Curso Online de Administração de medicamentos na enfermagem.

Curso Online de Administração de medicamentos na enfermagem.

O curso aborda de forma clara e objetiva, todos os preceitos, técnicas e fundamentos científicos para que a administração de medicamentos...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso aborda de forma clara e objetiva, todos os preceitos, técnicas e fundamentos científicos para que a administração de medicamentos em enfermagem seja realizada de forma correta e segura.


  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Curso de administração de medicamentos na enfermagem.

    Curso de administração de medicamentos na enfermagem.

    1

  • 1. Introdução a administração de medicamentos:

    1. Introdução a administração de medicamentos:

    A Administração de medicamentos embora seja um procedimento simples e de rotina, exige profissionais qualificados com conhecimentos em farmacologia, anatomia, fisiologia e de microbiologia.

    O profissional que desempenha a função deve sempre estar atento ao tirar a medicação do armário, e durante seu preparo. Não conversar com ninguém evitando distrações e possíveis erros durante o preparo.

    2

  • Ao levar o medicamento para junto ao paciente, deve sempre conferir o prontuário, o leito e enfermaria do mesmo e perguntar seu nome. Evite deixar a bandeja com as medicações ao acesso livre dos clientes. Jamais deve ser usado medicamento com o rótulo ilegível ou ausente.

    Recomenda-se seguir os 7 (sete) certos da administração de medicamentos:
     paciente certo;
     medicamento certo;
     dose certa;
     via certa;
     hora certa;
     prescrição certa;
     validade certa.

    3

  • Vali ressaltar que para o desempenho dessa função, a prescrição médica é fundamental, sem prescrição não há a administração. Nunca administra medicamento por conta própria.

    1.2 Medicamentos: substância\ princípio ativo num produto farmacêutico obtido com a finalidade profilática, curativa, paliativa ou para fins diagnósticos.

    1.3 Droga: substância ou matéria-prima com a finalidade medicamentosa. Suas fontes são: plantas, animais, minerais e vitaminas.

    1.4 Dosagem: quantidade de uma droga administrada no organismo, com o objetivo de efeito terapêutico.

    4

  • 2 .Fundamentos de farmacologia:

    2 .Fundamentos de farmacologia:

    2.1 Farmacologia: estuda substâncias químicas capazes de alterar as funções dos organismos. Dividindo em:
     
    2.2 Farmacodinâmica: estuda os efeitos biológicos, químicos e o mecanismo de ação dos fármacos.
     
    2.3 Farmacocinética: estuda a absorção e distribuição, metabolismo e excreção dos fármacos.

    5

  • 3. Fórmulas e formas farmacêuticas:

    3. Fórmulas e formas farmacêuticas:

    3.1 Forma farmacêutica: é o estado físico na qual vem para facilitar seu fracionamento, dosagem, posologia, administração, absorção e conservação. São elas:

    SÓLIDAS: drágeas, cápsulas, comprimidos, pílulas, supositórios, óvulos e pó para administrar o medicamento por via oral.

    SEMI-SOLIDAS: unguentos, pomadas, cremes.

    LÍQUIDAS: soluções, xaropes, suspenções, emulsões, colírio, loções e líquidos para administração via parenteral.

    3.2 Formula farmacêutica: é a relação de todos os componentes de um determinado medicamento. Uma fórmula, em geral, deve ser constituída de princípio ativo e veículo ou excipiente. O princípio ativo é o agente medicamentoso mais importante de uma fórmula, é o responsável pelo efeito farmacológico.

    6

  • 4 .Efeitos dos medicamentos:

    4 .Efeitos dos medicamentos:

    O efeito do medicamento é a alteração que ele é capaz de fazer no organismo humano. O objetivo terapêutico é obter um efeito benéfico desejado com o mínimo de efeitos adversos no cliente.

    Todos os medicamentos contém uma substância chama princípio ativo que atua sobre uma parte do corpo e pode produzir um ou mais efeitos.

    7

  • 4.1 Efeito farmacológico: o princípio ativo atua sobre determinadas células e órgão do corpo. O resultado é chamado de efeito farmacológico.

    4.2 Efeito principal: é aquele que se espera.

    4.3 Efeito indesejável ou adverso: é o efeito indesejável, produzido pelo mesmo medicamento. Podem ser efeitos leves e moderados, mas as fezes são graves.

    8

  • 5. Venóclise

    5. Venóclise

    9

  • 5.1 Conceito:

    5.1 Conceito:

    Venóclise ou fluidoterapia consiste na introdução de uma grande quantidade de líquido por via endovenosa no paciente. Sua finalidade é fornecer sais necessários á restauração ou manutenção do equilíbrio eletrolítico do organismo, promover alimentação sob forma de glicose quando o paciente é incapaz de alimentar-se, e administração de medicamentos por endovenosa. Assim venóclise tanto pode ser um método terapêutico, como nutritivo.

    10

  •     As veias mais utilizadas nesse procedimento são as do braço (basílica ou cefálica). Não é recomentado utilizar veias próximas a articulações, como as da face interna do cotovelo, pois o procedimento não é rápido e deve evitar desconforto no paciente. Recomenda-se utilizar as veias do dorso da mão, a basílica ou cefálica, que permite que o paciente mecha o braço proporcionando mais conforto.

    11


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Curso de administração de medicamentos na enfermagem.
  • 1. Introdução a administração de medicamentos:
  • 2 .Fundamentos de farmacologia:
  • 3. Fórmulas e formas farmacêuticas:
  • 4 .Efeitos dos medicamentos:
  • 5. Venóclise
  • 5.1 Conceito:
  • 5.2 Soros utilizados em venóclise:
  • 5.3 Procedimento de venóclise:
  • 5.4 Punção venosa- vídeo
  • 5.3 Gotejamento de soro:
  • 6. Cálculos de dosagens de medicamentos
  • 6.1 Utilização da regra de três simples:
  • 7. Emprego de medicamentos
  • 7.1 Combate a infecções e manifestações:
  • 7.2 Fornecimento de elementos carentes:
  • 7.3 Bloqueio temporário de uma função normal:
  • 7.4 Desintoxicação do organismo:
  • 7.5 Correção de uma função orgânica defeituosa:
  • 8. músculos utilizados na administração
  • 8.1 Conceito:
  • 8.2 Deltóide
  • 8.3 Glúteo
  • 8.4 Vasto lateral da coxa
  • 9 Vias de administração
  • 9.1 Via Sublingual
  • 9.2 Via retal
  • 9.3 Via oral
  • 9.4 Via nasal
  • 9.5 Via ocular
  • 9.6 Via Auricular
  • 9.7 Via Vaginal
  • 9.8 Via tópica ou cutânea
  • 10. Administração de medicamentos parenterais
  • 10.1 Conceito:
  • 10.2 Vias utilizadas:
  • 10.3 Agulhas e ângulos utilizados:
  • 10.4 Observação importante:
  • 10.5 intramuscular_ recomendações:
  • 10.6 Intramuscular_ riscos:
  • 10.7 Via endovenosa_ complicações:
  • 10.8 Procedimentos de Administração de medicamentos parenterais:
  • 11. Vantagens e desvantagens das vias de administração de medicamentos:
  • 11.1 Via oral:
  • 11.2 Via sublingual:
  • 11.3 Via retal:
  • 11.4 Via intramuscular:
  • 11.5 Via endovenosa:
  • 12 Administração de medicamentos por gavagem
  • 12. 1 Conceito:
  • 12. vídeo-aula
  • 13 Administração de nutrição parenteral
  • 13.1 Conceito:
  • 13.2 Componentes:
  • 13.3 Complicações:
  • 13.4 Vias de administração:
  • Referências bibliográficas