Curso Online de FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO

Curso Online de FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO

A fisiologia do exercício é o estudo da adaptação aguda e crônica da ampla gama de condições aperfeiçoadas pelo exercício físico. É uma á...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 16 horas


Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A fisiologia do exercício é o estudo da adaptação aguda e crônica da ampla gama de condições aperfeiçoadas pelo exercício físico. É uma área do conhecimento científico que estuda como o organismo se adapta fisiologicamente ao estresse agudo do exercício físico e ao estresse crônico do treinamento físico. Atualmente, existem diversas universidades que oferecem pós-graduação nesta área, portanto, o conteúdo de estudo é bastante vasto. Os peritos no campo incluem principalmente os graduados em Educação Física, os quais têm se desenvolvido bastante na área em virtude do potencial de auxílio aos atletas a alcançar um melhor desempenho a partir de descobertas em bioquímica, endocrinologia, função cardiopulmonar, hematologia, biomecânica, fisiologia do músculo esquelético, a função do sistema neuroendócrino e nervoso, em nível central e periférico.

MINI CURRÍCULO Sou Rosimeire Moreira Quintela, formada em Pedagogia com habilitação em Supervisão Educacional e Pós-Graduada em Educação Especial, Mídias integradas na Educação pelo CIPEAD, e pós em Psicopedagogia em Educação a Distância pela FACINTER, já participei de dois GTR Grupo de Trabalho em Rede pela SEED organizado pelo PDE como cursista e de várias jornadas pedagógicas oferecidas pala UNIOESTE e SEED, trabalho há 18 anos como professora na Escola de Educação Especial Cristian Eduardo Hack Cardozo (ACDD) em Foz do Iguaçu, com alunos Deficientes Físicos Neuromotores, sou concursada 40 horas pela Secretaria de Educação do Estado do Paraná-SEED. Atualmente estou trabalhando na Tutoria Presencial do curso de Pedagogia - UEM/UAB Polo de Foz do Iguaçu e na equipe Pedagógica do Colégio Carmelita e realizando Especialização no Ensino de Ciências.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO

  • APRESENTAÇÃO

    OLÁ SOU ROSIMEIRE MOREIRA QUINTELA
    POS GRADUADA EM MÍDIAS INTEGRADAS NA EDUCAÇÃO PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
    GRADUADA EM PEDAGOGIA PELA UNOESTE DE PRESIDENTE PRUDENTE SÃO PAULO
    CONHEÇAM OUTROS DA AUTORA
    NA ÁREA DA EDUCAÇÃO, SAÚDE E OUTROS.
    ACESSE www.buzzero.com/autores/rosimeire-quintela?a=rosimeire-quintela

  • Fisiologia do exercício

    Ciclistas são treinados e assessorados por fisiologistas do exercício para otimizar seus resultados

  • A fisiologia do exercício é o estudo da adaptação aguda e crônica da ampla gama de condições aperfeiçoadas pelo exercício físico. É uma área do conhecimento científico que estuda como o organismo se adapta fisiologicamente ao estresse agudo do exercício físico e ao estresse crônico do treinamento físico.

  • Atualmente, existem diversas universidades que oferecem pós-graduação nesta área, portanto, o conteúdo de estudo é bastante vasto. Os peritos no campo incluem principalmente os graduados em Educação Física, os quais têm se desenvolvido bastante na área em virtude do potencial de auxílio aos atletas

  • a alcançar um melhor desempenho a partir de descobertas em bioquímica, endocrinologia, função cardiopulmonar, hematologia, biomecânica, fisiologia do músculo esquelético, a função do sistema neuroendócrino e nervoso, em nível central e periférico. 

  • Para quê se exercitar?

    A prática regular de atividade física proporciona maior bem estar físico e mental. O exercício contribui expressivamente para a redução da porcentagem da gordura corporal (diminuindo o risco de aterosclerose e coronariopatias).

  • Além disso, exercitar-se pode manter a pressão arterial moderadamente baixa a longo prazo. Outro fator importante que contribui para a diminuição de doenças cardiovasculares e de acidentes vasculares cerebrais (AVC) é que a atividade física tem a capacidade de reduzir os níveis de colesterol total

  • e das lipoproteínas de baixa densidade (colesterol ruim) e aumenta os níveis de lipoproteínas de alta densidade (colesterol bom). Um dos efeitos positivos sobre o fornecimento de oxigênio aos tecidos,

  • é que o exercício tem a capacidade de aumentar a quantidade total de hemoglobina, facilitando a difusão de oxigênio para os diversos tecidos do organismo.

  • Quando se realiza exercício de sobrecarga, como levantamento de peso, haverá uma promoção da deposição óssea sadia e intensa, sendo importante para evitar a osteoporose.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • APRESENTAÇÃO
  • Fisiologia do exercício
  • Para quê se exercitar?
  • Por que homens não podem competir com mulheres?
  • Alimentação e atividade física
  • Benefícios da hidratação do atleta
  • A importância do alongamento
  • Efeitos do treinamento de Resistência Máxima
  • O que acontece com a respiração durante o exercício?
  • Quais são as alterações ocorridas no Sistema Cardiovascular no exercício?
  • FISIOLOGIA DO ESFORÇO
  • Classificação das capacidades
  • Transferência de energia no movimento
  • Noção de Estimulo / Ação Motora
  • Noção de Adaptação
  • Noção de Estimulo / Ação Motora
  • SINDROME GERAL DE ADAPTAÇÃO
  • Referências
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS