Curso Online de A Linguagem Lua e suas Aplicações em Jogos

Curso Online de A Linguagem Lua e suas Aplicações em Jogos

Linguagens de script em jogos Pra quê? Por quê? Linguagens de script em jogos Interpretada Tipagem Dinâmica Gerência Automática de Memóri...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Linguagens de script em jogos
Pra quê?
Por quê?
Linguagens de script em jogos Interpretada
Tipagem Dinâmica
Gerência Automática de Memória
Estruturas Dinâmicas
Manipulação de Strings
Linguagens Seguras
Programação com Componentes
Linguagens de script (extensão)
Exemplos de linguagens de scripts
Lua em jogos
Grim Fandango – Lucasarts
Escape from Monkey Island – Lucasarts
Psychonauts – Double Fine
Baldur’s Gate – Bioware
Impossible Creatures – Relic
A Linguagem Lua , características e definições.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • A Linguagem Lua e suas Aplicações em Jogos

    A Linguagem Lua e suas Aplicações em Jogos

    Valdey valente silva
    Fapen
    Ciência da computação

  • Linguagens de script em jogos

    Linguagens de script em jogos

  • Linguagens de script em Jogos

    Linguagens de script em Jogos

    Pesquisa na gamedev.net (set/2003)

    72% dos jogos usam linguagens de script

  • Pra quê?

    Pra quê?

    Implementar o script do jogo
    Definir objetos e seus comportamentos
    Gerenciar os algoritmos de inteligência artificial
    Controlar os personagens
    Tratar os eventos de entrada
    Descrever a interface com o usuário
    Criar protótipos
    Testar
    Depurar
    Analisar adequação
    Prover acesso programável para roteiristas e artistas
    Experimentar novas idéias e variações

  • Por quê?

    Por quê?

    Conjunto de características favoráveis
    Interpretada
    Tipagem dinâmica
    Gerência automática de memória
    Facilidade para estruturação de dados
    Facilidade para manipulação de strings
    Segura
    Facilidade para comunicação entre componentes

  • Interpretada

    Interpretada

    Capacidade de executar trechos de código criados dinamicamente
    Permite modo interativo
    Mensagens de erro mais "abstratas"
    Mais próximas do programa fonte
    (Potencialmente) mais portátil
    Rápido ciclo "editar-testar"

  • Tipagem Dinâmica

    Tipagem Dinâmica

    Diferente de não-tipadas!
    Valores nunca são tratados com tipo incorreto
    Verificação de tipos em tempo de execução
    Em geral, tipagem forte
    Toda linguagem pode ter erros de "tipos" em tempo de execução (ex: NULL->x)
    Conceito de tipo mais fluido
    Linguagens com tipagem estática chamam de tipo o que conseguem tratar estaticamente

  • Gerência Automática de Memória

    Gerência Automática de Memória

    Grande divisor de águas
    Simplifica programação em geral
    Simplifica interfaces!!
    Certo desdém por eficiência também ajuda
    Evita vários tipos comuns de bugs
    Bugs de alocação de memória são dos mais difíceis de se tratar (só superados por bugs de concorrência...)

  • Estruturas Dinâmicas

    Estruturas Dinâmicas

    Listas, tabelas, conjuntos, strings, etc.
    Facilitadas pela gerência automática de memória
    Simplifica muito a programação
    Simplifica muito definição de interfaces
    Novamente, as custas de eventuais perdas de desempenho

  • Manipulação de Strings

    Manipulação de Strings

    Caso particular de estrutura dinâmica
    Muitos tipos de informação têm representação natural como texto
    Ex: programas!
    Conjunto de operações poderoso e bem estudado
    Casamento de padrões
    Substituições

  • Linguagens Seguras

    Linguagens Seguras

    Semântica completa
    Erros são sempre explicáveis "dentro" da linguagem
    Não é possível “invadir” memória
    Característica facilitada por
    Interpretação
    Tipagem dinâmica
    Gerência automática de memória


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • A Linguagem Lua e suas Aplicações em Jogos
  • Linguagens de script em jogos
  • Linguagens de script em Jogos
  • Pra quê?
  • Por quê?
  • Interpretada
  • Tipagem Dinâmica
  • Gerência Automática de Memória
  • Estruturas Dinâmicas
  • Manipulação de Strings
  • Linguagens Seguras
  • Programação com Componentes
  • Linguagens de script (extensão)
  • Exemplos de linguagens de scripts
  • Lua em jogos
  • Lua em Jogos
  • De fato...
  • Grim Fandango – Lucasarts
  • Escape from Monkey Island – Lucasarts
  • Psychonauts – Double Fine
  • Baldur’s Gate – Bioware
  • Impossible Creatures – Relic
  • FarCry – Crytek
  • Por que Lua?
  • História de Lua
  • Construção de Interfaces Gráficas
  • DEL Linguagem para Especificação de Diálogos
  • Limitações de DEL
  • Programa Gráfico Mestre
  • SOL Simple Object Language
  • Limitações de SOL
  • 1994: Nasce Lua
  • A linguagem Lua
  • Lua no Tecgraf
  • A Linguagem Lua
  • Como é Lua?
  • Execução de um chunk
  • Tipos
  • Tipo nil
  • Tipo boolean
  • Tipo number
  • Tipo string
  • Tipo table
  • Estruturas de Dados com tabelas
  • Estruturas de Dados com tabelas (2)
  • Estruturas de Dados com tabelas (3)
  • Tipo function
  • Tipo function (2)
  • Escopo léxico
  • Construtores
  • Objetos
  • Tipo userdata
  • Extensão de Tipos
  • Exemplo: tipo Point
  • Herança Simples: mecanismo de delegação
  • Bibliotecas padrão
  • Basic
  • String
  • Table
  • Math
  • IO
  • OS
  • Debug
  • Co-rotinas
  • Exemplo: simulação de personagens
  • Exemplos de Integração com C/C++
  • Lua como linguagem de configuração
  • Lua como linguagem de extensão
  • Lua como linguagem de controle
  • Ferramenta de integração automática
  • toLua
  • toLua: exemplo de C
  • toLua: exemplo de C++
  • Para saber mais...
  • www.lua.org