Curso Online de BOAS PRATICAS  DE FABRICAÇÃO EM AÇOUGUES

Curso Online de BOAS PRATICAS DE FABRICAÇÃO EM AÇOUGUES

Este curso destina-se aos profissionais das mais diversas áreas ligadas, a produção e/ou aos comércios de estabelecimentos comerciais de ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 46 horas

De: R$ 100,00 Por: R$ 70,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso destina-se aos profissionais das mais diversas áreas ligadas, a produção e/ou aos comércios de estabelecimentos comerciais de serviços de alimentação, principalmente aos profissionais das indústrias de serviços de alimentação, incluindo: os açougues de supermercados, restaurantes, lanchonetes, pizzarias, rotiseria. Este curso tem como objetivo é fornecer um roteiro prático, com as principais informações básicas e necessárias para elaborar e implantar o Manual de Boas Práticas de Fabricação - BPF, para Serviços de Alimentação (em açougues). Neste curso você aprendera sobre: o manual de boas práticas de fabricação em serviços de alimentação incluindo: edificação, instalações, equipamentos, móveis e utensílios higienização de instalações, equipamentos, móveis e utensílios, controle integrado de vetores e pragas urbanas, controle de abastecimento de água, controle de manejo dos resíduos, controle de manipuladores e saúde ocupacional, controle de treinamentos de manipuladores, controle de matérias-primas, ingredientes e embalagens, controle de preparação dos alimentos, controle de armazenamento e transporte dos alimentos preparado, controle de exposição ao consumo dos alimentos preparado. Para isso foi elaborado o curso a fim de fornecer as principais informações quanto à elaboração, a implantação e monitoramento das Boas Práticas de Fabricação em Serviços de Alimentação nos açougues de maneira corretada, com a finalidade de evitar possíveis erros virtude de um erro no durante os processos de produção, de manipulação ou durante a conservação. Este curso fornece os subsídios para a implantação das Boas Práticas de Fabricação em Serviços de Alimentação maneira corretada, com a finalidade de evitar a contaminação devido a falhas no sistema de Boas pratica durante o preparo e manipulação de alimentos, que venham causas danos a qualidade dos produtos elaborados e risco a suade de seus consumidores, no durante os processos de produção. Este curso possui 466 slides.

Sou Biológo Licenciado pela Universidade do Estado de Mato Grosso - Unemat, com Especialização em Processamento e Controle de Qualidade em Carnes, Leite e Ovos, pela Universidade Federal de Lavras - UFLA, com 17 (doze) anos de experiência em laticinios, nas mais diverdas aréas, como laboratório Fisico-quimico e Microbiológico,atuando no Controle e na garantia da Qualidade. De 2013 a 2015 trabalhei na area de processamento e no controle de qualidade em um Frigorifico (abatedouro) de Aves, e em uma fabrica de industrializados embutidos de derivados de aves, atuando como Supervisor nas áreas de Processamento Industrial na produção de Linguiças, Salsichas, Mortadelas, Presunto e Apresuntado de frango, e no Controle e Garantia da Qualidade. Em outubro de 2015 a abril de 2019, voltei novamente em laticínio, com produção de queijos: Mussarela, Prato, Provolone, Parmessão, Ricota, Minas Frescal, manteiga, doce de leite em pasta e barra, requeijão cremoso, creme de leite, nata, bebida láctea fermentada e não fermentada,iogurte,coalhada, etc. Atualmente estou trabalhando como supervisor do controle e qualidade em uma rede de supermercado. email para contato: jpdanibio@hotmail.com



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • BOAS PRATICAS
    DE FABRICAÇÃO EM AÇOUGUES

  • Os açougues são os estabelecimentos comerciais, responsáveis pelo recebimento e armazenamento, corte e preparo dos produtos cárneos, que chegam dos frigoríficos e matadouros para serem destinados à venda de diretamente ao seu consumidor final.

    INTRODUÇÃO

  • Assim, sendo nos açougues há um processo continuo e constante de manipulação de produtos cárneos por parte de seus colaboradores.
    Porém, devido à diversos fatores, o risco de contaminação desses produtos podem se elevar, e culminar em sérios problema de ordem sanitária.

    INTRODUÇÃO

  • Para assegurar a máxima qualidade dos produtos cárneos comercializados, e a segurança alimentar de seus consumidores é fundamental que os açougues estejam sempre atento a alguns cuidados quanto de higiene do estabelecimento, dos equipamentos e utensílios, e da higiene pessoal das pessoas responsáveis pelo manuseio.

    INTRODUÇÃO

  • Independentemente do tamanho do açougue, ou da especificidade dos produtos elaborados em suas bancadas, é fundamental que os manipuladores desses produtos, busquem a máxima higienização do estabelecimento, dos equipamentos e dos utensílios utilizados, no preparo e manuseio de produtos comercializados.

    INTRODUÇÃO

  • Assim, para garantir a higiene do açougues seus colaboradores devem seguir as chamadas boas práticas de preparo e manuseio de alimentos.
    As boas práticas representam diversas regras, cuja aplicação visa reduzir a contaminação dos produtos elaborados e comercializados a níveis aceitáveis.

    INTRODUÇÃO

  • O QUE SÃO AS
    BOAS PRÁTICAS?

  • O que são Boas Práticas?

    São práticas de higiene que devem ser obedecidas pelos manipuladores desde a escolha e compra dos produtos a serem utilizados no preparo dos alimentos até a venda para o consumidor.

    Boas Praticas de Manuseio e Limpeza em Açougues

  • QUAL O OBJETIVO DAS BOAS PRÁTICAS?

  • Qual o objetivo Boas Práticas?

    O objetivo das Boas Práticas é de evitar a ocorrência de doenças provocadas pelo consumo de alimentos contaminados.

    Boas Praticas de Manuseio e Limpeza em Açougues

  • DEFINIÇÃO
    DE BOAS PRATICAS


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 70,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • TREINAMENTO DE BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM AÇOUGUE
  • O QUE SÃO AS BOAS PRÁTICAS?
  • QUAL O OBJETIVO DAS BOAS PRÁTICAS?
  • DEFINIÇÃO DE BOAS PRATICAS
  • O QUE É O MANUAL DE BOAS PRÁTICAS EM AÇOUGUE?
  • IMPORTÂNCIA DAS BOAS PRÁTICAS NA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS SEGUROS
  • PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRONIZADO POPS
  • DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO DO AÇOUGUEIRO
  • O QUE É CONTAMINAÇÃO?
  • TIPOS DE CONTAMINAÇÃO?
  • CONTAMINAÇÃO FÍSICA
  • CONTAMINAÇÃO QUÍMICA
  • CONTAMINAÇÃO BIOLÓGICA, OU MICROBIOLÓGICA
  • O QUE SÃO MICRORGANISMOS?
  • O QUE SÃO BACTÉRIAS?
  • TIPOS DE BACTÉRIAS?
  • BACTÉRIAS BENÉFICAS
  • BACTÉRIAS PATOGÊNICAS
  • O QUE AS BACTÉRIAS PRECISAM PRA SE MULTIPLICAR?
  • ONDE SÃO ENCONTRADAS AS BACTÉRIAS?
  • DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTA)
  • CONTAMINAÇÃO CRUZADO
  • SEGURANÇA ALIMENTAR
  • COMO DEVE SER O LOCAL DE TRABALHO?
  • ESTRUTURA FÍSICA DE UM AÇOUGUE
  • ÁREA DE EDIFICAÇÃO
  • TETO E FORRO
  • PAREDE
  • PISO
  • BANCADAS
  • PORTAS
  • JANELAS
  • INSTALAÇÕES ELÉTRICAS
  • LÂMPADAS, LUMINÁRIAS E ILUMINAÇÃO.
  • BANHEIROS E VESTIÁRIOS
  • SISTEMA DE CANALIZAÇÃO
  • ESTRADOS E PALLETS
  • PRATEIRAS E ESTANTES
  • RECEBIMENTO E ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS CÁRNEOS
  • TEMPERATURA DE RECEBIMENTO E ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS CÁRNEOS
  • ARMAZENAMENTO A TEMPERATURA AMBIENTE
  • ARMAZENAMENTO A BAIXAS TEMPERATURAS, PARA RESFRIADOS E CONGELADOS
  • CONTROLE DE UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS
  • PROGRAMA DE CONTROLE DE HIGIENIZAÇÃO
  • HIGIENIZAÇÃO: LIMPEZA E SANITIZAÇÃO
  • NATUREZA E TIPOS DE SUPERFÍCIE
  • CONTROLE DA HIGIENE PESSOAL
  • HIGIENE PESSOAL
  • BANHO
  • BARBA E BIGODE
  • MÃOS E UNHAS
  • BOCA E DENTES
  • MAQUIAGENS E ADORNOS
  • UNIFORMES E ACESSÓRIOS
  • QUANDO LAVAS AS MÃOS
  • COMO LAVAR AS MÃOS
  • HÁBITOS DE HIGIENE OPERACIONAL
  • EQUIPAMENTOS E UTENSÍLIOS - ESPECIFICAÇÕES SANITÁRIAS
  • HIGIENIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E UTENSÍLIOS
  • FACA E DEMAIS UTENSILIO
  • GELADEIRA
  • FREEZER
  • BALANÇA
  • MOEDOR DE CARNE
  • AMACIADOR DE CARNE
  • SERRA FITA
  • FATIADOR DE FRIOS
  • HIGIENIZAÇÃO DO AMBIENTE
  • PISOS E RALOS
  • BANCADAS E SUPERFÍCIES DE MANIPULAÇÃO
  • PAREDES (AZULEJOS)
  • JANELAS, PORTAS E MAÇANETAS.
  • LÂMPADAS E LUMINÁRIAS
  • INTERRUPTORES E TOMADAS.
  • TELAS DE PROTEÇÃO
  • CORTINAS DE AR
  • CAMARA DE REFRIGERADOS
  • CÂMARA DE CONGELADOS
  • ESTRADO E PALLETS
  • ESTANTES E PRATELEIRAS
  • BALCÃO DE EXPOSITORES
  • BANHEIROS E VESTIÁRIOS
  • SAÚDE OCUPACIONAL
  • QUALIDADE DA ÁGUA
  • TREINAMENTOS
  • INTEGRAÇÃO
  • RECICLAGEM
  • CONTROLE DE PRAGAS: INSETOS E VETORES
  • O QUE FAZER COM O LIXO?
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS