Curso Online de Iniciação à Gramática

Curso Online de Iniciação à Gramática

Para que um aluno possa utilizar corretamente a nossa língua, ele deve, a princípio, dominar as normas gramaticais. Pensando nisso e nas ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 9 horas

De: R$ 60,00 Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Para que um aluno possa utilizar corretamente a nossa língua, ele deve, a princípio, dominar as normas gramaticais. Pensando nisso e nas deficiências deixadas pelas escolas de ensinos fundamental e médio, criei um cronograma de estudo de morfologia, parte essencial para a comprreensão das demais partes da gramática da Língua Portuguesa. Uma vez identificando, com segurança, a classe gramatical de cada palavra que compõem uma frase (ou até mesmo um texto), esse aluno será capaz de fazer análise sintática com eficiência e compreender o processo de formação sintática de nosso idioma, muito cobrado em provas de concursos e vestibulares. Como professora, vivencio todos os dias essas dificuldades na hora da aplicação da sintaxe, exatamente porque, a grande maioria dos alunos não reconhece e classifica as classes de palavras.

Sou formada em Letras, pela Universidade Estadual do Ceará, desde 2000. Trabalhei como revisora no SEBRAE durante os anos de 1999 a 2000 e, de lá para cá venho trabalhando com educação. Fui professora de Espanhol do Núcleo de Língua da UECE por dois anos, fui professora de Língua Portuguesa e História/Geografia no Colégio Juvenal de Carvalho (de 2001 a 2008), trabalhei como orientadora de trabalhos técnicos no SENAI e, atualmente, sou professora de Português e Literatura pela Prefeitura Municipal de Fortaleza. Atualmente, faço pós-graduação em Administração Escolar, pois pretendo atuar na área.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • PORTUGUÊS SIMPLIFICADO

    português simplificado

    uma forma fácil e prática de aprender as regras gramaticais
    parte i: morfologia & sintaxe

  • REFLETINDO SOBRE O TEMA:

    refletindo sobre o tema:

    desde que começamos a falar utilizamos o português como língua oficial, isso porque esse é o idioma adotado no brasil. porém, ao longo de nossa aprendizagem, vamos aumentando o nível de conhecimentos a respeito da nossa língua. padrões e normas que devemos respeitar para usá-la de forma correta.
    o problema é, que na verdade, quando começamos a falar, repetimos aquilo que ouvimos. vamos à escola e, lá, os professores nos passam normas, de forma oficial e, muitas vezes, chata. o que torna a aprendizagem da língua portuguesa algo doloroso para a maioria das pessoas.

  • a grande falha da maioria das escolas está na forma como o português é repassado. não são normas e regras que nos farão aprender e gostar de português.
    quantos de nós, na verdade, sabe por que falamos português e não inglês ou espanhol? em quase toda a américa latina se fala espanhol, enquanto nós falamos português.
    e, mais além, quantos de nós sabe como e onde surgiu a língua portuguesa? talvez, se conhecêssemos a origem e o processo de transformação da nossa língua, fosse mais fácil aprendê-la.
    outro erro recorrente nas escolas é prender-se ao uso de livros didáticos (que trazem textos que não despertam o interesse dos alunos) e gramáticas, que normalmente são complexas para a faixa etária dos alunos.

  • não pretendo mudar o que já existe há centenas de anos. pretendo, apenas, mostrar que aprender português pode ser simples e prazeroso e que, uma vez aprendidas as regras (e não decoradas para provas) passa a ser fácil falar e escrever corretamente o nosso idioma. vamos a ele!

  • Partes da Gramática

    partes da gramática

    a gramática (que traz as normas que nos guiam) está divida em partes, que devem ser respeitas a sequência, para que o aprendizado se torne mais fácil.
    a primeira delas é a morfologia, que nada mais do que o estudo de uma palavra isolada, sem nenhuma referência ao seu posicionamento dentro de uma frase ou texto.particularmente, eu diria se tratar da base da língua portuguesa, pois é aqui que iremos aprender a identificar e classificar as palavras que, futuramente, exercerão funções dentro de frases e textos. uma vez aprendido a classificação morfológica, o restante virá de forma mais fácil.

  • em seguida vem a sintaxe, que irá tratar da relação das palavras dentro de uma oração. aqui iremos trabalhar não mais com uma palavra isolada, mas com a função que ela desempenha nesta frase. trata-se da parte mais complexa da gramática da nossa língua, o que representa um grande problema pros nossos alunos que, não dominando a morfologia, acabam por cometer equívocos fatais na hora das avaliações e concursos. mas isso não quer dizer que a sintaxe seja algo que não possa ser aprendido.
    depois vem a semântica e a estilística, que tratam do significado das palavras dentro do texto. aborda os tipos de texto, as linguagens utilizadas, como a poesia, por exemplo. porém, nesta primeira parte do curso abordaremos apenas a morfologia, ficando a sintaxe para uma segunda parte.

  • MORFOLOGIA

    morfologia

    como eu mencionei no início, vamos trabalhar com palavras isoladas, livres de qualquer contexto frasal. salvo em casos em que uma mesma palavra possa se enquadrar em mais de uma classe gramatical, já que, na morfologia, as palavras são divididas em classes gramaticais (onde palavras de igual valor formam uma determinada classe).
    as dez classes de palavras:
    1- substantivos: entenda-se por substantivo toda e qualquer palavra que sirva para dar nomes aos seres (vivos ou não), como pessoas, lugares, objetos, animais e tudo mais que se possa imaginar, como os sentimentos, por exemplo.
    ex.: maria; joão; brasil; português; pedra; livro; são paulo; etc.

  • os substantivos se classificam de três formas distintas:
    a) de acordo com o significado que apresentam. assim, eles podem ser:
    simples ou composto: um substantivo será simples quando for constituído por apenas uma palavra (casa, coração, flor, maria, brasil, etc.) e será composto quando for formado por mais de uma palavra (joão-de-barro; pé-de-moleque; beija-flor; amarelo-ouro; passatempo; girassol). obs.: passatempo e girassol são formadas pela junção de duas palavras, embora apareçam escritas juntas (passa + tempo e gira + sol). isso não quer dizer que elas sejam simples. como são construídas pelas junção de duas palavras, elas são compostas. seguem essa regra: aguardente (água + ardente), pernilongo (pena+longo); corrimão (corra + mão), etc.

  • comum ou próprio: substantivos comuns são aqueles que se referem a qualquer ser de uma espécie, de forma generalizada, sem uma identificação em particular, como por exemplo: cachorro, pai, aluno, país, cidade, estádio (não nos referimos aqui a nenhum ser em especial). já o substantivo próprio especifica o ser, delimita, faz referência a um em especial. ex.: brasil (é um país específico); maria (é o nome de uma pessoa específica); pacaembu (é um estádio específico). este tipo de substantivo serve para diferenciar um ser de outros iguais.

  • primitivo ou derivado: primitivo vem de primeiro, então quer dizer que é a primeira palavra que foi gerada e que, a partir dela, poderão ser criadas outras, as derivadas. ex.:

  • concretos ou abstratos: durante muitos anos ensinou-se nas escolas que concreto era aquilo que se podia pegar e abstrato era o que não se podia ver ou pegar. isso gerou grandes conflitos entre os especialistas. hoje, chegou-se à conclusão que concreto é tudo aquilo que existe por conta própria, não é necessário que alguém o veja ou acredite em sua existência. é algo que pode ser construído por alguém, mas não depende da crença desse alguém para existir (móveis, prédios, cidades, países, rios, pessoas, etc. dentro desse contexto, muito se questionou sobre o substantivo deus ser concreto ou não. é. não importa a fé de um ou outro). abstrato é tudo aquilo que nomeia qualidades, sentimentos, estados emocionais. eles só existem a partir da existência de outro ser que o sinta. ex.: amor, felicidade, medo, esperança, beleza, compreensão, etc.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • PORTUGUÊS SIMPLIFICADO
  • REFLETINDO SOBRE O TEMA:
  • Partes da Gramática
  • MORFOLOGIA
  • CONJUGANDO VERBOS
  • Modo Subjuntivo
  • HORA DE PRATICAR E VERIFICAR O QUE VOCÊ APRENDEU!
  • Exercícios
  • GABARITO
  • Bibliografia