Curso Online de Suporte Básico de Vida e Uso do DEA

Curso Online de Suporte Básico de Vida e Uso do DEA

Curso de capacitação em Suporte Básico de Vida para estudantes e leigos. Abordando temas da patologia e da assistência, assim como o uso ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 29,90
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Curso de capacitação em Suporte Básico de Vida para estudantes e leigos. Abordando temas da patologia e da assistência, assim como o uso do DEA passo a passo. Com Avaliação final com 10 perguntas criteriosas.

Bacharel em Enfermagem Pós graduação em urgência emergência e terapia intensiva Iniciação cientifica: Suporte básico de vida Qualificação Técnica de nível médio de analista da qualidade em alimentos Qualificação técnica de nível médio de operador de processos na industria de alimentos Habilitação Profissional técnica de nível médio de TÉCNICO EM ALIMENTOS. Certificado de estágio curricular na Área Técnica - Laboratórios de Alimentos e Química. Certificado de palestra - "produtos químicos: propriedades e riscos", "produtos químicos: recebimento, manipulação, estocagem e gestão ambiental".



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • SUPORTE BÁSICO DE VIDA (SBV)

    SUPORTE BÁSICO DE VIDA (SBV)

    CAPACITAÇÃO

    Autor
    Alef Henrique Garcia

  • SUPORTE BÁSICO DE VIDA

    SUPORTE BÁSICO DE VIDA

    Conjunto de medidas utilizadas para restabelecer a vida de uma vítima em Parada Cardiorrespiratória (PCR). Com o objetivo de recuperar a vítima para uma vida comparável à que tinha previamente ao acontecimento.

  • PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

    PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

    Interrupção da circulação sanguínea
    súbita e inesperada dos batimentos cardíacos.

    Depois de uma parada cardiorrespiratória, a pessoa perde a consciência em cerca de 10 a 15 segundos em razão da parada de circulação sanguínea cerebral.

  • Se uma pessoa permanecer de 4 a 6 minutos sem oxigênio, as células cerebrais morrem rapidamente.

  • Modalidades

    Modalidades

    A PCR pode ser classificada em quatro modalidades: 1.Fibrilação Ventricular (FV); 2. Taquicardia Ventricular Sem Pulso (TVSP); 3. Atividade Elétrica Sem Pulso (AESP); e Assistolia (GONZALEZ et al.,2013).

  • A modalidade em FV, destaca-se pois é a principal causa de PCR em adulto, na qual é ocasionado por contrações desordenadas, arrítmica, sendo ineficiente para o bombeamento do sangue pelo corpo, e pode evoluir rapidamente para assistolia a qual corresponde a ausência total dos batimentos cardíacos (PAZIN FILHO.,2003).

  • A modalidade em TVSP, apresenta uma frequência cardíaca (FC) superior a 100 batimentos por minutos (bpm), e a presença do complexo QRS (despolarização ventricular – contração dos ventrículos) alargado maior que 0,12 no critério cardiográfico, tem como principal causa, pacientes com presença de doenças coronarianas e cardiopatia chagásica (PESARO,.2008).

  • O AESP, é um termo empregado fora das outras modalidades de PCR, pois ele pode ser tanto bradicárdico quanto taquicárdico com leitura eletrocardiográfica com complexo QRS estreito ou alargado, sinusal, supraventricular ou ventricular, pode-se notar também um ritmo efetivo no monitor, porém o débito cardíaco não é efetivo (PAZIN FILHO.,2003).

  • No caso da modalidade em AESP e assistolia, existe alguns diagnósticos diferenciais, podem estar associadas com os “5 Hs e 5 Ts”, sendo estes: Hipóxia, Hipovolemia, Hidrogênio (acidose), Hiper/Hipocalemia, Hipotermia e Tóxicos, Tamponamento cardíaco, tensão no tórax(pneumotórax hipertensivo), trombose coronária (infarto agudo no miocárdio) e tromboembolismo pulmonar (GONZALEZ.,2013).

    Assistolia

  • Algumas PCRs podem apresentar sinais e sintomas bem característicos ou não, podem ser confundidas com outras patologias sendo de difícil diagnóstico para atendentes leigos, o que a Associação Americana do Coração relata sobre o manejo de uma PCR por atendentes leigos como primeiro passo é fazer uma ligação de emergência e relatar os sinais e sintomas da vítima em PCR (AHA,.2015).

  • A parada cardiorrespiratória fora dos hospitais acontecem cerca de 80% por

    Fibrilação Ventricular (caracterizada por um ritmo cardíaco rápido, irregular e ineficaz)

    VENTRICULO DIREITO

    VENTRICULO ESQUERDO

    Átrio direito

    Átrio esquerdo


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • SUPORTE BÁSICO DE VIDA (SBV)
  • SUPORTE BÁSICO DE VIDA
  • PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA
  • Modalidades
  • SINTOMAS
  • FIQUE ATENTO !!!
  • O QUE FAZER ?
  • Como fazer a compressão ?
  • RESPIRAÇÃO
  • COMO USAR O DEA ?
  • Referências