Curso Online de ALGORITMIA E PSEUDO -CÓDIGOS

Curso Online de ALGORITMIA E PSEUDO -CÓDIGOS

Este curso aborda a problemática da Algoritmia e dos pseudo-códigos.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso aborda a problemática da Algoritmia e dos pseudo-códigos.

EUROPA LEARNING é um programa especializado em ensino à distância. Apresentamos cursos em todas as areas, criados a pensar em voce. Investimos não só na qualidade de nosso material didático, como também em novos meios para difundir conceitos e técnicas de forma eficiente para todos alunos. Por isso hoje este projeto orgulhosamente traz ao Brasil cursos de primeira linha criando novas tendências de mercado quando o assunto é e-learning



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Algoritmia e Pseudo-código

  • Algoritmos

    Algoritmos

    Um algoritmo é um esquema de resolução de um problema.

    Pode ser implementado com qualquer sequência de valores ou objectos que tenham uma lógica (por exemplo, a língua portuguesa, a linguagem Pascal, a linguagem C), ou seja, qualquer coisa que possa fornecer uma sequência lógica.

    Em baixo podemos ver um algoritmo implementado num fluxograma, sobre o estado de uma lâmpada:

  • Algoritmos

    Algoritmos

    Seguindo o raciocínio, um programa de computador é já por si um algoritmo!
    Embora tenhamos que usar um algoritmo prévio, na nossa língua (como apresentado na imagem anterior) para escrever um programa com lógica, o próprio programa que provém desse algoritmo é já um algoritmo.
    Até um esquema mental é um algoritmo.

    A verdade é que, antes de escrevermos um programa em qualquer outra linguagem é necessário escrever um esquema em papel para evitar erros, por exemplo, na nossa língua, segundo o programa que queremos fazer.

    Por exemplo:
    Linguagem humana: "Se for verdade isso, acontece isto, senão acontece aquilo"
    Linguagem de máquina: IF isso; THEN isto; ELSE aquilo;

  • Algoritmos

    Algoritmos

    Quando inserimos algum dado num computador, os dados inseridos são transformados em sinais eléctricos (chamados de bits).

    Como forma de manipular este fluxo de estados eléctricos e estruturá-lo de forma a permitir operações mais simplificadas e optimizadas sobre os bits, surgiu o conceito de programação.

    As linguagens de programação são divididas geralmente em dois níveis:

    Linguagens de Baixo Nível:
    são linguagens de programação que tratam a informação e transformam-na em linguagem máquina.

    Linguagens de Alto Nível:
    são linguagens de programação quase como a linguagem comum humana, que quando compiladas são convertidas para linguagem máquina.

  • Algoritmos

    Algoritmos

    Cada linguagem deste tipo (PASCAL – C – JAVA – HTML) possui uma sintaxe própria, que deve ser respeitada e aprendida para que possa ser correctamente processada pelo seu compilador.

    Compilador é um programa que permite que determinada programação numa linguagem específica seja adaptada para linguagem máquina.

    As linguagens de programação tratam os dados dum computador através do uso de algoritmos.

  • Algoritmos

    Algoritmos

    Um algoritmo é uma estrutura passo-a-passo de como um determinado problema deve ser resolvido de forma não - ambígua (como "uma receita dum bolo") . Desta forma, para realizar esta estrutura é necessário o uso de ferramentas e operações oriundas da Lógica e da Matemática.

    Antes de escrever o código final do programa numa dada linguagem de alto nível (C ou JAVA), devemos criar o seu algoritmo em pseudo-código e saber qual o tipo de problema proposto, as informações que serão imputadas e os passos a serem efectuados para atingir um fim específico.

  • Algoritmos

    Algoritmos

    Por exemplo, vamos ver um "algoritmo" sobre o processo de "tomar banho":

    Passos…

    1.Tirar a roupa.
    2.Abrir o vidro protector.
    3.Ensaboar-se.
    4.Enxaguar o corpo.
    5.Passar shampoo no cabelo.
    6.Enxaguar o cabelo.
    …..
    7.Fechar o vidro protector.

    Faz agora o teu algoritmo para o teu processo geral de “tomar banho”.

    Considera todas as possibilidades e situações.

    Desde: estar vestido – água – gás – telefone – produtos – toalha – vestir.

    Inventa várias possibilidades de forma a completar o máximo o teu algoritmo.

    Implementa o teu algoritmo graficamente no VISIO.

  • Algoritmos

    Algoritmos

    Programar consiste em dar uma sequência de comandos ao computador para resolver um determinado problema.

    Em primeiro lugar, precisamos aprender a definir os passos que nos levam à solução do problema.

    Este é o processo mais importante da programação, que exige a nossa habilidade de entender o problema e propor uma solução criativa, simples e correcta.

    Esta sequência de passos visando a solução dum determinado problema é chamada de algoritmo.

    Um algoritmo é uma sequência de passos para realizar um tarefa ou resolver um problema.

    No nosso dia-a-dia utilizamos algoritmos para realizar as nossas actividades, definindo a sequência de acções que devemos fazer para atingir um objectivo.

    Essas sequências de passos geralmente são guardadas na nossa memória.

    Esta sequência de procedimentos não anotamos no papel, porque são coisas simples. Para resolver problemas mais complexos, precisamos anotar no papel os passos, principalmente quando queremos escrever um programa.

  • Algoritmos

    Algoritmos

    Um algoritmo tem cinco características importantes:

    Finitude: Um algoritmo deve sempre terminar após um número finito de passos.

    Definição: Cada passo de um algoritmo deve ser precisamente definido. As acções devem ser definidas rigorosamente e sem ambiguidades.

    Entradas: Um algoritmo deve uma ou mais entradas.

    Saídas: Um algoritmo deve ter uma ou mais saídas.

    Efectividade: Um algoritmo deve ser efectivo. Isto significa que todas as operações devem ser suficientemente básicas de modo que possam ser executadas com precisão num tempo finito.

  • Algoritmos

    Algoritmos

    Exemplo dum problema:

    Na disciplina de matemática tivemos três provas e as notas foram as seguintes:
    N1 = 5.5 N2 = 7.0 N3 = 4.5
    Gostaríamos saber qual foi a média das três notas!
    Qual seria a sequência de operações que o computador precisa para fazer este cálculo simples?

    Para calcular a média, em primeiro lugar precisamos informar ao computador quais são os valores das notas.
    Depois, pedimos para ele somar as notas e dividir por 3.
    O resultado deve ser guardado em algum lugar, para depois mostrar no monitor do computador.

  • Algoritmos

    Algoritmos

    Resolução:

    1. Atribuir os valores:
    N1 = 5.5
    N2 = 7.0
    N3 = 4.5
    2. Calcular a soma: S = N1 + N2 + N3
    3. Calcular a média: M = S/3
    4. Mostrar o resultado final M


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Algoritmos
  • Passos na construção de Algoritmos
  • Algoritmos
  • Algoritmos e Fluxogramas
  • Algoritmos - sequência
  • Algoritmos – selecção com 2 vias
  • Algoritmos – selecção com 1 via
  • Algoritmos– selecção com 1 via
  • Algoritmos – selecção com n - vias
  • Algoritmos – repetição com teste à cabeça
  • Algoritmos – repetição com teste à cauda
  • Algoritmos – repetição com nº pré-definido de ciclos
  • Algoritmos
  • Algoritmos – pseudocódigo e programas
  • Bibliotecas padrão do C