Curso Online de Curso Treinamento de Goleiros de Futsal
5 estrelas 8 alunos avaliaram

Curso Online de Curso Treinamento de Goleiros de Futsal

O Futsal, atualmente, é um dos esportes que mais vem evoluindo e crescendo tanto no Brasil (berço desta modalidade) quanto no mundo todo ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 25 horas

De: R$ 80,00 Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Mais de 200 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O Futsal, atualmente, é um dos esportes que mais vem evoluindo e crescendo tanto no Brasil (berço desta modalidade) quanto no mundo todo e a posição do goleiro é, sem dúvida, a mais importante dentro de uma equipe, pois, este atleta é a última barreira para evitar o gol adversário e tem uma função fundamental também na fase ofensiva tanto através de uma reposição de bola que pode gerar um contra-ataque muita vezes decisivo quanto atuando na função de goleiro-linha. O goleiro necessita de uma preparação diferenciada que tenha como objetivo a aprendizagem, o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de capacidades físicas, fundamentos técnicos e qualidades mentais específicas para a função que otimize ao máximo sua performance e para que isto ocorra é fundamental a presença de um profissional exclusivo, o treinador de goleiros, qualificado para planejar, executar e avaliar o seu plano de treinamento. Este curso é voltado justamente para todos aqueles que já trabalham ou que desejam trabalhar nesta maravilhosa atividade de ensinar, treinar e auxiliar no desenvolvimento deste fantástico atleta, o único que não pode falhar. Através dele o aluno encontrará todas as informações necessárias para planejar e desenvolver um trabalho de qualidade tanto nas categorias de base quanto na categoria principal (adulta).


1) INTRODUÇÃO
2) QUALIDADES FÍSICAS DO GOLEIRO DE FUTSAL

Descrição detalhada das capacidades físicas coordenativas e condicionais do goleiro de Futsal.

3) FUNDAMENTOS TÉCNICOS DO GOLEIRO DE FUTSAL

Descrição detalhada dos fundamentos técnicos do goleiro de Futsal com fotos e/ou vídeos ilustrativos:

a) Fundamentos Técnicos Defensivos: Posição de expectativa, Colocação, Deslocamentos, Pegadas/Encaixe, Defesas com queda lateral, Defesas com os pés, Defesa em saída de gol 1 x 1, Coberturas, Saída de gol em bola alta e Defesa de 2º pau.
b) Fundamentos Técnicos Ofensivos: Reposições com as mãos (Técnicas de lançamento), Reposições com os pés (Recepção/passe, Condução, Lançamentos, Chutes, Voleios e Cabeçadas).

4) CONTEÚDOS FÍSICO - TÉCNICO - TÁTICO E PSICOLÓGICO A SEREM TRABALHADOS POR CATEGORIA

Descrição detalhada de todas as qualidades físicas e todos os fundamentos técnicos que deverão ser ensinados e/ou desenvolvidos por faixa etária.

5) QUALIDADES PSICOLÓGICAS DO GOLEIRO DE FUTSAL

6) EXERCÍCIOS

Sequência pedagógica para aprendizagem da técnica de defesa com queda lateral;
Sequência pedagógica para a aprendizagem da técnica de defesa com os pés (espacato frontal e lateral);
Exercícios para a Categoria Sub-09;
Exercícios para a Categoria Sub-11 (1º e 2º anos);
Exercícios para a Categoria Sub-13 (1] e 2º anos);
Exercícios para a Categoria Sub-15 (1º e 2º anos);
Exercícios para as Categorias Sub-17, Sub-20 e Principal (adulto).

7) BIBLIOGRAFIA

Professor Benício Jorge de Miranda Fortes Bacharelado e Licenciatura em Educação Física pela Universidade Estácio de Sá-RJ Ex-goleiro de Futsal atuando durante 16 anos em diversas equipes profissionais Trabalha a 13 anos como Treinador de Goleiros estando atualmente exercendo está função na Associação Cachoeirense de Futsal (ACF) e na Academia para Goleiros Número 1 ambas no município de Cachoeiras de Macacu - RJ Formado em Treinador de Goleiros de Futsal pelo Curso de Preparadores de Goleiros de Futsal da Confederação Brasileira de Futsal - CBFS Formado em Treinador de Goleiros de Futebol pelo I Curso de Preparadores de Goleiros de Futebol da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ e Associação Brasileira de Treinadores de Goleiros - ABTG Especializado em Futsal pela Universidade Metropolitanas Unidas - UniFMU-SP Membro da Associazione Italiana Preparatori Portieri Futsal (Associação Italiana de Preparadores de Goleiros de Futsal) sob o número 143


- Marcos Vinicius De ArtaÚjo

- Alcemir Cunha Silva

- Milene Da Silva Martins

- Simião Alves Ferreira Netto

- Aparecido Augusto Silveira

- Helio Cortinhas Soldera Junior

- Magno Leite Moraes Dos Santos

- Max Bruno Da Cruz Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • CURSO PARA TREINAMENTO DE GOLEIROS DE FUTSAL

    CURSO PARA TREINAMENTO DE GOLEIROS DE FUTSAL

    Professor Benício Jorge de Miranda Fortes

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

  • Ao analisarmos o Futsal, constatamos ser ele um esporte coletivo que exige uma diversidade de atributos físicos e técnicos dos jogadores, pelas múltiplas funções que estes terão que desempenhar visando enfrentar as inúmeras situações que se apresentam durante uma partida.

    Há, contudo, uma posição que requer qualidades físicas, técnicas, táticas e psicológicas específicas, devido a sua função especial dentro da equipe: o goleiro. Este atleta tem a difícil missão de ser o último obstáculo na tentativa de evitar os gols do adversário, além de atuar de forma preponderante na parte ofensiva de sua equipe através de um lançamento preciso que proporciona um contra-ataque muitas vezes decisivo para o resultado final da partida, servido de apoio de passe para um companheiro que está pressionado pela marcação adversária ou atuando fora dos limites de sua área executando a função de goleiro-linha com o objetivo de criar uma superioridade numérica sobre a equipe adversária.

  • Portanto, devido à posição especial e decisiva que o goleiro ocupa dentro da uma equipe de Futsal, este atleta precisa estar sempre no ápice de sua forma técnica, física, tática e psicológica evitando ao máximo cometer erros que podem se tornar decisivos para a derrota de sua equipe. Contudo esta excelência no desempenho somente poderá ser alcançada com um programa de treinamento muito bem planejado e executado, buscando alcançar a perfeição do gesto técnico, o máximo desempenho das qualidades físicas, o desenvolvimento das capacidades cognitivas e o fortalecimento das qualidades psicológicas, respeitando as características individuais de cada atleta (idade, experiência, perfil morfológico e etc.).

  • Todos estes fatores citados anteriormente levam a necessidade que o treinamento específico do goleiro de Futsal deve ser elaborado, planejado e executado por um profissional qualificado que possua todos os conhecimentos necessários para cumprir a difícil tarefa de preparar um atleta que não pode errar: o Treinador de Goleiros. Resumidamente estes conhecimentos são: conhecimento profundo de todos os fundamentos técnico-táticos específicos da posição de goleiro, fundamentos técnico-táticos do Futsal, metodologia científica do treinamento desportivo, desenvolvimento físico e psicológico da criança e do adolescente, cinesiologia, anatomia, fisiologia do exercício, noções de primeiros socorros e de psicologia do esporte. Podemos observar então como é complexa e importante a função deste profissional dentro de uma equipe sendo a sua presença imprescindível em toda comissão técnica seja nas categorias de base quer na principal e é justamente para este profissional (o Treinador de Goleiros) que este curso se destina procurando oferecer subsídios tanto para quem já desenvolve este papel em algum clube, escolinha ou academia de goleiros como para aqueles que querem iniciar nesta apaixonante função: a de formar e treinar goleiros.
     

  • CAPACIDADES FÍSICAS DO GOLEIRO DE FUTSAL

    CAPACIDADES FÍSICAS DO GOLEIRO DE FUTSAL

  • QUALIDADES FÍSICAS DO GOLEIRO DE FUTSAL

    QUALIDADES FÍSICAS DO GOLEIRO DE FUTSAL

    As capacidades físicas do goleiro de Futsal podem ser divididas em dois grupos:

    CAPACIDADES FÍSICAS COORDENATIVAS

    CAPACIDADES FÍSICAS CONDICIONAIS

  • CAPACIDADES FÍSICAS COORDENATIVAS

    CAPACIDADES FÍSICAS COORDENATIVAS

    Da Silva et al. (2006) define capacidades coordenativas: As capacidades coordenativas servem como base para a execução de qualquer movimento humano. Pode-se considerar a coordenação motora como uma interação cooperativa do sistema nervoso central e dos músculos esqueléticos. Neste sentido, as capacidades coordenativas também podem ser entendidas como capacidade de integração sensório-motora, exercendo um papel importante no desempenho esportivo, juntamente com a força, a velocidade, a potência, a resistência e a flexibilidade.

  • capacidades físicas coordenativas do goleiro de Futsal

    capacidades físicas coordenativas do goleiro de Futsal

    Capacidade de ritmo – É a capacidade de dar um andamento rítmico às ações motoras, isto é organizar as ações musculares de contração e descontração segunda uma ordem.
    Exemplo da importância para o goleiro de Futsal – Defesa em dois tempos.

    Capacidade de adaptação e transformação motora – Diz respeito à capacidade de mudar, transformar e adaptar o programa motor a mudança inesperada da situação. A capacidade de transformação consiste na capacidade de um individuo de adaptar a ação motora programada com base nas variações percebidas, ou de transformá-la de um modo totalmente diferente. A capacidade de adaptar uma ação motora programada em relação às variações das percepções adquiridas ou de transformá-la completamente é baseada na rapidez com as quais as variações são percebidas e sobre experiências motoras adquiridas. As variações podem ser esperadas ou imprevistas, determinando no primeiro caso uma adaptação da ação programada enquanto no segundo caso a ação motora é completamente transformada.
    Exemplo da importância para o goleiro de Futsal – defesa em um chute desviado.

  • Capacidade de acoplamento e combinação motora - É a capacidade de combinar uma sucessão de gestos motores.
    Exemplo da importância para o goleiro de Futsal – Uma defesa com queda lateral em seguida a uma rebatida curta.

    Capacidade de equilíbrio - É a capacidade de manter o corpo em posição de equilíbrio e de recuperá-lo depois de deslocamentos ou solicitações.
    Exemplo da importância para o goleiro de Futsal – Levantar-se imediatamente e retornar a posição após uma queda lateral.

    Capacidade de diferenciação motora - É a capacidade de adequar, modular e coordenar as intervenções musculares segundo as situações de jogo.
    Exemplo da importância para o goleiro de Futsal – O domínio e o lançamento da bola com os pés

    Capacidade de orientação espaço-temporal - É a capacidade de tomar consciência da posição e das variações da posição do corpo no espaço que nos circundam e no tempo.
    Exemplo da importância para o goleiro de Futsal – Uma saída de gol
     
    (Lovecchio, Carmelo & Berti, Rossano, 2012)

  • CAPACIDADES FÍSICAS CONDICIONAIS

    CAPACIDADES FÍSICAS CONDICIONAIS

    Bohme et al. (2011) define capacidades condicionais: as capacidades condicionais estão fundamentadas na eficiência do metabolismo energético dos músculos e dos sistemas orgânicos. Elas são três: a capacidade de força, a capacidade de resistência e a capacidade de velocidade. O grau de importância da força, da velocidade e da resistência pode variar de acordo com a modalidade esportiva e a habilidade motora considerada, mas, em qualquer situação, influencia o desempenho esportivo. Em virtude da elevada relação com a capacidade metabólica de liberação de energia, as capacidades condicionais são altamente dependentes de adaptações decorrentes do treinamento e, principalmente, do processo de maturação biológica, destacando-se a maturação dos sistemas neuromusculares e cardiorrespiratório. Assim, a evolução das capacidades condicionais apresenta uma relação razoavelmente linear com o processo de crescimento.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • CURSO PARA TREINAMENTO DE GOLEIROS DE FUTSAL
  • INTRODUÇÃO
  • CAPACIDADES FÍSICAS DO GOLEIRO DE FUTSAL
  • QUALIDADES FÍSICAS DO GOLEIRO DE FUTSAL
  • CAPACIDADES FÍSICAS COORDENATIVAS
  • capacidades físicas coordenativas do goleiro de Futsal
  • CAPACIDADES FÍSICAS CONDICIONAIS
  • capacidades condicionais do goleiro de Futsal
  • A resistência também pode ser classificada segundo a mobilização energética podendo ser aeróbia ou anaeróbia
  • FLEXIBILIDADE – capacidade que permite ao atleta a maior amplitude possível de um movimento articular.
  • FUNDAMENTOS TÉCNICOS DO GOLEIRO DE FUTSAL
  • FUNDAMENTOS TÉCNICOS OFENSIVOS
  • FUNDAMENTOS TÉCNICOS DEFENSIVOS  
  • COLOCAÇÃO
  • DESLOCAMENTOS
  • PEGADAS
  • Defesa com queda lateral
  • Defesa com queda lateral (bolas a meia altura):
  • Defesa com queda lateral (bolas altas):
  • DEFESA COM OS PÉS (ou defesa em espacato)
  • Defesa em espacato frontal:
  • DEFESA EM SAÍDA DE GOL EM SITUAÇÕES DE 1 x 1
  • TÉCNICAS DE SAÍDA
  • SAÍDA DE JOELHOS
  • SAÍDA EM CRUZ ALTA
  • SAÍDA EM CRUZ BAIXA
  • TEMPOS DE SAÍDA DE GOL
  • COBERTURA
  • SAÍDA DE GOL EM BOLA ALTA
  • DEFESA DE 2º PAU
  • FUNDAMENTOS TÉCNICOS OFENSIVOS
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS
  • QUALIDADES PSICOLÓGICAS DO GOLEIRO DE FUTSAL
  • CONTEÚDOS A SEREM TRABALHADOS POR CATEGORIA
  • CONTEÚDOS FÍSICOS E TÉCNICOS A SEREM TREINADOS POR FAIXA ETÁRIA
  • CATEGORIA SUB-09 (2º ANO)
  • CATEGORIA SUB-11 (1º ANO)
  • CATEGORIA SUB-11 (2º ANO)
  • CATEGORIA SUB-13 (1º ANO)
  • CATEGORIA SUB-13 (2º ANO)
  • CATEGORIA SUB-15 (1º ANO)
  • CATEGORIA SUB-15 (2º ANO)
  • CATEGORIA SUB-17 (1º ANO)
  • CATEGORIAS SUB-17 (2º ANO)/SUB-20(1º, 2º e 3º ANOS)/ PRINCIPAL (ADULTA)
  • EXERCÍCIOS
  • DEFESA COM QUEDA LATERAL – BOLAS A MEIA ALTURA
  • SEQUÊNCIA PEDAGÓGICA PARA A APRENDIZAGEM DA DEFESA COM OS PÉS (ESPACATO FRONTAL E LATERAL)
  • 2 - Idem ao exercício anterior com as bolas colocadas na frente do goleiro, uma de cada lado e distantes 01 metro uma da outra treinando assim o espacato frontal (observe o desenho abaixo) (EXERCÍCIO DO PREPARADOR DE GOLEIROS ITALIANO ARNALDO COSTANZI (www.arnaldocostanzi.com)).
  • CATEGORIA SUB-09
  • PEGADAS
  • DEFESA COM QUEDA LATERAL
  •   4 - O goleiro executa quedas laterais sucessivas na bola colocada no solo retornando a cada vez para a posição de expectativa. No comando do preparador executa uma defesa com queda na bola lançada pelo mesmo no canto oposto (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO”).
  • DEFESA COM OS PÉS
  • SAÍDA DE GOL 1 x 1
  • REPOSIÇÃO COM AS MÃOS – LANÇAMENTO TIPO FUTEBOL
  • REPOSIÇÃO COM AS MÃOS – LANÇAMENTO RASTEIRO
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – RECEPÇÃO E PASSE
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – VOLEIO
  • VELOCIDADE/VELOCIDADE DE REAÇÃO
  • CATEGORIA SUB-11 (1º ANO)
  • PEGADAS
  • DEFESA COM QUEDA LATERAL
  • 3 - O goleiro executa defesas com queda lateral sucessivas em quatro metas. Em seguida domina a bola colocada no solo, conduz a mesma entre os cones e executa um passe em direção a uma pequena meta posicionada a 15 metros de distância (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • 4 - O goleiro permanece 10 segundos se equilibrando sobre duas bolas murchas e ao sinal do preparador passa rapidamente pela escada de coordenação, gira entorno do cone no lado comandado pelo mesmo e executa uma defesa com queda lateral na bola lançada/chutada no mesmo canto comandado (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  •   5 - Goleiro posicionado 2 metros atrás de dois cones, executa um deslocamento até o cone comandado pelo preparador, tocando-o, se desloca até o cone central e executa uma defesa com queda lateral na bola lançada/chutada pelo preparador no lado oposto (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • 6 - Dois cones grandes estão colocados no centro da meta unidos por uma corda. O goleiro ficará posicionado de um lado da corda e do outro lado estará colocado um colchonete. O preparador ficará colocado dentro da área com várias bolas, a 3 metros da meta e de frente para o lado oposto àquele onde se encontra o goleiro. O preparador lançará a bola em direção ao ângulo da meta e o goleiro deverá saltar e executar a defesa com queda lateral alta saltando por sobre a corda.
  • DEFESA COM OS PÉS 1-Goleiro em pé no centro da meta. O preparador irá apoiando bolas alternando o lado direito e o lado esquerdo para que o goleiro execute a defesa com os pés. 2- Goleiro executa um deslocamento lateral de costas tocando os 5 cones. No final toca o poste e executa uma defesa com os pés (espacato frontal ou lateral) no lado oposto (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • SAÍDA DE GOL 1 x 1
  • REPOSIÇÃO COM AS MÃOS – LANÇAMENTO TIPO FUTEBOL
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – RECEPÇÃO E PASSE
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – VOLEIO
  • CATEGORIA SUB-11 (2º ANO) POSIÇÃO EXPECTATIVA/COLOCAÇÃO/DESLOCAMENTOS 1 - Goleiro inicia o exercício próximo a um dos postes e deverá deslocar-se até o outro poste na posição de expectativa, tocar o mesmo, deslocar-se até o poste de origem e executar uma pegada alta (EXERCÍCIO DO PREPARADOR DE GOLEIROS ITALIANO DAVID CALABRIA – www.davidcalabria.com).
  • 2 - Mesma disposição do exercício anterior tendo um cone colocado a 3 metros de distância da meta em direção ao centro da mesma. O goleiro deverá deslocar-se de frente em velocidade até o cone, tocando-o, deslocar-se de costa em velocidade em direção ao poste oposto, tocando-o e retornar ao poste de origem deslocando-se lateralmente na posição de expectativa e executar uma pegada alta (EXERCÍCIO DO PREPARADOR DE GOLEIROS ITALIANO DAVID CALABRIA – www.davidcalabria.com).
  • 3 - Mesma disposição do exercício anterior tendo um cone colocado a 3 metros de distância da meta em direção ao centro da mesma. O goleiro deverá deslocar-se de frente em velocidade até o cone, tocando-o, deslocar-se de costa em velocidade em direção ao centro da meta e retornar ao poste de origem deslocando-se lateralmente na posição de expectativa e executar uma pegada alta (EXERCÍCIO DO PREPARADOR DE GOLEIROS ITALIANO DAVID CALABRIA – www.davidcalabria.com).
  • PEGADAS
  • DEFESA COM QUEDA LATERAL
  • 2 - Três arcos colocados no meio do gol dispostos como na figura abaixo. O goleiro salta com os dois pés dentro do primeiro arco, com cada um dos pés dentro de cada um dos dois arcos, salta para frente para defender com uma defesa com queda lateral a bola lançada/chutada pelo preparador e retorna de costas até o gol iniciando novamente o exercício.
  • 5 - Goleiro partindo em decúbito ventral de lado para os cones, ao comando do preparador gira ao redor do cone da cor chamada, passa pelos cones pequenos executando um skip baixo e executa uma defesa com queda lateral no lado oposto (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • DEFESA COM PÉS
  • SAÍDA DE GOL 1 x 1
  • COBERTURAS
  • REPOSIÇÃO COM AS MÃOS – LANÇAMENTO TIPO GANCHO
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – LANÇAMENTO COM OS PÉS
  • VELOCIDADE/VELOCIDADE DE REAÇÃO
  • CATEGORIA SUB-13 (1º ANO) POSIÇÃO DE EXPECTATIVA
  • PEGADAS 1 - Quatro cones são posicionados na frente da meta. O goleiro parte do poste direito, se desloca até o 1º cone e posiciona-se na posição de expectativa. Faz a mesma coisa nos demais cones e após se posicionar no 4º cone, retorna de costas até o centro da meta e executa uma pegada alta/encaixe/pegada rasteira (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • 2 - O goleiro salta com os dois pés 3 obstáculos e executa uma pegada alta ou um encaixe na bola lançada/chutada pelo preparador. Em seguida passa pelos cones em skip lateral e executa uma pegada rasteira (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • DEFESA COM QUEDA LATERAL
  • 2 - O goleiro desloca-se lateralmente em velocidade tocando os cones comandados pelo preparador até chegar na meta construída com cones e executa uma defesa com queda lateral (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • DEFESA COM PÉS
  • 2 - O goleiro permanece equilibrado sobre 2 bolas murchas durante 10 s. e ao comando do preparador passa pela escada de coordenação apoiando-se somente com um dos pés (aquele chamado pelo preparador). Em seguida executa uma defesa com os pés na bola chutada pelo preparador no canto oposto (o lado oposto ao do pé que o goleiro se apoiou para passar pela escada de coordenação) (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • SAÍDA DE GOL EM BOLA ALTA
  •   REPOSIÇÃO COM AS MÃOS – LANÇAMENTO DE GANCHO
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – LANÇAMENTO COM OS PÉS
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – CHUTE
  •   VELOCIDADE E VELOCIDADE DE REAÇÃO
  • CATEGORIA SUB-13 (2º ANO) POSIÇÃO DE EXPECTATIVA
  • PEGADAS
  • 2 - O goleiro, posicionado de costas entre dois cones de cores diferentes, ao comando do preparador, passa ao lado do cone da cor chamada e executa uma pegada alta ou um encaixe. Em seguida o goleiro salta com os dois pés sobre o obstáculo e executa uma pegada rasteira (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • DEFESA COM QUEDA LATERAL 1 - Goleiro, partindo de 1º cone, gira em torno do 2º cone, devolve com um passe de primeira (pé direito) a bola lançada pelo preparador e executa uma queda lateral no lado oposto. Em seguida repete a movimentação nos demais cones. O exercício deverá ser executado com o goleiro iniciando no lado oposto com o passe sendo dado com o pé esquerdo (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • DEFESA COM PÉS 1 - O goleiro passa por uma estaca colocada no solo executando um movimento frente-costas, salta um obstáculo com os dois pés e executa uma defesa com os pés no lado oposto (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • 2 - O goleiro, dentro de um quadrado formado por 4 cones coloridos, passa sobre 2 cones grandes colocados com as bases invertidas executando um skip lateral (ida e volta). Em seguida o preparador chama uma cor, o goleiro toca o cone chamado e executa uma defesa com os pés no lado oposto (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).  
  • SAÍDA DE GOL 1 x 1
  • SAÍDA DE GOL EM BOLA ALTA
  • REPOSIÇÃO COM AS MÃOS – LANÇAMENTO TIPO FUTEBOL 1 - Goleiro ficará colocado dentro da área com várias bolas. O preparador ficará na zona de ataque e se deslocará por toda quadra (ala esquerda, centro da quadra e ala direita). O goleiro deverá executar lançamentos tipo futebol para o preparador. REPOSIÇÃO COM AS MÃOS – LANÇAMENTO TIPO HANDBALL
  •   REPOSIÇÃO COM AS MÃOS – LANÇAMENTO DE GANCHO
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – RECEPÇÃO E PASSE
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – LANÇAMENTO COM OS PÉS 1 - O goleiro ficará a uma distância pré-estabelecida pelo preparador (por exemplo a 10 metros de distância da meta) com várias bolas e deverá executar diversos lançamentos com os pés com o objetivo de acertar o travessão. REPOSIÇÃO COM OS PÉS – CHUTE
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – CHUTE DE VOLEIO
  • VELOCIDADE/VELOCIDADE DE REAÇÃO
  • CATEGORIA SUB-15 (1º ANO) PEGADAS
  • 3 - O goleiro, partindo do centro da meta, se posiciona na bissetriz dos cones chamados em sucessão pelo treinador. Quando o treinador chamar “gol”, o goleiro deverá se posicionar imediatamente na bissetriz do treinador e executar uma pegada alta ou rasteira (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • DEFESA COM QUEDA LATERAL 1 - O goleiro, sentado, ao comando do treinador executa uma cambalhota, salta os dois obstáculos com os pés juntos e executa um queda lateral da bola da cor chamada pelo treinador. Em seguida executa outra defesa com queda lateral no chute no lado oposto (EXERCÍCIO ADAPTADO DO LIVRO “L’ALLENAMENTO DELLE CAPACITÀ COORDENATIVE PER IL GIOVANE PORTIERE DI CALCIO).
  • DEFESA COM PÉS
  • SAÍDA DE GOL 1 x 1
  • SAÍDA DE GOL EM BOLA ALTA 1 - O goleiro no gol tendo a sua frente um companheiro colocado dentro da área. O preparador ficará no meio da quadra com várias bolas. Este lança a bola alta na direção da cabeça do jogador colocado dentro da área. O goleiro deverá sair do gol e socar a bola com uma ou com duas mãos. DEFESA DE 2º PAU
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – RECEPÇÃO E PASSE 1 - O goleiro, o preparador e outro goleiro estarão posicionados de maneira a formar um triângulo distantes 12 metros um do outro. Os três trocarão passes no sentido horário (dominando a bola com o pé esquerdo e passando com o pé direito) e no sentido anti-horário (dominando com o pé direito e passando com o pé esquerdo).
  • REPOSIÇÃO COM OS PÉS – LANÇAMENTO COM OS PÉS 1 - O goleiro ficará posicionado a uma distância da meta determinada pelo treinador com várias bolas e deverá executar lançamentos com os pés tentando acertar o travessão. REPOSIÇÃO COM OS PÉS – CHUTE
  • VELOCIDADE E VELOCIDADE DE REAÇÃO
  • CATEGORIA SUB-15 (2º ANO)/ CATEGORIAS SUB-17 (1º e 2º ANOS)/ SUB-20(1º, 2º e 3º ANOS)/PRINCIPAL (ADULTA)
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS