Curso Online de Curso Introdutório em Informática
4 estrelas 36 alunos avaliaram

Curso Online de Curso Introdutório em Informática

Este trabalho tem como ênfase a história, linguagem e uma introdução bem ampla sobre computadores.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 11 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 1900 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este trabalho tem como ênfase a história, linguagem e uma introdução bem ampla sobre computadores.


- Aguinaldo Moreira De Anchieta

- Geovani Pereira

- Ana Rebeca Novaes Da Neiva

- Patricia Rodrigues Dos Santos

- Patricia Rodrigues Dos Santos

- Cristiane Corrêa

"Foi um curso muito rico em informações e conhecimentos cada peça do computador eu pude conhecer e ter explicação para o que serve, a história da invenção do computador desde o início, foi muito bom a noção que eu tinha em computador ficou mais rica depois deste curso, vocês estão de parabéns, muito obrigado por estar nos proporcionando essa oportunidade de fazer esses cursos pela internet e gratuíto."

- Marinalva De Oliveira MagalhÃes

- Antônia Coutinho De Sales

- Daiane Dias De Jesus

- Joice Cristina Valério

- Calixtiane Martins Da Silva

- Indira Maria Santos Bathomarco

- Girlan Nunes Alves

- Carlos Alberto Gama Moreira

- Talita Da Rocha Albuquerque Vasconge

- Emerson Da Silva Cordeiro

- Katia Luciane Romeiro

- Cleiton De Paula Silva

"muito bom"

- Denuzia Raquia Da Silva

"Realmente esses cursos tem ajudado muito e sempre buscando conhecimentos"

- Humberto Silva Trindade

- Miguel Roberto Dos Santos

- Ivanilda Medeiros Dos Santos Silva

- Francisco Adailton Pereira De Melo

"iniciei esse curso com a finalidade de apenas entender como seria e ao longo dele percebi como é bom conhecer o seu funcionamento e todas boas informações que o curso proporciona porem aprendi muito e agradeço a oportunidade"

- João Gonçalves

"Gostei muito, pois como não tenho tempo e preciso me atualizar foi prático fazer os meus cursos aqui na Buzzero."

- Lucimar Gonçalves Lima Castro

"O que acho que poderia ser feito é uma atualização do curso, ou seja, descrever os modelos , processadores, velocidade do PC até os dias de hoje. Neste quesito, o curso está desatualizado."

- Michelle Gonsalez Matar

- Joselice Soares De Lima

"mto bom"

- Karina Silva Da Cruz

- Walter Mendes Duarte

- Luciano Santos Pereira

- Carlos Onofre De Paula

- Karoline Pombo Diniz

- Liliane Fukumar Fujishima

- Carlos Aneto

- Regina Celly Dos Santos Lima

- Naiane Neri Da Cruz

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Apresentação

    apresentação

    caro aluno, esta é uma publicação que pretende dar-lhe um panorama à respeito de conhecimentos sobre informática e sobre os computadores. por ela, você pode obter uma visão do desempenho, tanto no que se refere à atividade propriamente dita, quanto na esfera das idéias defendidas ou explicitadas no conteúdo das aulas.

  • a ação desempenhada por quem ocupa um cargo envolve duas coisas: manifestação de idéias. tudo, porém, ultrapassando interesses pessoais. por que tudo, no contexto de uma política maior, deve ser reflexo da auscultação dos anseios e das necessidades, fazendo com que o povo que viva em um determinado espaço físico, fale uma mesma língua e viva um mesmo modo de ser, através dos conhecimentos da informática, vivendo uma realidade que interessa a todos em outras palavras, do bem comum.

  • claro, nem tudo se torna fato concreto apenas com a apresentação ou com a exteriorização das idéias. como se trata dos interesses da coletividade, há um razoável caminho a percorrer. não pode ser diversamente, pois vivemos uma democracia que, embora ainda não perfeita, está orientada para uma perfeição mais acurada, o que, para ser legítimo, marcado por uma inteligência concreta e por uma vontade forte e incansável no processo de superação das dificuldades e na construção do desenvolvimento para o bem-estar de todos.

  • o momento histórico que vivemos é de desafio, não só em nível nacional, mas, também no internacional. nesse âmbito, o brasil tem um espaço para dar, a si mesmo e ao mundo, em particular para os jovens em cujas cabeças e mãos vicejam a inteligência e está armazenada a força, incrivelmente potente, eficaz, para colher os desafios e transformá-los em novidades de organização, de trabalho, de otimismo, de bem, de ética vivenciada e de justiça feita realidade.

  • A história do computador e da Internet

    a história do computador e da internet

    computador, como definido pelo dicionário brasileiro globo, é "aquele que faz contas" na verdade, hoje em dia, as operações que podem ser realizadas por um computador vão bem além das contas "triviais" que marcaram o seu início, e que motivaram a sua construção.
    historicamente, o primeiro artefato humano utilizado para realizar contas foi o ábaco. a sua origem remonta a ásia menor, 500 anos atrás. existiram várias formas de ábacos, idealizados pelas várias culturas em que foram usados/criados. no entanto, o seu uso sofreu franca diminuição, sobretudo na europa, a partir da consolidação do uso do papel e da caneta.
    seguindo a linha histórica, e lidando com "engenhocas" mais sofisticadas, é criada por pascal, em 1642, a primeira máquina de calcular de que se tem notícia. ela funcionava através de engrenagens mecânicas, e conseguia realizar somente a soma. no entanto, 52 anos depois, leibniz aprimora o invento de pascal, de tal forma que a nova "calculadora" mecânica já era capaz de realizar a multiplicação, além da soma.

  • apesar disso, é somente a partir de 1820 que as máquinas de calcular mecânicas começam a ser amplamente utilizadas. já nesta época, charles de colmar inventa uma nova calculadora, que consegue realizar todas as quatro operações aritméticas básicas: soma, subtração, divisão e multiplicação. e este era o estágio em que se estava até a i guerra mundial, na era da computação mecânica.
    mas o início real do desenvolvimento dos computadores como os conhecemos hoje se deve a charles babbage, matemático inglês que, em 1812, percebe uma "harmonia natural entre máquinas e matemática". não se deve perder de vista que babbage vivia no contexto da revolução industrial inglesa, que estava mudando radicalmente a forma de ver, pensar e agir da sociedade européia da época. segundo observou babbage, as operações matemáticas repetitivas poderiam ser desenvolvidas com mais agilidade e confiabilidade pelas máquinas do que pelos homens. estimulado por isso, ele idealizou uma máquina à vapor, que seria capaz de realizar cálculos matemáticos mais complexos do que as quatro operações aritméticas básicas. esta máquina, maior do que uma locomotiva, nunca foi construída na prática, mas as idéias do seu idealizador foram fundamentais para os progressivos avanços na computação mecânica.

  • em 1889, herman hollerith, inventor americano, e fundador da empresa que deu origem à ibm, estava às voltas com um problema norte-americano: estava sendo realizado um censo demográfico no país, mas se temia pela quantidade de tempo necessário para apurar todos os resultados desejados. para piorar o caso, no censo realizado 10 anos antes, foram necessários sete anos para se chegar aos resultados buscados. por conta disso, acreditava-se que, para este novo censo, seriam necessários 10 anos de análise.
    no entanto, com a máquina inventada por hollerith, o resultado do censo foi apurado em apenas seis semanas. além da agilidade que conferiu ao processo, a máquina deste americano trazia consigo a idéia de cartões perfurados para armazenar dados. ou seja, os cartões perfurados seriam naquela época algo parecido ao que são agora os disquetes (guardadas as devidas proporções).

  • mas um problema que estes computadores mecânicos apresentavam, é que as suas engrenagens eram muito numerosas e complexas. por conta disso, em 1903, é proposto um computador 100% eletrônico, e que utilizava a álgebra booleana. a álgebra booleana é a famosa álgebra binária, do verdadeiro ou falso, do 0 ou 1, e é a base de todos os sistemas computacionais de hoje em dia.
    mas foi a partir da ii guerra mundial que o desenvolvimento dos computadores eletrônicos ganhou mais força, quando os governos perceberam o potencial estratégico que estas máquinas ofereciam. assim, os alemães desenvolveram o z3, computador capaz de projetar aviões e mísseis. pelo lado britânico, foi desenvolvido o colossus, utilizado para a decodificação das mensagens alemãs. máquina criada por turing para decifrar os códigos secretos alemães. possuía 2.000 válvulas, coincidentemente o mesmo número proposto por zuse alguns anos antes. 1a geração (1945 à 1959) – a descoberta das válvulas e relês. computadores com grandes dimensões e grande consumo de energia e pouca (baixa) velocidade (computadores lentos). em 1945 von neumann sugeriu que o sistema binário fosse adotado em todos os computadores, e que as instruções e dados fossem compilados e armazenados internamente no computador, na seqüência correta de utilização. estas sugestões tornaram-se a base filosófica para projetos de computadores. (atualmente pesquisam-se computadores "não von neumann", que funcionam com fuzzy logic, lógica confusa). j.p. eckert e john mauchly, da universidade da pensilvânia, inauguraram o novo computador em 14 de fevereiro de 1946. o eniac era mil vezes mais rápido do que qualquer máquina anterior, resolvendo 05 mil adições e subtrações, 350 multiplicações ou 50 divisões por segundo. e tinha o dobro do tamanho do mark i: encheu 40 gabinetes com 100 mil componentes, incluindo cerca de 17 mil válvulas eletrônicas. pesava 27 toneladas e media 5,50 x 24,40 m e consumia 150 kw. apesar de seus inúmeros ventiladores, a temperatura ambiente chegava às vezes aos 67 graus centígrados. executava 300 multiplicações por segundo, mas, como foi projetado para resolver um conjunto particular de problemas, que o exercito americano estava encontrando para utilizar com maior eficiência seus canhões na segunda guerra mundial. em 1945, quando ele estava pronto, a guerra havia acabado, pois eniac foi construído em 1946, mas seus criadores sabiam que ele viria a ter inúmeras outras utilidades, sua reprogramação era muito lenta. tinha cerca de 19.000 válvulas substituídas por ano.

  • ele era tão grande, que consumia energia equivalente a um bairro inteiro da cidade da filadélfia. a importância do eniac é que ele, diferentemente de todos os computadores que foram desenvolvidos anteriormente, não era destinado a uma operação específica (projetar aviões/mísseis, ou decodificar códigos), mas poderia ser usado de maneira geral, parecido com o que fazem os computadores hoje. na primeira apresentação pública do eniac, seus criadores acrescentaram – lhe um painel com luzes piscantes para que as pessoas tivessem uma noção da rapidez da máquina. acredita-se que esse fato influenciou os filmes de ficção cientifica, que passaram a usar um painel luminoso nos computadores das histórias.

  • a partir dessas idéias, e da lógica matemática ou álgebra de boole, introduzida por boole no início do século xix, é que mauchly e eckert projetaram e construíram o edvac, electronic discrete variable automatic computer, completado em 1952, que foi a primeira máquina comercial eletrônica de processamento de dados do mundo. eles haviam tentado isso com o binac, computador automático binário, de 1949, que era compacto (1,40 x 1,60 x 0,30 m) o suficiente para ser levado a bordo de um avião, mas que nunca funcionou a contento. o edvac utilizava memórias baseadas em linhas de retardo de mercúrio, bem mais caras e lentas que os crts, mas também com maior capacidade de armazenamento. wilkes construiu o edsac, electronic delay storage automatic calculator em 1949, que funcionava segundo a técnica de programas armazenados.

  • foto do edvac


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Apresentação
  • A história do computador e da Internet
  • A Segunda Geração
  • A Terceira Geração
  • A Quarta Geração (1981-1990)
  • A Quinta Geração (1991-até hoje)
  • O Futuro - Vem aí o computador quântico
  • Décadas de 60, 70 e 80
  • ARPANET
  • WWW (World Wide Web)
  • IPD
  • ENIAC
  • CHIP
  • RESUMO DAS GERAÇÕES DO COMPUTADOR
  • Mouse
  • Teclado
  • Monitor ou tela
  • Impressora
  • SOFTWARE
  • UNIDADE DO COMPUTADOR
  • CPU - Central Processing Unit (Unidade Central de Processamento – UCP)
  • MEMÓRIA
  • MEMÓRIA PRINCIPAL
  • MEMÓRIA SECUNDÁRIA (memória de armazenamento)
  • CD-ROM – (Compact Disk – Read Only Memory)
  • MEMÓRIA CACHE
  • MEMÓRIA VIRTUAL
  • MEMÓRIA FÍSICA
  • Disquete (Floppy Disk – Disco Flexível)
  • Extinção dos DISQUETES
  • LINGUAGEM
  • COMO LER O CÓDIGO BINÁRIO
  • Linguagens utilizadas
  • Classificação Geral
  • LIGAR O COMPUTADOR
  • Apresentando a área de trabalho
  • Plano de Fundo
  • Ícones
  • Botão Iniciar e Barra de Tarefas
  • Botão Iniciar
  • WINDOWS 98 E XP
  • Comparando as áreas de trabalho do Windows e do Macintosh
  • Usar um mouse
  • Apontar e clicar
  • Arrastar
  • ABRINDO E FECHANDO ARQUIVOS, PROGRAMAS, ETC
  • MOVENDO ÍCONES