Curso Online de Saúde pública e SUS
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Saúde pública e SUS

Este curso aborda as noções sobre saúde pública e o SUS para concursos.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 150 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso aborda as noções sobre saúde pública e o SUS para concursos.

Técnico agrícola, agrônomos e médicos veterinários.


- Veronica Lima Dos Santos

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Saúde Pública e o Sistema Único de Saúde

    Saúde Pública e o Sistema Único de Saúde

    SUS

  • Conceito de Saúde

    Conceito de Saúde

    Saúde: “É um estado de completo bem estar físico, mental e social, e não meramente a ausência de doenças ou defeitos”, segundo a Organização Mundial da Saúde.
    Esta definição descreve um objetivo impossível de ser alcançado, porém, possui o mérito de reconhecer, no seu sentido mais amplo, que a saúde não depende somente de profissionais e casas de saúde.
    É um problema de natureza social decorrente do nível de vida dos indivíduos, é um equilíbrio orgânico resultante de um ajustamento do organismo no sentido da manutenção de um balanço positivo contra forças biológicas, físico-químicas, mentais e sociais que tendem a romper este equilíbrio.

  • Conceito de Saúde

    Conceito de Saúde

    Conceito descrito pelo Ministério da Saúde, em 1986, diz:
    “A saúde é resultante de alimentação, habitação, educação, renda, meio ambiente, trabalho, transporte, emprego, lazer, liberdade, acesso e posse de terra e acesso aos serviços de saúde. E assim, o resultado das formas de organização social e da produção, as quais podem gerar grandes desigualdades nos níveis de vida”.

  • Conceito de Doença

    Conceito de Doença

    “Alteração de um desvio do estado de equilíbrio de um indivíduo com o meio”. OMS.
    A doença ocorre quando há perturbação funcional dos processos fisiológicos a nível celular.
    Quando o indivíduo ou população são expostos a condições ambientais desfavoráveis, a agentes e/ou a fatores genéticos que levam a essas alterações.
    A alteração dos processos fisiológicos produz manifestações denominadas de sintomas e/ou sinais de doença.
    Saúde e doença são termos relativos, portanto, a conceituação simplista de que saúde e doença são dois estados recíprocos, exclusivos e estáticos, com demarcação de limites é incorreta.

  • Conceito de Sintomas e Sinais Clínicos

    Conceito de Sintomas e Sinais Clínicos

    Sintomas: são os efeitos das alterações fisiológicas que são detectáveis somente pelo próprio indivíduo, é a manifestação subjetiva da doença.
    São exemplos de sintomas dor, vertigem, náusea, etc.
    Sinais Clínicos: são os efeitos das alterações fisiológicas que podem ser observadas ou medidas por outros indivíduos (ex. profissionais da área da saúde como médicos, enfermeiros e médicos veterinários, etc). É uma manifestação objetiva da doença.
    São exemplos: a febre, o vômito, alterações da locomoção etc.
    Outros sinais são mais obscuros e podem necessitar de instrumentos sofisticados (alterações dos valores bioquímicos) ou períodos de observação longos (ex. fertilidade baixa, perda de peso, perda de pêlo).

  • Conceito de Saúde Pública

    Conceito de Saúde Pública

    Saúde Pública: é a ciência e a arte de evitar doenças, prolongar a vida e desenvolver a saúde física e mental e a eficiência, através de esforços organizados da comunidade para o saneamento do meio ambiente, o controle de infecções na comunidade, a organização de serviços médicos e paramédicos para o diagnóstico precoce e o tratamento preventivo de doenças, e o aperfeiçoamento da máquina social, que irá assegurar a cada indivíduo, dentro da comunidade, um padrão de vida adequado à manutenção da saúde.

  • Objetivos da Saúde Pública

    Objetivos da Saúde Pública

    Objetivos da Saúde Pública:
    Prevenir doenças e promover saúde em populações através de esforços comunitários, tendo como principal instrumento a Epidemiologia.
    Quando se cogita oferecer soluções para elevar o nível de saúde deve-se considerar que o problema não pode ser resolvido com a formação de um número maior de hospitais (mesmo que sejam bem aparelhados) e profissionais de saúde especializados, pois a questão da saúde passa invariavelmente pelas condições socioeconômicas da população.
    Se a saúde se distribui, social e geograficamente, como a renda, a redistribuição da saúde implica na redistribuição da renda.

  • Histórico da Saúde Pública no Brasil

    Histórico da Saúde Pública no Brasil

    Lei Eloy Chaves (1923):
    Nasce a “previdência” após greves e movimentos por melhores condições de trabalho e segurança.
    Instituição das CAPs (Caixas para Aposentadoria e Pensão) aos operários urbanos, apenas.
    Eram organizadas pelas próprias empresas – caráter facultativo.
    Direito a socorro médico, à aposentadoria/pensão e aos serviços funerários. Isto se estendia também aos dependentes.

    A partir da década de 30:
    Foram criados os Ministérios do Trabalho, da Educação/Saúde; Indústria/Comércio e junta trabalhista.
    As CAPs são substituídas pelos IAPs (Instituto de Aposentadoria e Pensão): são serviços utilizados somente por pessoas com vínculos empregatícios; cada setor criava o seu (ex: comércio, bancários, etc.).
    Governo Vargas.

  • Histórico da Saúde Pública no Brasil

    Em 1953: Ministério da Saúde separa-se do Ministério da Educação – função: vigilância sanitária, programas de vacinas e doenças epidêmicas. Foco na atenção 1ª.

    A partir de 60: os IAPs são unificados, tornando-se o INPS (Instituto Nacional de Previdência Social) – função: previdência e assistência médica. Quem não tinha vínculo empregatício poderia pagar o INPS e ter acesso à saúde.

    Em 1978: nasce o INAMPS (Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social) – criado dentro do INPS pelo regime militar. Tinha vínculo com o Ministério da Previdência Social. Foco na cura (atenção 2ª e 3ª). Foi extinto em 1993.

    Histórico da Saúde Pública no Brasil

  • Histórico da Saúde Pública no Brasil

    Em 1986: nasce o SUDS (Sistema Único Descentralizado de Saúde) – muda-se o foco para a atenção básica. Inverte as verbas do INAMPS para os estados. Funciona até 1988, quando surge o SUS (Sistema Único de Saúde) no governo Sarney.

    O SUS unifica a administração e o financiamento, unindo o MS (atenção 1ª) e o INAMPS (atenção 2ª e 3ª) – mas com o SUS não se pode exigir pagamento obrigatório, então é criada a CPMF.

    CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) – sua criação ocorreu em 1996 e entrou em vigor em 1997: o dinheiro só podia ser aplicado à saúde; arrecadação direcionada ao SUS.

    Histórico da Saúde Pública no Brasil

  • História Natural da Doença

    História Natural da Doença

    É o nome do conjunto de processos interativos que compreendem as relações existentes entre o hospedeiro, o agente e o meio ambiente que afetam o organismo na produção de doenças.

    Têm início antes do envolvimento do indivíduo, isto é, antes que ele receba o estímulo-doença.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Saúde Pública e o Sistema Único de Saúde
  • Conceito de Saúde
  • Conceito de Doença
  • Conceito de Sintomas e Sinais Clínicos
  • Conceito de Saúde Pública
  • Objetivos da Saúde Pública
  • Histórico da Saúde Pública no Brasil
  • História Natural da Doença
  • Níveis de Atenção à Saúde
  • Relação Hospedeiro, Agente e Ambiente
  • Vetores na História Natural de uma Doença
  • Fatores Envolvidos na HND
  • Níveis de Prevenção
  • Descrição da Doença no Tempo e no Espaço
  • Processo de Transmissão e Fontes de Infecção
  • Métodos de Transmissão da Infecção
  • Epidemiologia
  • Conceito de População
  • Conceitos em Epidemiologia
  • Postulados
  • Raciocínio Epidemiológico
  • Determiantes
  • Determinantes
  • Sistema Único de Saúde (SUS)
  • Princípios Assistenciais do SUS
  • Princípios Organizacionais do SUS
  • Constituição Federal (1988)
  • Artigo 200 (continuação)...
  • Legislação do SUS
  • Instâncias de Decisão do SUS
  • Lei 8080 de 1990 SISTEMA UNICO DE SAUDE
  • Lei 8080 de 1990
  • Lei 8142 de 1990
  • A Política de Seguridade Social no Brasil Enfoque à Saúde
  • Muito Obrigada!!!