial e apresentar proposta de intervenção bem explícita (mais palpável e específica a respeito do assunto: o que fazer, de que forma, pessoas envolvidas no processo).

  • DICAS
    1 - Faça este esquema:
    Tese
    Argumento 1
    Argumento 2
    Argumento 3
    Proposta
    2 – Letra legível
    3 – Use citações ou paráfrase (parafraseando fulano de tal...)
    4 – Norma culta
    5 - Título só se for original
    6 - Não esqueça a proposta de intervenção.

    Ou faça este:
    Apresentar o problema e a tese.
    Causa do problema.
    Consequências do problema.
    Meta: resultados a serem alcançados e os benefícios que esses trariam.
    O que fazer para alcançar os resultados

  • Tema da prova 2011:

    Quinze minutos de privacidade
    Quando afirmou que, no futuro, todos teriam direito a quinze minutos de fama, Andy Warhol indicou o desejo pela fama como uma tendência da sociedade de massa. A famosa frase foi cunhada no fim da década de 1960, quando a internet só existia como uma rede acentrada ainda com objetivos militares. Hoje, a grande rede se faz presente em boa parte das atividades cotidianas, como as próprias relações interpessoais, uma "'evolução" que transformou a crítica do conhecido artista plástico em uma espécie de profecia a ser seguida. O problema, nesse caso, é que a vida virtual muitas vezes elimina a tênue fronteira entre o público e o particular.
    .
    Basta ter uma conta de e-mail ou navegar eventualmente pela internet para perceber os perigos que ela oferece. De fato, invasões de contas e crimes de diversas naturezas tornam a rotina em banda larga pouco segura, transformando informações sigilosas em conteúdo público com a mesma velocidade da comunicação em tempo real. Embora haja uma discussão acerca da correção do caso, o trabalho da organização conhecida como "Wikileaks" evidencia como nem mesmo empresas e governos, com suas redes de seguranças supostamente seguras, estão imunes a esses riscos.

    INTRODUÇÃO
    A internet apresenta vários riscos a quem pretende obter “quinze minutos de fama”.

    Argumento 1
    Violação de dados sigilosos.

  • Nem sempre, porém, o problema é fruto de invasões e crimes: o desejo pela exposição e pelo reconhecimento virtual tem levado a perigosos exageros na vida real. Por trás de perfis em redes sociais e de pseudônimos em chats e blogs, muitas pessoas expõem suas intimidades, com frases ou fotografias comprometedoras profissional e socialmente. Prova disso são os casos de demissões e processos causados pela publicação de conteúdos considerados inapropriados, mesmo que isso tenha sido feito em ambientes tipicamente "pessoais". Assim, trata-se de uma ilusão imaginar que a vida em bytes, revelada no interior de um quarto fechado, possa ser dissociada da vida em carne e osso, em ruas e calçadas.

    Diante de um panorama complexo, repleto de variáveis, é fundamental buscar caminhos para o estabelecimento de limites entre o público e o privado na grande rede. O primeiro passo deve ser dado pelos governos, com a criação e o aprimoramento de legislações específicas e mecanismos de identificação e punição capazes de inibir crimes relacionados a invasões de privacidade e manifestações preconceituosas. Afinal, o que é socialmente ilegal e imoral na vida real também o é na internet. Na mesma perspectiva, a mídia pode divulgar - tanto no noticiário quanto em dramaturgias - os perigos da exposição na internet, de modo a sensibilizar a sociedade.

    Argumento 2
    Exposição pessoal excessiva, prejudicial, comprometedora.

    Argumento 3
    Mesmas regras do mundo real para o mundo virtual

  • Fica claro, portanto, que são necessárias medidas urgentes para evitar uma confusão danosa entre o particular e o público na internet. Contudo, a transformação profunda deve ser feita na nova geração de crianças e adolescentes, que já nasceu e vem crescendo em um ambiente paralelamente real e virtual. Por isso, o trabalho de ONGs e, sobretudo, de escolas parece ser a solução mais eficaz. Com aulas e palestras sobre o uso seguro e socialmente adequado da internet, é possível imaginar um futuro em que menos pessoas se prejudiquem com a vida em banda larga, e mais indivíduos usem esse recurso para, por exemplo, compreender melhor a frase de Andy Warhol.

    * Consumo consciente
    Um consumo consciente para manter a vida na terra
    * Livro didático com erros de concordância distribuídos pelo MEC
    “ Nós não deve” escrever assim
    * A importância da leitura de jornais
    Extra! Extra! O jornal é imprescindível para o homem.

    TÍTULOS

    PROPOSTA:
    Campanhas educativas em ONGs e escolas para ensinar as novas gerações a usar a internet com responsabilidade.

  • Intertextualidade
    * Consumo precoce do álcool
    Em mundo de jovens, quem tem um copo na mão é rei.
    * A fé no contexto atual
    Acredito, logo venço.
    * Intolerância
    Que me perdoem os intolerantes, mas respeito é fundamental.
    * Sistemas de cotas em universidades
    No meio do caminho (do progresso), tinha as cotas.
    * Violência na escola
    Numa folha qualquer, eu desenho uma arma.
    * A poluição sonora perturba a vida dos mamíferos marinha
    O barulho não está para peixe
    * Policiais que se tornam bandidos
    O mal veste farda
    * Envolvimento de jovens no mundo crime
    O jovem é o próprio lobo do homem
    “Bang-Bang” em cartaz, estrelando a juventude.
    * Mulher hoje

  • Que me desculpem os homens, mas o papel da mulher é fundamental.
    * Um verdadeiro amor dura para sempre?
    Até que o tempo (n) os separe
    Na introdução há obrigação de se apresentar o tema da redação e, preferencialmente, o posicionamento a ser defendido sobre o tema. No entanto, é preciso lembrar que a melhor introdução será aquela que apresentar o assunto de forma contextualizada.

    1 – Usar alguma estratégia que permita conduzir o leitor ao tema;
    2 – expor o tema da tese.
    Quando os navegadores da Península Ibérica lançaram-se ao mar pela primeira vez, por volta do século XV, criaram monstros devoradores de barco em seu imaginário, e, para pôr fim a esse temor, foram necessárias várias viagens. A prova de vestibular é, analogamente, uma viagem rumo ao desconhecido, e, por isso para “enfrentar os monstros”, urge que se façam vários vestibulares-testes para que se conheça o funcionamento da caravela e os perigos do mar.

    Não use clichês para introduzir:
    Atualmente existe uma questão muito polêmica...
    Hoje em dia, a sociedade discute...
    Na sociedade atual, há uma polêmica que...
    Antigamente as pessoas liam mais...

  • O PARÁGRAFO DISSERTATIVO -
    O parágrafo introdutório deve situar o leitor na discussão, parte introdutória em que o autor apenas mostra como o assunto será abordado. Ele é uma espécie de roteiro a ser seguido. Temos:

    Tópico frasal: O trânsito torna as pessoas agressivas.
    Veja que o autor apenas expõe o ponto de vista de modo geral.
    Desenvolvimento: Ficar horas parado em engarrafamentos perdendo o horário de trabalho, ou mesmo lazer; ouvindo barulho, inalando fumaças; tudo isso gera no indivíduo um desconforto físico e mental que aliado ao estresse das cidades grandes vai tornando as pessoas mais agressivas.

    Tópico frasal: parte em que o autor generaliza o assunto.
    Desenvolvimento: parte em que o autor especifica o assunto.

  • Veja que o autor especificou o que foi exposto no tópico frasal

    Apresentação direta de seu ponto de vista ou argumento básico:
    “A convivência com dependente de álcool ou drogas, além de todos os seus reveses, também pode se tornar um vício poderoso, uma doença. Mães, mulheres e irmãos dependentes costumam assumir para si a tarefa de consertar a ovelha negra da família. Quando dão por si, passaram a viver em função do problema alheio. Ora se comportam como salvadores, ora assumem o papel de vitima, ora cooperam e alimenta, ainda mais o vício”.

    Suspense:
    Tema: .....................................................................................................................
    Vivemos em uma aldeia global extremamente interdependente. O resultado direto dessa situação é um constante intercambio cultural entre as nações. Assumir uma postura xenófoba em relação a esse contexto, ao rejeitar a adoção de termos estrangeiros, é, portanto, retroceder no quadro evolutivo.

    Formas de iniciar um texto dissertativo

    Deixe sua introdução mais interessante:
    Não entre “de soco” no tema. Use:

  • Fato histórico:
    Tema: ..............................................................................................................
    Entre os povos da Antiguidade, surgiu um dos mais antigos códigos de leis conhecidos: “O código de Hamurabi”. Ele era baseado na lei de Talião, ou seja, “olho por olho, dente por dente”. Implantar a pena de morte no Brasil seria o mesmo que retroceder à barbárie dessa época. Além isso, infelizmente, tal medida não diminui a criminalidade e colocaria inocentes sob a falibilidade do juízo humano.

    Palavras do mesmo campo semântico:
    Tema:........................................................................................................
    Academias de ginástica, consumo de produtos “light”, tabelas de alimentos com seus valores calóricos, grupos de emagrecimento, remédios contra a obesidade, dietas milagrosas, para que tudo isso? Para atingir o padrão estético ideal imposto pela sociedade, a magreza, muitos passam, a valorizar esses itens.

  • Citação:
    Tema: .......................................................................................................
    “Amor é fogo que arde sem se ver... ” se amor é fogo, ele apaga, a lenha termina e restam as cinzas. Dizem que o amor é para sempre, porém é um “sempre” delimitado, um tanto confuso, mas como falar claro tratando-se de amor? O amor acaba e ficam as lembranças.

    Dados estatísticos:
    Tema: .......................................................................................................
    Enquanto os 20% mais pobres ficam com apenas 2,6 da renda nacional, os 10% detêm 48% deste montante.” Devido a esta discrepância de ganho entre os trabalhadores, o Brasil conta hoje com o vergonhoso 2 lugar em má distribuição de renda no mundo. Este é um dos motivos do incrível crescimento da violência, mesmo assim, a banalização desta não deve ser tolerada.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • quanto mais... (tanto) mais...
  • seja...seja, quer...quer, ora...ora
  • primeiro...; segundo...
  • tanto...quanto..
  • não... e não/nem
  • por um lado... por outro...
  • Tempos verbais
  • Orações ligadas sem conectivos
  • Temas
  • EXERCÍCIOS
  • 2. Analise os enunciados em questão e, se necessário for, reescreva-os de modo a estabelecer o paralelismo:
  • RESPOSTAS
  • Exercício 2
  • Exercício 3
  • BUZZERO.COM