Curso Online de Curso de Biossegurança Hospitalar
4 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de Curso de Biossegurança Hospitalar

Estuda o manuseio de substâncias biológicas avaliando todas as condições que serão necessárias para a atividade de enfermagem.As precauçõ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 60,00 Por: R$ 39,90
(Pagamento único)

Mais de 50 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Estuda o manuseio de substâncias biológicas avaliando todas as condições
que serão necessárias para a atividade de enfermagem.As precauções universais são medidas adotadas pelos profissionais da saúde envolvidos na
assistência aos pacientes independente da doença diagnosticada.

O profissional de saúde deve ter uma postura consciente da utilização destas precauções como forma de não se infectar ou servir de fonte de contaminação. A adoção destas medidas é importante para não adquirir doenças tais como a Hepatite B e C, AIDS, sífilis doença de Chagas , influenza , além de tuberculose e outras patologias respiratórias.

*Terapeuta naturalista e massagista. *Técnico em medicina chinesa, *Técnico em medicina ayurveda *Técnico em medicina e tibetana *Consultor programação neurolinguística. *Consultor inteligência emocional aplicada em sala de aula. *Técnico em leitura dinâmica, mapas mentais e aprendizagem acelerada. *Formado em química / biologia


- Jarley Da Silva De Campos Rocha

"é um curso muito bom mais precisa ter mais horas, por exemplo o meu foi so de 6 horas não é de muita valia"

- Cilene Del Negro Aristimunha

"Trabalho em hospital há 20 anos, ja tenho alguma experência no assunto e o curso abordou o que realmente deve-se conhecer em biossegurança hospitalar muito bom."

- Eni Silmara Rattmann Lopes

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • curso de biossegurança
    hospitalar
    prof.: sérgyo costa

  • classificação das ih

     

    curso de biossegurança
    hospitalar
    prof.: sérgyocosta

  • Biossegurança

    biossegurança

    é o conjunto de ações voltadas para prevenir ou minimizar os riscos para profissionais de saúde que trabalham com materiais biológicos.

  • Biossegurança

    biossegurança

    precauções:padrão, de contato, por gotículas e por aerossóis.
    uso de epi: equipamentos de proteção individual: luvas, máscaras, óculos de proteção, capotes e aventais
    cuidados com materiais pérfuro-cortantes

  • Cuidados com materiais pérfuro-cortantes:

    cuidados com materiais pérfuro-cortantes:

    não reencapar agulhas
    não desconectar as agulhas das seringas
    não quebrar ou entortar as agulhas
    desprezar pérfuro-cortantes em recipiente adequado
    não jogar pérfuro-cortantes no lixo comum
    não deixar agulhas nas camas ou berços dos pacientes
    não usar agulhas para pregar cartazes nos murais
    nunca ultrapassar o limite da capacidade do coletor de material pérfuro-cortante
    utilizar luvas de procedimentos para punção
    venosa e coleta de sangue
    manusear materiais cortantes com cuidado

  • formas de transmissão de infecçã0

    a) contato
    modo mais freqüente e importante de transmissão de ih.

    contato direto: contato de sítio anatômico para sítio
    anatômico, com transferência física de microorganismos
    de um indivíduo colonizado ou infectado para hospedeiro
    susceptível. esse tipo de contato pode ocorrer entre
    profissional-paciente, paciente-profissional, paciente-paciente.

    contato indireto:contato de um hospedeiro susceptível com
    algum objeto contaminado utilizado na assistência.

  • b) gotículass

    gotículas com microorganismos da pessoa-fonte expelidas à
    curta distância (aprox. raio de 1m) através do ar e depo –
    sitadas na conjuntiva, mucosa nasal ou na boca do hosp.

    obs 1: as gotículas não permanecem em suspensão no ar, porque geralmente
    são grandes (maiores que 5u). assim. circulação do ar e ventilação
    especial não são exigidas para prevenir essa transmissão.

    obs 2: teoricamente, também é uma forma de transmissão por contato.
    mas, o o mecanismo de transferência de patógenos não exige o
    "toque" de pele ou de objeto.

    obs 3: as gotículas são produzidas da pessoa-fonte através de espirro, tosse
    e conversa e também durante a realização de certos procedimentos
    como sucção e broncoscopia

  • c) aerossol

    disseminação dos núcleos de gotículas veiculadas pelo ar
    (partículas residuais pequenas - 5u ou menos) contendo
    microrganismos. após a evaporação da gotícula, os
    microrganismos permanecem em suspensão por longo
    período de tempo.

    obs 1: a transmissão também ocorre através de partículas de poeira
    contendo agente infeccioso.

    obs 2: os microorganismos carregados dessa forma podem se espalhar
    largamente pelas correntes de ar e serem inalados por um hospedeiro
    susceptível no mesmo quarto ou a longa distância do paciente-fonte,
    dependendo dos fatores ambientais. por essa razão, a circulação do
    ar e a ventilação especial são exigidos para prevenir a transmissão
    por via aérea.

    obs 3: os microorganismos transmitidos por essa via incluem a
    tuberculose micobacteriana e os vírus do sarampo e da varicela

  • d) veículo comum

    aplica-se a microorganismos transmitidos por itens como
    alimentos, água, medicamentos, dispositivos e equipamen-
    tos e que podem contaminar várias pessoas, provocando
    surtos. teoricamente, também é uma forma de transmissão
    por contato indireto.

    e) vetor

    quando vetores como mosquitos, moscas, ratos e
    outros insetos transmitem microorganismos no
    contato direto com pessoas e substância, como alimentos.

  • Imunização de profissionais de saúde

    imunização de profissionais de saúde

    hepatite b
    difteria e tétano
    sarampo
    caxumba
    rubéola
    varicela
    hepatite a
    gripe
    pneumococo
    bcg

  • Acidentes por material biológico de risco

    acidentes por material biológico de risco

    objetivos do serviço de atendimento pós exposição:

    proteger o paciente
    proteger o profissional de saúde
    promover qualidade de saúde

    vacinas
    profilaxia pós exposição


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 39,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Biossegurança
  • Cuidados com materiais perfuro-cortantes
  • Imunização de profissionais de saúde
  • Acidentes por material biológico
  • Acidentes por material biológico de risco
  • Profilaxia pós exposição
  • Acidentes por material biológico
  • PRECAUÇÕES POR CONTATO
  • REVISÃO E COMPLEMENTO
  • PROCEDIMENTOS IMPORTANTES
  • PRECAUÇÕES POR GOTÍCULAS