Curso Online de Distúrbios Urinários e Renais

Curso Online de Distúrbios Urinários e Renais

Principais distúrbios que afetam o sistema renal e urinário. Abordando sinais e sintomas, fisiopato e cuidados de enfermagem.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 11 horas

De: R$ 80,00 Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Principais distúrbios que afetam o sistema renal e urinário. Abordando sinais e sintomas, fisiopato e cuidados de enfermagem.

Enfermeira especialista em Saúde Pública. Funcionária da Fundação Hemopa (Banco de Sangue). Preceptora de Estágio Supervisionado (Saúde Pública) do Curso de Graduação de Enfermagem da Escola Superior da Amazônia (ESAMAZ). Possui vasto conhecimento em Análises Clínicas e Hemostasia.É membro associado da Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia. Possui o TÍTULO de Proficiência Técnica de Enfermagem em Hematologia e Hemoterapia pela Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • distúrbios urinários
    e
    renais

    enfª esp. thaís figueiredo

  • algumas informações:

    público alvo: enfermeiros e acadêmicos de enfermagem;
    nossos cursos não possuem avaliação;
    oferecemos tais cursos como forma de atualização e, também para ajudar os acadêmicos (carga horária) em suas atividades complementares que são exigidas pelo mec;
    esperamos contribuir no aumento de seus conhecimentos;
    este curso possui 110 slides.

  • Sistema Urinário

    sistema urinário

    é composto pelos rins, ureteres, bexiga e uretra
    cada rim é capaz de proporcionar uma função renal adequada, quando o rim oposto é lesionado ou se torna inoperante.

  • a urina é formada dentro dos néfrons, flui para dentro do ureter que conecta cada rim à bexiga.
    a bexiga urinária é um saco muscular oco, podendo conter cerca de 300 a 500 ml de urina. responsável pelo armazenamento da urina
    os rins e o sistema urinário realizam várias funções excretoras, reguladoras e secretoras:
    formação da urina;
    excreção dos produtos de degradação;
    regulação dos eletrólitos;
    regulação da excreção da água
    controle da pressão arterial

  • quantidade de urina por dia: 1000 a 1500 ml.
    400 a 500 ml perdido através da pele, dos pulmões, durante a respiração e nas fezes
    o rim funciona como principal órgão excretor, eliminando os produtos de degradação metabólica do organismo.
    o principal produto é a uréia (25 a 30 g/por dia).
    toda essa uréia necessitada ser excretada na urina ou ela irá acumular-se nos tecidos corporais.
    creatinina e o ácido úrico também são excretados na urina.

  • densidade específica da urina é uma determinação da capacidade do rim de concentrar a urina. a densidade normal é de 1.015 a 1.025, quando a ingesta hídrica é normal.
    obter uma história de saúde abrangente, a qual inclui uma avaliação dos fatores de risco, é a primeira etapa no histórico de um paciente com uma disfunção renal ou urológica

  • A enfermeira deve questionar:

    a enfermeira deve questionar:

    a principal queixa do paciente ou motivo da procura por atendimento
    localização, caráter e duração da dor e sua relação com a micção
    história de infecções do trato urinário
    febre ou calafrios
    uso de cateteres urinários de demora
    sintomas dos distúrbios da micção: disúria, incontinência urinária, hematúria, nictúria, cálculos renais.
    paciente do sexo feminino: número e tipo de parto

  • presença de edema, observado principalmente na face e nas partes mais baixas do corpo, como os pés e as áreas sacrais, sendo sugestivo de retenção hídrica.
    aumento de peso corporal frequentemente acompanha o edema. um ganho de peso de 1kg equivale a um ganho de 1000 ml de líquido.

  • Avaliação diagnóstica:

    avaliação diagnóstica:

    análise da urina:
    observação da coloração da urina
    avaliação da transparência e odor da urina
    exames para detectar proteína, glicose, corpos cetônicos na urina

  • Considerações Gerontológicas:

    considerações gerontológicas:

    as anormalidades estruturais ou funcionais que acontecem com o envelhecimento podem evitar o esvaziamento completo da bexiga devido ao colágeno aumentado na parede vesical ou ao aumento da próstata.
    importante: ensino do paciente e família sobre os perigos de uma ingestão hídrica inadequada

  • Padrões disfuncionais de micção:

    padrões disfuncionais de micção:

    retenção urinária: incapacidade de esvaziar a bexiga por completo. a urina residual é a urina que permanece na bexiga depois da micção
    pode ocorrer com paciente em pós-operatório
    pode resultar também do dm, hipertrofia de próstata, patologia uretral, lesões pélvicas, gestação ou distúrbios neurológicos


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Sistema Urinário
  • A enfermeira deve questionar:
  • Avaliação diagnóstica:
  • Considerações Gerontológicas:
  • Padrões disfuncionais de micção:
  • Incontinência Urinária:
  • Histórico:
  • Tratamento:
  • Bexiga Neurogênica:
  • Histórico:
  • Tratamento:
  • Diálise:
  • Objetivos:
  • Acesso vascular:
  • Complicações:
  • Dieta:
  • Diálise Peritoneal:
  • Complicações:
  • Cuidados:
  • INFECÇÕES DO TRATO URINARIO – ITU:
  • MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS:
  • AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA:
  • Considerações Gerontológicas:
  • TRATAMENTO:
  • Processo de Enfermagem: o paciente com infecção do TUI:
  • Diagnósticos de Enfermagem:
  • Planejamento e Metas:
  • PIELONEFRITE (infecção das vias urinárias altas):
  • DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO:
  • PIELONEFRITE CRÔNICA:
  • Manifestações Clínicas:
  • TRATAMENTO E Avaliação Diagnóstica:
  • Cuidados:
  • Glomerulonefrite Aguda:
  • Tratamento:
  • Glomerulonefrite crônica:
  • Manifestações Clínicas:
  • Diagnóstico e Tratamento:
  • INSUFICIÊNCIA RENAL:
  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA – IRA:
  • CAUSAS DA INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA:
  • MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS:
  • TRATAMENTO:
  • CUIDADO DE ENFERMAGEM:
  • INSUFICIENCIA RENAL CRÔNICA:
  • Pode ser causada por:
  • SINAIS E SINTOMAS:
  • TRATAMENTO:
  • PLANO DE CUIDADOS DE ENFERMAGEM:
  • Cuidados:
  • * Diagnóstico de Enf.: Alteração da nutrição: menor que as necessidades orgânicas, relacionada com anorexia, desconforto gastrintestinal e restrições dietéticas:
  • Cuidados:
  • * Diagnóstico de Enf: Déficit de conhecimento sobre condição e esquema de tratamento:
  • * Diagnóstico de Enf.: intolerância à atividade relacionada à fadiga:
  • Cuidados:
  • * Diagnóstico De Enf.: distúrbio de autoestima relacionado à dependência e modificação do papel:
  • Cuidados:
  • UROLlTÍASE:
  • MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS:
  • DIAGNÓSTICO:
  • TRATAMENTO:
  • DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM:
  • HIPERPLASIA PROSTÁTICA BENIGNA:
  • MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS:
  • AVALIAÇÃO DIAGNÓSTlCA:
  • TRATAMENTO: