Curso Online de A PELE-PROBLEMAS DERMATOLÓGICOS

Curso Online de A PELE-PROBLEMAS DERMATOLÓGICOS

Problemas dermatológicos – A pele Neste curso apresenta-se os vários problemas de saúde relacionados com a pele e formas de os tratar e ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 25 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Problemas dermatológicos – A pele
Neste curso apresenta-se os vários problemas de saúde relacionados com a pele e formas de os tratar e cuidar.

A pele é o maior órgão do corpo humano
envolve o corpo determinando seu limite com o meio externo.

EUROPA LEARNING é um programa especializado em ensino à distância. Apresentamos cursos em todas as areas, criados a pensar em voce. Investimos não só na qualidade de nosso material didático, como também em novos meios para difundir conceitos e técnicas de forma eficiente para todos alunos. Por isso hoje este projeto orgulhosamente traz ao Brasil cursos de primeira linha criando novas tendências de mercado quando o assunto é e-learning



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Afeções dermatológicas

    Afeções dermatológicas

  • Fonte: United Colors of Benetton

  • Problemas dermatológicos – A pele

    Problemas dermatológicos – A pele

    A pele é o maior órgão do corpo humano
    envolve o corpo determinando seu limite com o meio externo.
    16% do peso corporal e exerce diversas funções.
    órgão vital e, sem ela, a sobrevivência seria impossível.
    A cor, a textura e as pregas da pele ajudam a caracterizar os indivíduos.

  • Problemas dermatológicos – A pele

    Problemas dermatológicos – A pele

    Qualquer alteração da função ou do aspecto da pele pode acarretar consequências importantes para a saúde física e mental.
    É formada por três camadas:
    epiderme,
    derme e
    Tecido subcutâneo
    da mais externa para a mais profunda, respectivamente.

  • Pele - a epiderme

    Pele - a epiderme

    Camada mais externa da pele
    Constituída por células epiteliais (queratinócitos) com disposição semelhante a uma "parede de tijolos".
    Estas células são produzidas na camada mais inferior da epiderme (camada basal ou germinativa) e na sua evolução em direcção à superfície sofre processo de queratinização ou cornificação, que dá origem à camada córnea, composta basicamente de queratina (a proteína responsável pela impermeabilização da pele).

  • Problemas dermatológicos – A pele - a epiderme

    Problemas dermatológicos – A pele - a epiderme

    A renovação celular constante da epiderme faz com que as células da camada córnea sejam gradativamente eliminadas e substituídas por outras.
    Queratinócitos
    Melanócitos (produzem o pigmento que dá cor à pele -melanina e células de defesa imunológica (células de Langerhans). 

  • A pele

    A pele

    A epiderme dá origem aos anexos cutâneos: unhas, pêlos, glândulas sudoríparas e glândulas sebáceas.

    A abertura dos folículos pilossebáceos (pêlo + glândula sebácea) e das glândulas sudoríparas na pele formam os orifícios conhecidos como poros. 

  • A pele - anexos cutâneos - unhas

    A pele - anexos cutâneos - unhas

    As unhas são formadas por células corneificadas (queratina) que formam lâminas de consistência endurecida. Esta consistência dura, confere protecção à extremidade dos dedos das mãos e pés.

  • A pele - anexos cutâneos - pêlos

    A pele - anexos cutâneos - pêlos

    Podem ser minúsculos e finos (lanugos) ou grossos e fortes (terminais).
    No couro cabeludo, os cabelos são cerca de 100 a 150 mil fios e seguem um ciclo de renovação no qual aproximadamente 70 a 100 fios caem por dia para mais tarde darem origem a novos pêlos.

  • Este ciclo de renovação apresenta 3 fases: anágena (fase de crescimento) - dura cerca de 2 a 5 anos, catágena (fase de interrupção do crescimento) - dura cerca de 3 semanas e telógena (fase de queda) - dura cerca de 3 a 4 meses.

