Curso Online de ATENDENTE E RECEPCIONISTA HOSPITALAR
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de ATENDENTE E RECEPCIONISTA HOSPITALAR

Seja bem vindo ao curso Atendente e recepcionista hospitalar. Modalidade online Carga horária 95 horas aula. Público Alvo: gestores, a...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 95 horas


Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Mais de 30 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Seja bem vindo ao curso Atendente e recepcionista hospitalar.

Modalidade online

Carga horária 95 horas aula.

Público Alvo: gestores, atendentes e profissionais da área hospitalar.

ORGANIZAÇÃO QUE BUSCA APRESENTAR CURSOS EM DIVERSAS ÁREAS DE ATUAÇÃO E FORMAÇÃO POR UM BAIXO CUSTO PARA OS USUÁRIOS.


- Leila Maria De Lima

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • ATENDENTE E RECEPCIONISTA HOSPITALAR

    95 HORAS

  • SEJA BEM VINDO(A)!

    CURSO

    ATENDENTE E RECEPCIONISTA HOSPITALAR

  • CURSO DESTINADO A TODOS OS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NA ÁREA OU TEM INTERESSE NO ASSUNTO.

    CURSO IDEAL PARA FORMAÇÃO PROFISSIONAL.

  • O CURSO PODE SER APLICADO AOS FUNCIONÁRIOS DE EMPRESAS PRIVADAS E DO SERVIÇO PÚBLICO.

  • NOSSO INTUITO É PROPORCIONAR VISÃO GLOBAL DO TRABALHO E PROPORCIONAR AO ALUNO A FORMAÇÃO PROFISSIONAL ESSENCIAL PARA A EXCELÊNCIA E CRESCIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL.

  • SAÚDE DIREITO DE TODOS

    LEI 8080/90

    LEI 8142/90

  • INTRODUÇÃO

    SUS
    Sistema Único de Saúde. Promulgado pela Lei n. 8080 de 19 de setembro de 1990.

    Podemos refletir que é relativamente recente o encadeamento da lei que possibilita mesmo que teoricamente o direito a saúde a TODOS.

  • BIOSSEGURANÇA

    ENTENDEMOS COMO BIOSSEGURANÇA O CONJUNTO DE MÉTODOS, TÉCNICAS, AÇÕES, PROCEDIMENTOS, EQUIPAMENTOS E DISPOSITIVOS CAPAZ DE MINIMIZAR OU TERMINAR COM OS RISCOS INERENTES AS ATIVIDADES PROFISSIONAIS.

  • LEI Nº 11.105, DE 24 DE MARÇO DE 2005.
    Regulamenta os incisos II, IV e V do § 1o do art. 225 da Constituição Federal, estabelece normas de segurança e mecanismos de fiscalização de atividades que envolvam organismos geneticamente modificados OGM e seus derivados, cria o Conselho Nacional de Biossegurança CNBS, reestrutura a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança CTNBio, dispõe sobre a Política Nacional de Biossegurança PNB, revoga a Lei no 8.974, de 5 de janeiro de 1995, e a Medida Provisória no 2.191-9, de 23 de agosto de 2001, e os arts. 5o, 6o, 7o, 8o, 9o, 10 e 16 da Lei no10.814, de 15 de dezembro de 2003, e dá outras providências.

  • Art. 1o Esta Lei estabelece normas de segurança e mecanismos de fiscalização sobre a construção, o cultivo, a produção, a manipulação, o transporte, a transferência, a importação, a exportação, o armazenamento, a pesquisa, a comercialização, o consumo, a liberação no meio ambiente e o descarte de organismos geneticamente modificados OGM e seus derivados, tendo como diretrizes o estímulo ao avanço científico na área de biossegurança e biotecnologia, a proteção à vida e à saúde humana, animal e vegetal, e a observância do princípio da precaução para a proteção do meio ambiente.

  •         § 1o Para os fins desta Lei, considera-se atividade de pesquisa a realizada em laboratório, regime de contenção ou campo, como parte do processo de obtenção de OGM e seus derivados ou de avaliação da biossegurança de OGM e seus derivados, o que engloba, no âmbito experimental, a construção, o cultivo, a manipulação, o transporte, a transferência, a importação, a exportação, o armazenamento, a liberação no meio ambiente e o descarte de OGM e seus derivados.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • ATENDENTE E RECEPCIONISTA HOSPITALAR
  • SAÚDE DIREITO DE TODOS
  • INTRODUÇÃO
  • BIOSSEGURANÇA
  • HOSPITAL
  • O QUE DISPÕE A LEI 8080/90??
  • VALIDADE DO SUS??
  • DIREITO E DEVER: SAÚDE
  • QUAL O DEVER DO ESTADO?
  • TODOS TEM O DIREITO E DEVER
  • DETERMINANTES E CONDICIONANTES
  • O QUE É O SUS?
  • ESFERAS DE ATUAÇÃO
  • E A INICIATIVA PRIVADA??
  • QUAIS OS OBJETIVOS DO SUS?
  • QUAIS OS CAMPOS DE ATUAÇÃO DO SUS?
  • O QUE É VIGILÂNCIA SANITÁRIA?
  • O QUE É VIGILÂNCIA EPIDEMOLÓGICA?
  • O QUE É SAÚDE DO TRABALHADOR?
  • O QUE ABRANGE A SAÚDE DO TRABALHADOR?
  • QUAIS OS PRINCÍPIOS DO SUS?
  • DIREÇÃO DAS AÇÕES
  • DIREÇÃO DO SUS
  • E CONSÓRCIOS EM SAÚDE???
  • COMISSÕES INTERSETORIAIS - ATIVIDADES
  • COMISSÕES PERMANENTES
  • OBJETIVOS - Comissões Intergestores Bipartite e Tripartite
  • CONASS E CONASEMS
  • COSEMS
  • ATRIBUIÇÕES COMUNS - SUS
  • COMPETÊNCIA NACIONAL SUS
  • COMPETÊNCIA DIREÇÃO ESTADUAL
  • COMPETÊNCIA DIREÇÃO MUNICIPAL
  • ATRIBUIÇÕES DO DF?
  • SAÚDE INDÍGENA
  • ATENDIMENTO E INTERNAÇÃO DOMICILIAR
  • PARTO E PÓS PARTO
  • ASSISTÊNCIA TERAPEUTICA
  • SERVIÇOS PRIVADOS DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE
  • EMPRESAS CAPITAL ESTRANGEIRO - PARTICIPAÇÃO
  • PARTICIPAÇÃO COMPLEMENTAR
  • RECURSOS HUMANOS
  • FINANCIAMENTO - RECURSOS
  • OUTRAS FONTES
  • RECEITAS GERADAS
  • GESTÃO FINANCEIRA
  • AUDITORIA
  • PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO
  • DISPOSIÇÕES FINAIS
  • LEI 8142/90
  • CONFERÊNCIA DE SAÚDE
  • CONSELHO DE SAÚDE
  • CONSELHO NACIONAL DE SECRETARIOS DE SAÚDE
  • CONSELHO DE SAÚDE PARTICIPAÇÃO PARITÁRIA
  • REGIMENTO
  • RECURSOS FUNDO NACIONAL DE SAÚDE
  • FUNDO DE SAÚDE
  • SERVIÇO PÚBLICO E QUALIDADE
  • conceituação
  • adaptação
  • princípios
  • Gestão por processo
  • Gestão pela qualidade
  • Origem da administração pública gerencial
  • Modelo de excelência na administração pública
  • Fundamento
  • Satisfação do usuário
  • Envolvimento de todos
  • Gestão participativa
  • Melhoria continua
  • Gestão pro ativa
  • Qualidade definições
  • Mensuração de qualidade
  • Indicadores estratégicos
  • GESTÃO DE QUALIDADE NO SERVIÇO PUBLICO
  • ANÁLISE ORGANIZACIONAL
  • CICLO PDCA
  • O QUE É SERVIÇO PÚBLICO?
  • SERVIÇOS ESSENCIAIS
  • SERVIÇOS ESSENCIAIS NO BRASIL
  • ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
  • GESTOR PÚBLICO
  • MODELOS
  • ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: BRASIL
  • OBJETIVOS E SUBJETIVOS
  • ADMINISTRAÇÃO DIRETA E INDIRETA
  • ISO 9001
  • ENTENDO ISO 9001
  • ISO 9000
  • ANTECEDENTES
  • ISO 9000
  • ISO 9001
  • ISO 9001: 2000
  • ISO 9000:2005
  • ISO 9001:2008
  • CRITÉRIOS DE NORMATIZAÇÃO
  • ELEMENTOS
  • TERMINOLOGIA
  • CERTIFICAÇÃO
  • ENTENDO O ISSO 9001
  • NO BRASIL
  • EM PORTUGAL
  • PBQP-H
  • QUALIDADE
  • BENEFÍCIOS NORMATIZAÇÃO NOS NEGÓCIOS
  • O QUE É UMA NORMATIZAÇÃO
  • OBJETIVOS DA NORMATIZAÇÃO
  • BENEFÍCIOS DA NORMATIZAÇÃO
  • CERTIFICAÇÃO DE PRODUTOS OU SERVIÇOS
  • PROGRAMAS EVOLUTIVOS
  • ABNT E CONSULTORIA
  • PRINCÍPIOS DA NORMATIZAÇÃO
  • IMPORTANTE
  • NORMATIZAÇÃO E MPE
  • VÍDEO IMPORTANTE
  • FORMAÇÃO - CARREIRA
  • EXPERIÊNCIA
  • ATITUDE
  • EMPREENDEDOR
  • LEI DA RIQUEZA
  • CRESÇA COM A MUDANÇA.
  • PRESTE ATENÇÃO NAS PESSOAS
  • SEJA CURIOSO (A)
  • MARKETING PESSOAL
  • PRINCÍPIO DA RIQUEZA
  • CRESÇA COM OS PROBLEMAS
  • MUDANDO PENSAMENTO
  • BUSQUE SABEDORIA E CONHECIMENTO
  • DESENVOLVENDO SUAS COMPETÊNCIAS
  • MELHORANDO SUA PRODUTIVIDADE
  • DESENVOLVENDO LIDERANÇA
  • APRENDENDO COM MARKETING PESSOAL
  • FELICIDADE NO TRABALHO
  • INCENTIVANDO A CRIATIVIDADE
  • DESENVOLVENDO FORÇAS DE PORTER
  • DESENVOLVENDO CORAGEM
  • DESENVOLVENDO CAPITAL HUMANO
  • A BUSCA DAS NOVAS OPORTUNIDADES
  • SEJA EMPREENDEDOR
  • CURRÍCULO DO FUTURO
  • GESTÃO DA QUALIDADE
  • CONCEITO
  • HISTÓRIA
  • PRINCÍPIOS DE QUALIDADE
  • PRINCÍPIOS DEMING
  • FERRAMENTAS DE QUALIDADE
  • William Edward Deming
  • Armand Feigenbaum
  • Joseph Juran
  • Kaoru Ishikawa
  • Philip Crosby
  • PDCA
  • Utz Certified
  • Diagrama de Pareto
  • INTRODUÇÃO
  • ENTENDO ISO 9001
  • ANTECEDENTES
  • ELEMENTOS
  • TERMINOLOGIA
  • CERTIFICAÇÃO
  • ENTENDO O ISSO 9001
  • NO BRASIL
  • EM PORTUGAL
  • PBQP-H
  • QUALIDADE
  • BENEFÍCIOS NORMATIZAÇÃO NOS NEGÓCIOS
  • O QUE É UMA NORMATIZAÇÃO
  • OBJETIVOS DA NORMATIZAÇÃO
  • BENEFÍCIOS DA NORMATIZAÇÃO
  • CERTIFICAÇÃO DE PRODUTOS OU SERVIÇOS
  • PROGRAMAS EVOLUTIVOS
  • ABNT E CONSULTORIA
  • PRINCÍPIOS DA NORMATIZAÇÃO
  • IMPORTANTE
  • NORMATIZAÇÃO E MPE
  • VÍDEO IMPORTANTE
  • AUDITORIA DA QUALIDADE
  • OBJETIVOS DE UMA AUDITORIA
  • MELHORAS DA AUDITORIA
  • CLASSIFICAÇÃO DA AUDITORIA DA QUALIDADE
  • Controle de Qualidade Total (TQC)
  • QUALIDADE SEMPRE
  • COMUNICAÇÃO APLICADA A GESTÃO
  • CONCEITO
  • COMUNICAÇÃO
  • COMUNICAÇÃO INTERNA
  • COMUNICAÇÃO EXTERNA
  • GESTÃO DE MARCA
  • ENTENDENDO GESTÃO DE MARCA
  • UM POUCO DE HISTÓRIA
  • O QUE É UMA MARCA?
  • IMPORTÂNCIA DAS MARCAS PARA AS ORGANIZAÇÕES
  • Branding
  • ESTRATÉGIA DE MARCA
  • PORTFÓLIO DE MARCA
  • LINHA DO PRODUTO
  • MIX DE MARCA
  • MARCA GUARDA CHUVA
  • VANTAGENS
  • DESVANTAGENS
  • MARCA CORPORATIVA
  • MARCA INDIVIDUAL
  • VANTAGENS
  • DESVANTAGENS
  • MARCAS MISTAS
  • EXTENSÃO DE MARCA
  • EXTENSÃO DE LINHA
  • EXTENSÃO DE IMAGENS
  • Co-paternidade ou cobranding
  • Marcas Múltiplas
  • HIERARQUIA DAS MARCAS
  • ASSESSORIA DE IMPRENSA
  • RELAÇÕES PÚBLICAS
  • ENDOMARKETING
  • OMBUDSMAN
  • ESQUEMA DE COMUNICAÇÃO
  • REGRAS DE COMUNICAÇÃO
  • BARREIRAS DA COMUNICAÇÃO
  • INTELIGÊNCIA EMOCIONAL
  • O QUE É?
  • HISTÓRIA
  • INTELIGÊNCIA INTERPESSOAL
  • INTELIGÊNCIA INTRA PESSOAL
  • TIPOS DE INTELIGÊNCIA
  • GOLEMAN
  • INTELIGÊNCIAS MULTIPLAS
  • CRIATIVIDADE
  • POTENCIAL CRIATIVO
  • PROCESSO CRIATIVO
  • AMPLIANDO A CRIATIVIDADE
  • CARACTERÍSTICAS DA INTELIGÊNCIA
  • INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NO TRABALHO
  • RESPONSABILIDADE DO RECEPCIONISTA
  • RESULTADO DESEJADO NO ATENDIMENTO
  • PREPARAÇÃO PSICOLOGICA
  • ATENDIMENTO AO CLIENTE
  • O QUE O CLIENTE QUER
  • ATITUDES PARA UM BOM ATENDIMENTO
  • AGRADECIMENTO