Curso Online de ANATOMIA E FISIOLOGIA DO APARELHO ENDÓCRINO
5 estrelas 4 alunos avaliaram

Curso Online de ANATOMIA E FISIOLOGIA DO APARELHO ENDÓCRINO

ANATOMIA E FISIOLOGIA DO APARELHO ENDÓCRINO - ÓTIMO PARA PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE EM GERAL.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 350 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

ANATOMIA E FISIOLOGIA DO APARELHO ENDÓCRINO - ÓTIMO PARA PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE EM GERAL.

Graduado em Nível Superior na área da Enfermagem, Especialista em Enfermagem com ênfase em Videocirurgia e Instrumentadação Cirúrgica. Docente dos cursos de Instrumentação Cirúrgica, Técnico em Podologia e Técnico em Enfermagem com experiência docente e didáticas nas áreas de Anatomia e Fisiologia Humanas e Cirúrgica, Microbiologia e Parasitologia Humana, Enfermagem em Centro Cirúrgico e Videocirurgia, Noções de Anestesiologia e Elementos de Patologia Podálica.


- Flávia Juliana Pires Galvão

- Cleomilton Guimarães Oliveira

"O curso de Anatomia e Fisiologia e muito bom!Não só esse como todos os outros cursos que ja fiz pela buzero,tem me ajudado muito inclusive para provas de títulos."

- Cintia Francisco Augusto

"OI,o curso esta bom so que falta algumas partes.tem alguns textos q estão cortados,e deveria ter alguns exercicios avaliativos,para o nosso melhor aprendizado,ates da prova ser realizada."

- Raiana Santos Nascimento

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • ANATOMIA E FISIOLOGIA DO APARELHO ENDÓCRINO

    anatomia e fisiologia do aparelho endócrino

    professor: enfº.luciano nunes.

  • SISTEMA ENDÓCRINO

    sistema endócrino

    é formado por um composto grupo de diversos tecidos cuja a função é produzir e liberar, na corrente sanguínea substâncias conhecidas como hormônios.

    as glândulas endócrinas do grego; endos; dentro e krynas; secreção. são chamados porque lançam o hormônio diretamente na hemolinfa.

    glândulas exócrinas: do (grego: exos: fora) que lançam suas secreções p/ fora do corpo ou nas cavidades de órgãos ocos.

  • HORMÔNIOS

    hormônios

    o termo “hormônio” foi introduzida na linguagem científica em 1905.
    do grego: hormon; que significa; por em movimento.
    estimulam diversas funções e atividades no organismo humano.
    hormônios: substancias químicas produzidas pelas glândulas endócrinas, ou ate mesmo por células isoladas, que quando lançadas no sangue, agirão a distancia, inibindo ou estimulando a função de certos órgãos-alvos.

  • ESTIMULAÇÃO DOS HORMÔNIOS

    estimulação dos hormônios

    glândulas endócrinas – liberam – célula alvo. (receptores hormonais)

    glândulas exócrinas – responsável pela produção de + 1 tipo de hormônio.

    glândulas mistas – fazem o papel das endócrinas e exócrinas. também chamadas de anfícrimas.

  • GLÂNULA PINEAL

    glânula pineal

    a epífise neural, glândula pineal ou simplesmente pineal é uma pequena glândula endócrina localizada perto do centro do cérebro.
    a glândula pineal é uma estrutura cinza-avermelhada do tamanho aproximado de uma ervilha (8 mm em humanos).
    a glândula pineal é, portanto, uma estrutura de linha média, sendo vista freqüentemente em radiografias simples de crânio, pela alta incidência de calcificação da mesma.
    há algumas décadas, acreditava-se que a glândula pineal fosse um órgão vestigial (assim como o apêndice em humanos), sem função atual. no entanto, mesmo órgãos vestigiais podem apresentar alguma função, ocasionalmente diferente da função do órgão do qual se originou.

  • GLÂNDULA PINEAL

    glândula pineal

    a glândula pineal é grande na infância e reduz de tamanho na puberdade. parece ter um papel importante no desenvolvimento sexual, na hibernação e no metabolismo
    apesar das funções desta glândula serem muito discutidas, parece não haver dúvidas quanto ao importante papel que ela exerce na regulação dos chamados ciclos circadianos,que são os ciclos vitais (principalmente o sono) e no controle das atividades sexuais e de reprodução.

  • GLÂNDULA HIPÓFISE

    glândula hipófise

    hipotálamo: localizado na base do encéfalo, sob uma região encefálica denominada tálamo;
    também chamada de glândula pituitária

    função: neurônios especializados (neurossecretores);

    estabelece funções sobre a glândula por meio de conexões e vasos sanguíneos.

  • GLÂNDULA HIPÓFISE

    glândula hipófise

    também chamada de pituitária; tamanho de um grão de ervilha.

    situada na cavidade do osso esfenóide chamada: sela túrcica.

    esta dividir em 02 partes:
     adeno – hipófise: anterior
     neuro – hipófise: posterior

  • GLÂNDULA HIPÓFISE

    glândula hipófise

    possui lobos

    anterior
    intermédio
    posterior

  • ADENO – HIPÓFISE

    adeno – hipófise

    porção anterior da glândula mestra (pituitária);

    origem: á partir de células epidérmicas, tendo sua origem epitelial.

    liberam hormônios que regulam uma variedade de atividades corporais, do crescimento à produção.

  • ADENO - HIDÓFISE - HORMÔNIOS

    adeno - hidófise - hormônios

    hormônios secretados pela adeno – hipófise
    hormônio do crescimento humano (lgh);
    hormônio estimulante da tireóide (tsh);
    hormônio folículo estimulante da tireóide (fsh);
    hormônio luteinizante (lh);
    proloctina (prl);
    hormônios adrenocorticotrópico (acth);
    hormônios melanócito – estimulante (msh);


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • ANATOMIA E FISIOLOGIA DO APARELHO ENDÓCRINO
  • SISTEMA ENDÓCRINO
  • HORMÔNIOS
  • ESTIMULAÇÃO DOS HORMÔNIOS
  • GLÂNULA PINEAL
  • GLÂNDULA PINEAL
  • GLÂNDULA HIPÓFISE
  • ADENO – HIPÓFISE
  • ADENO - HIDÓFISE - HORMÔNIOS
  • ADENO - HIPÓFISE
  • NEURO – HIPÓFISE:
  • NEURO – HIPÓFISE - HORMÔNIOS
  • NEURO - HIPÓFISE
  • VASCULARIZAÇÃO – HIPÓFISE
  • GLÂNDULA TIREÓIDE
  • GLÂNDULA TIREÓIDE - HORMÔNIOS
  • PARATIREÓIDES
  • DEFICIÊNCIA HORMONAL PARATIREÓIDE
  • GLÂNDULA PARATIREÓIDE
  • PARATIREÓIDES
  • PÂNCREAS
  • ILHOTAS DE LANGERHANS
  • GLUCAGON
  • GLÂNDULA ADRENAL
  • GLÂNDULA ADRENAL - LOCALIZAÇÃO
  • LOCALIZAÇÃO - GLÂNDULA
  • CÓRTEX RENAL
  • MEDULA SUPRA RENAL
  • SECREÇÃO DA GLÂNDULA
  • TIMO
  • TIMO FETAL X TIMO ADULTO
  • GLÂNDULAS- GÔNADAS
  • TESTOSTERONA
  • CÉLULA DE LEIDYG
  • ESTRÓGENO E PROGESTERONA
  • ESQUEMATIZAÇÃO HORMONAL
  • UM BOM ENDOCRINOLOGISTA
  • BIBLIOGRAFIA