  • Problemas dermatológicos – A pele - anexos cutâneos

    Problemas dermatológicos – A pele - anexos cutâneos

    As glândulas sudoríparas produzem o suor e têm grande importância na regulação da temperatura corporal.
    São de dois tipos: as écrinas, que são mais numerosas, existindo por todo o corpo e produzem o suor eliminando-o directamente na pele. E as apócrinas, existentes principalmente nas axilas, regiões genitais e ao redor dos mamilos.
    São as responsáveis pelo odor característico do suor, quando a sua secreção sofre decomposição por bactérias.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Afeções dermatológicas
  • Problemas dermatológicos – A pele
  • Pele - a epiderme
  • Problemas dermatológicos – A pele - a epiderme
  • A pele
  • A pele - anexos cutâneos - unhas
  • A pele - anexos cutâneos - pêlos
  • Problemas dermatológicos – A pele - anexos cutâneos
  • Problemas dermatológicos – A pele - A derme
  • Problemas dermatológicos – A pele - A hipoderme
  • Funções da pele
  • Variações da pele com a idade …
  • Colheita de dados
  • Dados subjectivos
  • Dados objectivos
  • Exames de diagnóstico
  • Exames de diagnóstico – testes laboratoriais
  • Exames de diagnóstico - Testes especiais
  • Diagnóstico de Distúrbios Cutâneos
  • Lupus
  • Diagnóstico de Distúrbios Cutâneos
  • Testes de reacção alérgica
  • Nomenclatura para as Lesões e Tumores da Pele Lesões primárias
  • Lesões primárias
  • Lesões secundárias
  • Glossário de termos importantes…
  • Denominação das lesões cutâneas
  • Problemas dermatológicos
  • Infecções Fúngicas
  • Infecções Fúngicas – candidíase
  • Candidiase cutânea
  • Infecções Fúngicas – candidíase
  • Possíveis Diagnósticos de Enfermagem
  • Possíveis Intervenções de Enfermagem
  • Infecções Fúngicas – candidíase
  • Dermatofitoses
  • Dermatofitoses Tinea capitis - etiologia
  • Dermatofitoses Tinea capitis - Fisiopatologia
  • Dermatofitoses Tinea capitis – diagnóstico e tratamento
  • Dermatofitoses Tinea capitis – Ensinos ao utente
  • Dermatofitoses Tinea corporis e cruris - etiologia
  • Dermatofitoses Tinea corporis e cruris - epidemiologia
  • Dermatofitoses Tinea corporis e cruris – tratamento
  • Dermatofitoses Tinea corporis e cruris – ensino ao utente
  • Dermatofitoses Tinea pédis
  • Tinea pedis
  • Dermatofitoses Tinea pédis – cuidados em colaboração
  • Dermatofitoses Tinea pédis – ensinos ao utente
  • Infecções bacterianas
  • Erisipela
  • Erisipela - definição
  • Erisipela - Manifestações clínicas
  • Erisipela - Tratamento
  • Erisipela – cuidados em colaboração
  • Ensino ao doente e á família ?
  • Furúnculo
  • Furúnculo – definição/etiologia
  • Furunculo
  • Furúnculo - Manifestações clínicas
  • Antraz
  • Furúnculo - Tratamento
  • Fúrunculo – que intervenções?
  • Furúnculo – cuidados em colaboração
  • Impetigo
  • - Definição
  • Impetigo - epidemiologia
  • Impetigo - Fisiopatologia
  • Impetigo - Diagnóstico
  • Impetigo - Manifestações clínicas
  • Impetigo
  • Impetigo – cuidados em colaboração
  • Impetigo – ensino ao utente
  • Doenças virais
  • Herpes
  • Herpes Simples- definição
  • Herpes Simples- Epidemiologia
  • Herpes Simples - definição
  • Herpes Simples - Manifestações clínicas
  • Herpes Simples - Fisiopatologia
  • Herpes- Manifestações clínicas
  • Herpes - Tratamento
  • Herpes – cuidados em colaboração
  • Herpes – Cuidados em colaboração
  • Herpes Zoster ou zona - Definição
  • Herpes Zoster ou zona -Fisiopatologia
  • Herpes Zoster ou zona – Manifestações clínicas
  • Herpes Zooster
  • Herpes zooster
  • Herpes Zoster ou zona – Tratamento
  • Herpes Zoster ou zona – Cuidados em colaboração
  • Erupções eritemato-escamosas
  • Dermatite
  • Tipos de dermatite
  • Dermatite de contacto
  • Líquen plano da mucosa
  • Rash em doente medicado com Carbamazepina
  • Dermatite seborreica
  • Dermatite Seborreica - Face
  • Dermatite seborreica - causa
  • Dermatite seborreica - Manifestações clínicas
  • Dermatite seborreica - Tratamento
  • Dermatite de contacto
  • Dermatite de contacto irritativa
  • Dermatite de contacto alérgica
  • Dermatite de contacto - fisiopatologia
  • Dermatite de contacto – ensinos ao utente e família
  • Acne
  • Acne definição
  • Acne - fisiopatologia
  • Acne – cuidados em colaboração
  • Acne – ensino ao utente e família
  • Acne – ensino ao utente
  • Psoríase
  • Psoríase - epidemiologia
  • Psoríase - causas
  • Psoríase - fisiopatologia
  • Psoríase -Manifestações clínicas
  • Psoríase
  • Psoríase - Diagnóstico
  • Psoríase
  • Psoríase – cuidados em colaboração
  • Psoríase - cuidados em colaboração
  • Psoríase – cuidados em colaboração
  • Psoríase – ensino ao utente
  • Doenças bolhosas
  • Pênfigo – etiologia/epidemiologia
  • Pênfigo fisiopatologia
  • Pênfigo
  • Pênfigo Foliáceo
  • Pênfigo Vulgar
  • Diagnóstico
  • Penfigo cuidados em colaboração
  • Acções de enfermagem
  • Molusco Contagioso
  • Molusco Contagioso - definição
  • Molusco Contagioso - Manifestações clínicas
  • Molusco Contagioso - Tratamento
  • Cisto/Quisto pilonidal (Cisto/Quisto dermóide)
  • Cisto/Quisto pilonidal - definição
  • Cisto/Quisto pilonidal - Manifestações clínicas
  • Cisto/Quisto pilonidal - Tratamento
  • Cistos Sebáceos
  • Cistos Sebáceos - definição
  • Cistos Sebáceos - manifestações clínicas